Quilometragem do veículo pode ser registrada no CRLV

Projeto de Lei que tramita na Câmara pretende coibir os casos de adulteração do hodômetro dos automóveis - especialmente na hora da venda

Por AutoPapo 07/01/21 às 10h05
Com Agência Câmara de Notícias
odometro hodometro quilometragem painel
Quilometragem registrada no CRLV seria preenchida pelo Detran no momento da vistoria (Foto: Shutterstock)

O Projeto de Lei 5336/20 quer determinar que o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) informe a quilometragem registrada no hodômetro do veículo no momento da inspeção de segurança veicular realizada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O objetivo da proposta é diminuir as adulterações.

LEIA MAIS

O texto que, tramita na Câmara dos Deputados, é de autoria do deputado Hélio Costa (Republicanos-SC) e altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Com a medida, Costa espera coibir os casos de adulteração do hodômetro dos veículos, fraude rotineira no comércio de usados, segundo ele. A modificação é feita para diminuir a real quilometragem rodada pelo carro.

“Com tal exigência (inclusão da quilometragem no CRLV), não há mais como o proprietário do veículo ‘voltar’ o hodômetro, como se faz atualmente no momento da venda do veículo”, disse Costa.

4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
HOMERO 30 de março de 2021

Vai quebrar muita loja de usados.

Avatar
CES 11 de janeiro de 2021

Demorou foi é muito para isso sair…. Não vai coibir a adulteração, mas acredito que vai diminuir.

Avatar
Alvarenga 9 de janeiro de 2021

Falta do que fazer desses politicos. Não é isso que vai inibir fraudes, e só vai gerar mais problema pra pessoas. Como que politicos com esse nivel de cerebro são eleitos ????

Avatar
Gesuis Amado 7 de janeiro de 2021

Está faltando serviço para muitos deputados, o hodômetro não é confiável. Qualquer oficina primeira linha, concessionária ou empresa de vistoria pode confirmar a quilometragem verdadeira. O Estado tem que sair da frente, muita burocracia, deixa o trem da iniciativa privada andar.

Avatar
Deixe um comentário