CB 1000R ganha atualização no motor e versão Black Edition para 2022

A CB 1000R, esportiva sem carenagens da Honda, recebeu facelift e mais potência e chega ao mercado nacional no primeiro semestre de 2022

Honda disponibiliza CB 1000R nas versões Standard e Black Edition
Honda disponibiliza CB 1000R nas versões Standard e Black Edition (Foto: Honda | Divulgação)
Por Bernardo Castro
29 de março de 2022 15:03

A Honda CB 1000R é um modelo que caiu nas graças dos entusiastas de motocicletas do estilo naked desde o seu lançamento, e um dos motivos é a capacidade de oferecer desempenho superesportivo mantendo o característico controle das motos naked. Dessa forma, a Honda optou por introduzir na versão 2022 mudanças que visam um salto qualitativo, tanto em termos de estilo como em performance.

Para a linha 2022, CB 1000R conta com linhas mais agressivas e avançadas, com novos detalhes como o subchassi em alumínio prateado e molduras do radiador e tampas da caixa do filtro do ar com design mais dinâmico. O formato do farol mudou e agora está mais inclinado para trás, assim como as rodas, de desenho elaborado e atraente.

A superesportiva ainda ganhou a versão Black Edition. Nela estão presentes acessórios únicos, além de uma customização de fábrica que garante a exclusividade da versão, caracterizado pelo extenso uso do preto em praticamente todas as superfícies.

VEJA TAMBÉM:

A diferença da CB 1000R Black edition para a Standard não está apenas na estética. A topo de linha é equipada com o sistema quickshifter que permite mudanças de marchas mais rápidas, pois elimina a necessidade de acionamento da alavanca de embreagem.

Versão Black Edition é predominantemente preta e conta com detalhes em alumínio usinado
Versão Black Edition é predominantemente preta e conta com detalhes em alumínio usinado

Motorização CB 1000R

O motor foi atualizado e o sistema PGM-FI foi reprogramado para obter uma melhor resposta do acelerador, que resultou em uma entrega de potência mais progressiva. O torque de 10.2 kgfm é atingido entre 6.000 e 8.000 rpm e permite acelerações rápidas e retomadas de velocidade que praticamente dispensam o uso intensivo do câmbio.

A propulsão da CB 1000R é equipada com o sistema Throttle By Wire (TBW), de acelerador eletrônico, que da ao condutor um controle preciso do motor da motocicleta. Nele estão disponíveis três modos de pilotagem de série além do modo USER, que é personalizável.

São três níveis de potência (P), freio-motor (EB) e controle de tração (HSTC) disponíveis; o sistema HSTC também pode ser desativado. Estes três modos oferecem diferentes combinações de cada parâmetro.

Além do preto, a superesportiva está disponível nas cores vermelho metálico e prata metálico
Além do preto, a superesportiva está disponível nas cores vermelho metálico e prata metálico

O modo Rain usa a definição de potência mais baixa e menos agressiva e efeito freio-motor médio e controle de tração elevado. Níveis mais baixos de potência e de torque são determinados para as três primeiras marchas.

A configuração Standard usa níveis médios de potência, freio-motor e controle de tração. Este modo suaviza a entrega de potência em primeira e segunda marchas, e usa uma curva pouco abaixo da do modo Sport, com torque reduzido quando o acelerador está parcialmente aberto.

O modo Sport usa o nível mais elevado de entrega de potência e os níveis mais baixos de freio-motor e de controle de tração, oferecendo assim o máximo de potência e torque em todas as seis marchas e em toda a faixa utilização, com o mínimo de intervenção do sistema HSTC.

Finalmente, o modo USER permite ao condutor escolher entre três definições de cada parâmetro e registra tais opções.

O modelo da Honda ainda conta com uma nova embreagem assistida/deslizante que exige mínimo esforço para seu acionamento e é perfeitamente dimensionada para reduções rápidas e fortes, comuns em situações de pilotagem esportiva.

A previsão é que a CB 1000R esteja disponível nas concessionárias do Brasil a partir de abril. O preço sugerido pela Honda é de R$ 69.000 para a versão standard eR$ 76.750 para a Black Edition. A fabricante japonesa ainda oferece garantia de três anos, sem limite de quilometragem,

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário