Stellantis e Toyota vão sair do Brasil? Notícia é falsa!

Notícia que circulou em grupos na internet apontavam que Stellantis, Toyota e até o aplicativo 99 iriam parar de operar no Brasil

stellantis investimento carros movidos a hidrogênio
Stellantis ainda planeja investir R$ 16 bilhões no Brasil até 2025 (Foto: Reprodução)
Por AutoPapo
Publicado em 13/02/2023 às 15h33
Atualizado em 02/05/2024 às 21h45

Com a chegada e popularização da internet e das redes sociais a informação se tornou muito mais acessível para as pessoas. No entanto, é preciso tomar cuidado com o conteúdo consumido, já que muitas pessoas se valem disso para espalhar notícias falsas e tendenciosas.

No último fim de semana circulou no Whatsapp uma série de informações falsas com o objetivo de atacar o governo do atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Dentre os tópicos citados, era dito que no “primeiro mês da quadrilha no poder” inúmeras empresas tinham anunciado o fechamento de fábricas ou a saída do Brasil.

VEJA TAMBÉM:

Dentre elas estava inserido o nome de algumas montadoras e aplicativo de carona da seguinte forma:

  • “Toyota anuncia saída do Brasil”
  • “Citroën anuncia saída do Brasil”
  • “Grupo Stellantis anuncia fechamento da fábrica de elétricos no Brasil
  • “Jeep anuncia fechamento da fábrica no Brasil
  • “99 anuncia sua saída do Brasil”

Vale lembrar que a Stellantis não tem nenhuma fábrica de carros elétricos no país.

AutoPapo procurou a Toyota e o Grupo Stellantis para confirmar a veracidade dessas informações. * O pronunciamento completo das das entidades estarão disponíveis no final da matéria.

A marca japonesa reiterou que a mudança da operação da fábrica de São Bernardo do Campo já estava prevista desde abril de 2022, com o objetivo de buscar mais sinergia entre suas unidades produtivas.

A Stellantis, por sua vez, disse que a informação veiculada não tem “a menor conexão com a realidade” e ainda planeja investir R$ 16 bilhões no Brasil até 2025. Além disso, ela está preparando  programa Bio-Electro, que visa desenvolver por aqui tecnologia de propulsão automotiva híbrida e baseada na combinação do etanol com eletricidade.

AutoPapo entrou em contato com a 99, mas não obteve retorno até o momento da publicação da matéria.

Além das informações sobre a Toyota, Stellantis, e 99, foi divulgado que o atual governo foi responsável pelo retorno da cobrança do ICMS nos combustíveis.

Contudo, a Lei Lei Complementar 192/22, que visava reduzir o imposto para conter a alta dos combustíveis, foi sancionada pelo então Presidente Jair Bolsonaro e tinha validade apenas até o dia 31 de dezembro de 2022.

Pronunciamento Toyota:

A Toyota do Brasil informa que em abril de 2022, anunciou a mudança da sua operação de São Bernardo do Campo para as cidades onde já atua – Sorocaba, Indaiatuba e Porto Feliz – no interior do Estado de São Paulo.

À época do anúncio, também reforçou que a iniciativa tem por objetivo buscar mais sinergia entre suas unidades produtivas e faz parte de seu plano em busca de mais competitividade frente aos desafios do mercado brasileiro e da sustentabilidade de seus negócios no País. Aos 100% de colaboradores, foi dada a opção de PDV ou a oportunidade de continuar conosco nas demais cidades onde operaremos.

A mudança está sendo feita de forma gradual, com início em dezembro de 2022 e conclusão prevista para novembro de 2023.A Toyota reforça seu compromisso com o futuro e com a mobilidade, e sua missão de desenvolver carros cada vez melhores.

Diversas atividades vêm sendo conduzidas nessa direção, tais como a renovação do portfólio, a introdução do terceiro turno em Sorocaba, a exportação de motores de Porto Feliz para a América do Norte e o investimento de R$ 50 milhões na operação de Indaiatuba, que produz o Corolla sedã, anunciados em 2022.

Posicionamento Stellantis:

A Stellantis destaca que a informação não tem a menor conexão com a realidade. A Stellantis é detentora de 14 marcas de automóveis, entre elas Fiat, Jeep, Peugeot, Citroën, Ram e Abarth, que são comercializadas no Brasil.

A empresa confirma seu plano de investimentos no Brasil de R$ 16 bilhões até 2025 e acaba de anunciar o programa Bio-Electro, através do qual vai desenvolver no Brasil tecnologia de propulsão automotiva híbrida e baseada na combinação do etanol com eletricidade. O mais importante é que está tecnologia será localizada, isto é, produzida no Brasil.

Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Esdras A. Felício 18 de fevereiro de 2023

Olá. Muito obrigado pela resposta. Estou feliz por saber que a Stellantis não encerrará suas atividades.

Todavia o Sr Luiz Inácio NÃO É PRESIDENTE!.. ENTENDAM !… ELE FOI COLOCADO NO LUGAR DO PRESIDENTE PIR CRIMINOSOS. DE TIGA. NÃO É PRESIDENTE !… E NADA VAI MUDAR ISSO. EKE É NA VERDADE, UM BANDIDO, LADRÃO, RIMI ISO CONDENADO. SEUS CRIMES NÃO PRESCREVEM, POIS SÃO CRIMES DE LESA PÁTRIA.

REPITO. AQUELE IMPRESTÁVEL NÃO É PRESIDENTE.

Avatar
Almeida 13 de fevereiro de 2023

Antes era espalhar mentira e agora é espalhar idiotice mesmo!!! A imagem do bozo é a mentira!!! Continuem

Avatar
Michel 20 de fevereiro de 2023

Mentira é dizer que esse vagabundo que se diz presidente foi eleito de forma honesta. Mentira é dizer que esse verme é honesto. Aliás, além de mentira é uma imbecilidade enorme.

Avatar
Fernando 13 de julho de 2023

Beneficie-se dos benefícios.

Avatar
Deixe um comentário