Watts lança moto elétrica trail em Interlagos e reforça plano de pronta entrega

Junto da atualização de uma 125 já presente no catálogo da marca, a fabricante pretende entrar para os grupos de maior emplacamento do Brasil

watts w trasil
O modelo novo compete em meio as 200 (Foto: AutoPapo | Lucas Silvério)
Por Lucas Silvério
Publicado em 07/06/2024 às 09h02
Atualizado em 10/06/2024 às 14h17

A Watts Mobilidade ousou em ultrapassar o segmento de 150/160 em suas motos elétricas e no Festival Interlagos 2024 apresentou a sua W-Trail, um modelo maior que pode se comparar a uma 200. Ainda no evento a marca aproveitou para mostrar a atualização da W125, moto já presente no catálogo da fabricante, mas agora em uma nova geração.

VEJA TAMBÉM:

watts w trasil 3

Começando pela estreante, a Watts W-Trail é uma moto que foge dos padrões de elétricas e se arrisca a ser um modelo para encarar terrenos mais desafiadores. Com uma distância mínima de 900 mm entre o banco e solo, alguém com 180 cm já fica na ponta dos pés quando montado nela. Isso que pode parecer alto para alguns é a saída de quem é mias alto e não tinha uma opção de moto elétrica que atendesse.

  • A nova Trail comporta até 150 kg e possui iluminação em LED, além de painel LCD.

O quesito bateria também é uma novidade, como dito agora ela é equiparada a uma 200 ou seja seu motor é o maior da marca e tal potência  equivale a 12.000W e 58A.

  • Um diferencial é o bocal de carregamento que agora permite conectividade com um wallbox automotivo além dos já convencionais da marca. Fora isso o tempo de carregamento que é de 5h pode ser reduzido pela metade caso o piloto utilize as entradas turbo.
watts w trasil 2

Em contrapartida este aumento de potência para essa moto elétrica resultou em uma autonomia bem enxuta. A Watts W-Trail faz até 100 km com uma carga de bateria e atinge um máximo de 100 km/h.

Na parte dos freios a pequena trilheira elétrica conta com um sistema CBS – condizente com a categoria. Seu banco bipartido solta a parte do garupa, permitindo melhor acomodação de um baú e sua suspensão dianteira tem garfos invertidos.

  • Diferente de uma elétrica convencional, seu sistema de transmissão é por correntes.

Conforme anunciado oficialmente pela Watts, a W-Trail, que vem disponível nas cores azul ou vermelho, o preço sugerido do modelo é de R$ 31.990, valor este que tende a enfrentar várias barreiras junto com a motorização elétrica que chega reformulando o mercado no segmento. Concorrentes indiretas a combustão e com mais prestígio no mercado tem valores inferiores aos R$ 30.000, como é o caso da Yamaha Lander 250 e a Honda XRE Sahara. Ainda sim, a fabricante trará a moto em julho para comercialização.

Nova Watts W125

Com um pouco menos de atenção a W125 também foi apresentada em Interlagos, porém esta é uma segunda geração e não um produto novo.

watts w125

Em comparação a sua versão antiga a moto teve uma melhora em sua ciclística, que está mais leve e preparada para o trânsito urbano, além de possuir um pneu traseiro mais largo.

Como sua irmã de marca a Watts W125 também sofreu melhorias no motor que está mais potente, porém agora com a opção de duas baterias ligadas em série sua autonomia também melhorou e agora ela atinge um teto de até 160 km com cargas cheias.

  • Assim como a Wtts W-Trail, a moto elétrica W125 tem suspensão invertida e estará nas lojas em julho.

Planos da Watts para o futuro

Para não ficar para trás no mercado de eletrificadas que já sofreu com uma antiga marca que não entregava suas motos e traumatizou os consumidores, a Watts tem planos para o futuro.

Em declaração durante a coletiva de imprensa o CEO da Watts, Rodrigo Gomes, apontou que a marca tem hoje dois diferenciais: o primeiro é que ela tem lojas em todas as regiões do Brasil e o segundo e mais importante é que todas as 40 concessionárias da marca possuem produtos a pronta entrega, já que a empresa trabalha com estoque para atendimento imediato. A fábrica de Manaus (AM) tem capacidade para produzir 100 mil veículos por ano

O objetivo da marca é chegar entre os 5  maiores emplacadores de motos do Brasil dentro de 5 anos.”, completa o chefe executivo.

Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify YouTube PodCasts YouTube PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário