VW está trabalhando em veículo autônomo baseado na ‘Kombi elétrica’

Apesar de ser baseado no ID.Buzz, novo veículo da Volkswagen terá características que vão otimizar suas operações autônomas

Volkswagen já fez alguns testes de direção autônoma com o ID.Buzz
Volkswagen já fez alguns testes de direção autônoma com o ID.Buzz (Foto: Volkswagen | Divulgação)
Por Bernardo Castro
06 de abril de 2022 15:02

Menos de um mês depois de lançar oficialmente a Kombi elétrica ID.Buzz, a Volkswagen já tem planos de um outro veículo totalmente elétrico baseado no furgão, que será equipado com tecnologia de direção autônoma. A VW pretende colocar esse novo modelo para trabalhar como Táxi robótico ou van de entrega autônomo. A notícia é do Automotive News.

Apesar da base ser a mesma, o veículo em questão será bem diferente da versão já divulgada para o consumidor. De acordo com Carsen Intra, chefe da unidade de veículos comerciais da marca alemã, “este não será uma evolução do ID.Buzz, mas realmente um veículo para fins especiais (SPV).”

VEJA TAMBÉM:

Diferente da Kombi elétrica, que é voltada para o consumidor em geral, o SPV tem foco para operação sem motorista que podem incluir táxi ou transporte de passageiros por aplicativo, serviços de entrega e até “lotação”.

Por ser totalmente diferente da versão já divulgada do ID.Buzz, Intra afirmou que os assentos poderão ser configurados para que se crie mais espaço no interior tanto para passageiros quanto para bagagem.

Além do fato de ser um veículo autônomo baseado no ID Buzz, poucos detalhes preciosos foram revelados. O projeto faz parte do plano da unidade comercial leve da VW de expandir a tecnologia de condução autônoma em novos campos de negócios.

Usando a tecnologia desenvolvida com a Argo AI, a Volkswagen quer estabelecer serviços de transporte e entrega autônoma em todo o mundo. Em 2025, o ID Buzz será lançado como robotaxi em Hamburgo. Até 2030, Intra disse que a VW quer estabelecer um serviço semelhante em 50 cidades da Europa e América do Norte.

Nos EUA, a cooperação com fornecedores como Uber e Lyft também é concebível, enquanto na Europa, a VW quer oferecer os serviços ela mesma, disse o chefe financeiro da unidade de veículos comerciais, Michael Obrowski. O objetivo é que até 2030 a operação gere retorno financeiro para a empresa.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário