Adeus, gasolina! 10 montadoras que têm data para o fim do motor a combustão

Tem uma turma aí da indústria automotiva que já avisou que não terá mais motores puramente a combustão… Confira

tres renault zoe e tech estacionados nas cores branco azul e cinza
Linha Renault Zoe (Foto: Renault | Divulgação)
Por Fernando Miragaya
30 de maio de 2021 07:00
Especial para o AutoPapo

O futuro do carro é elétrico, todo mundo sabe, mas o futuro nunca esteve tão próximo. Só este ano, diversos fabricantes automotivos estabeleceram metas de eletrificação ousadas e a médio prazo. A maioria das marcas anunciou que quer que toda – ou boa parte da linha – seja híbrida ou elétrica, em média, até 2030.

Mas já vá preparando a tomada de casa, porque mesmo para 2025 há promessas de eletrificação maciça, por parte não só de fabricantes de luxo, como também das chamadas montadoras generalistas. Veja as marcas que vão investir em eletrificação.

1. Renault

Esqueça Logan, Duster e cia a gasolina ou etanol daqui a duas gerações. A montadora mais recente a falar que não quer saber de motor tradicional foi a Renault. O CEO do grupo francês, Luca de Meo, foi enfático ao afirmar que a empresa não vai mais produzir novos propulsores puramente a combustão. Os que existem serão modernizados e atualizados para atender a normas de emissões até serem descontinuados – o que não deve demorar.

VEJA TAMBÉM:

A estratégia tem até nome: “Nouvelle Vague”. A meta é ser a marca mais verde da Europa e ter 90% dos carros elétricos globalmente antes do fim da década. Inclusive, todos os sete lançamentos anunciados até 2025 nos segmentos de médios e médio-grandes para o continente europeu terão versões eletrificadas.

Desta forma, os motores a gasolina e a diesel da Renault serão substituídos pelos híbridos das famílias E-Tech Hybrid e E-Tech Plug-in. Estes já equipam versões do Clio, Captur, Mégane e do recém-lançado crossover médio Arkana.

Além do Zoe, um dos elétricos mais vendidos do mercado europeu, e do Master Z.E., a Renault também promete investimento forte em outros modelos 100% EVs. Recentemente, a montadora mostrou uma variante do novo Kangoo que não queima nenhum combustível.

2. General Motors

picape totalmente eletrica gm hummer ev branca frente
Hummer EV tem design robusto e mais ‘quadradão’

A gigante estadunidense remodelou até a marca para reforçar sua estratégia global de mobilidade elétrica, batizada de “Everybody In” – foi a primeira vez, desde 1964, que o logotipo da GM mudou mais do que apenas o sombreado das letras. Segundo o fabricante, serão investidos US$ 27 bilhões até 2025 para desenvolvimento de 30 novos carros elétricos.

Como parte da estratégia está a nova plataforma Ultium de baterias, que servirá a todos os próximos elétricos das quatro marcas do grupo: Chevrolet, Buick, GMC e Cadillac. Segundo a GM, os veículos poderão ter até 724 km de autonomia.

Vale lembrar que, recentemente, a montadora lançou a nova geração do Bolt, com direito a uma variante crossover, e ressuscitou o Hummer como uma picape zero emissões. Além disso, a norte-americana faz parcerias com outros fabricantes, como com a Honda para a produção de um crossover elétrico no México.

3. Nissan

nissan leaf 2020 54

A marca japonesa avisa que todos os seus lançamentos nos próximos nove anos terão versões elétricas. E, a partir de 2031, a Nissan quer ter só produtos eletrificados na Europa, além dos mercados dos Estados Unidos, Japão e China.

A estratégia da Nissan também passa por inovações em baterias (inclusive de estado sólido!), desenvolvimento de um ecossistema eletrificado, inovações nos processos de manufatura e maior eficiência em materiais e energia. O objetivo da montadora é atingir a neutralidade das emissões de carbono até 2050 em produtos e operações.

Na linha Nissan o destaque atual é o Leaf, o elétrico mais popular do mundo, com mais de 500 mil unidades vendidas até hoje. Além disso, a marca comercializa modelos híbridos com a tecnologia e-Power – sistema em que o motor a combustão abastece o elétrico que movimenta o carro, mas não traciona o veículo.

Tem também a van NV200 em sua variante movida a hidrogênio, cujas células de combustível são alimentadas por um motor a etanol. O modelo, inclusive, começou a ser desenvolvido no Brasil em 2015 e atualmente está no Japão em testes.

4. Volvo

frente do volvo xc40 recharge rodando em poste estaiada
Volvo XC40 Recharge P8 AWD in Glacier Silver

A marca sueca controlada pela chinesa Geely não brinca quando o assunto é emissão zero, não. A empresa já deixou bem claro que até 2030 só terá carros elétricos – isso mesmo que você leu, somente 100% elétricos daqui a nove anos.

Por enquanto, é uma das empresas com maior ofensiva nesse sentido. O Brasil, inclusive, é o segundo mercado da Volvo no mundo que recentemente passou a ter apenas produtos eletrificados – híbridos, híbridos plug-ins ou puramente EVs (o outro é a Noruega). Mas a meta é só ter isso no portfólio em todos os países onde a Volvo atua até 2025.

Os dois novos elétricos da empresa já são realidade. O XC40 na versão Recharge Pure Eletric, inclusive, acaba de ser lançado por aqui e no ano que vem será a vez do SUV acupezado C40 – esse só tem opção elétrica.

5. Volkswagen

VW I.D. Buzz, a nova Kombi

Accelerate é o nome do projeto de eletrificação da marca alemã revelado recentemente. E é acelerado mesmo. Até 2030 a Volks quer ter participação de mais de 70% no mercado de carros elétricos da Europa. Em 2016, essa mesma meta da empresa apontava 35% de market share.

A mudança de objetivos tem a ver com o próprio ritmo de lançamentos que a VW promete. Serão três novos elétricos só em 2021: o crossover com tração integral ID.4 GTX, o SUV acupezado ID.5 e o utilitário esportivo grandalhão ID.6 (este, inicialmente, apenas para a China). No ano que vem chega o aguardado ID.Buzz, considerado a nova geração da Kombi.

Para os amantes da gasolina, um alento: a Volks jurou que as próximas gerações de modelos como Golf, Tiguan, T-Roc e Passat manterão suas versões com motores a combustão. Porém, todos eles terão configurações híbridas plug-in.

  • Boris Feldman já dirigiu a “Kombi do futuro”

6. Honda

honda accord hibrido branco de traseira

O plano de eletrificação da Honda é gradativo e bem pontuado. A japonesa quer que 2/3 de seu portfólio global seja de modelos EVs ou híbridos até 2030. Mas a estimativa para 2040 é que a totalidade de suas vendas seja de carros puramente elétricos – apesar de manter modelos eletrificados até lá.

O fabricante asiático promete investir o equivalente a R$ 255 bilhões nos próximos seis anos em pesquisas e desenvolvimento em eletrificação. Pelas contas da Honda, em 2035 os elétricos vão representar 80% do mercado de automóveis nos mercados da Europa, América do Norte, Japão e China.

No Brasil, a estratégia começou só agora. A marca acaba de apresentar no nosso mercado o Accord renovado e em versão única e híbrida e:HEV. Além disso, promete mais dois híbridos para o país até 2023. O crossover CR-V e a próxima geração do Civic chegarão apenas em configurações que combinem motor a combustão com elétrico.

7. Audi

audi rs e tron gt e e tron s sportback vistos de frente parados em pista de corrida

O CEO da marca alemã, Markus Duesmann, já deu o recado: a Audi não vai mais desenvolver novos propulsores a combustão. Some a esta afirmação do chefão das argolas a notícia, veiculada pela revista de negócios alemã “WirtschaftsWoche”, de que a montadora só vai vender modelos puramente elétricos a partir de 2035.

Além dos diversos veículos híbridos, a marca de luxo já tem uma linha de elétricos formada e batizada de e-tron, composta por um SUV, um utilitário-cupê (Sportback) e um cupê quatro portas esportivo (o e-tron GT). Todos, inclusive, já estão à venda (ou em pré-venda) no Brasil. Em 2022, a Audi também lançará o Q4 e-tron.

8. Jaguar Land Rover

Jaguar I-Pace

Outra marca de luxo no ritmo da eletrificação, mas esta bem mais ousada. A Jaguar anunciou oficialmente que só terá modelos 100% elétricos já a partir de 2025. Uma meta ambiciosa, visto que o único modelo puramente na tomada do fabricante britânico atualmente é o utilitário esportivo I-Pace.

Para alcançar este objetivo, o grupo indiano Tata Motors, dono da Jaguar e da Land Rover, prometeu investimentos de R$ 18 bilhões por ano para eletrificação das duas linhas e também em serviços de conectividade dos veículos. Serão três arquiteturas modulares para os futuros veículos: duas para a Land e uma para a Jaguar.

Para a marca de utilitários esportivos e 4×4, a propósito, a eletrificação será completa em 2030. Ou seja, não existirão mais Land Rover a diesel! (teremos de lidar com isso). A marca terá seis versões elétricas para seus modelos já existentes nos próximos cinco anos, sendo que o primeiro Land totalmente EV será lançado em 2024.

9. Ford

ford mustang mach e 7
Ever since the original Mustang took the world by storm in 1964, it quickly came to represent the best of the American spirit: Freedom, progress, fast performance and a touch of rebellion. Now, Mustang is ready to reimagine these ideas for a powerful electric future, with space for customers’ growing needs, all-weather capability, and innovative, connected technology solutions with secure over-the-air updates that continue to improve your vehicle.

Outra gigante automotiva que botou as asinhas de fora no que diz respeito à eletrificação foi a Ford. A montadora norte-americana quer que toda sua linha de veículos de passeio (automóveis e SUVs) seja zero combustão até 2030. Com uma ressalva: na Europa a meta é ter só elétricos até 2026.

Os comerciais leves (picapes, vans e furgões) não escaparão da tomada. A marca planeja que ⅔ de seus veículos comerciais sejam elétricos ou híbridos até o fim da década. O plano faz parte do pacote de investimento de US$ 22 bilhões para os próximos quatro anos, inclusive na fábrica de Colônia (Alemanha), que começará a produzir modelos elétricos daqui a pouco, em 2023.

Vale lembrar que a marca lançou, em 2019, o Mustang Mach-E, seu primeiro modelo totalmente EV, que deve chegar ao Brasil ainda este ano.

10. BMW e Mini

lateral do suv eletrico bmw ix

A marca alemã promete 25 modelos totalmente eletrificados até 2023, fruto de um aporte de mais de 30 bilhões de euros em pesquisa e desenvolvimento em mobilidade elétrica até 2025. Daqui a quatro anos, inclusive, a empresa irá desenvolver uma nova geração de motores elétricos.

Entre os novos produtos zero emissões, o novo i4 e o (controverso) utilitário esportivo iX. Nos próximos anos, a BMW também vai apresentar versões eletrificadas de modelos como Série 5, Série 7 e X1 dentro da meta de ter uma opção elétrica para 90% do seu portfólio.

Porém, é outra integrante do grupo bávaro quem vai ficar totalmente na tomada primeiro. A Mini só terá elétricos a partir de 2030, segundo promessa do próprio presidente da BMW, Oliver Zipse. A marca britânica já tem até ano de despedida para seu último carro puramente a combustão: 2025.

207 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Dagoberto de Menezes 16 de julho de 2021

Acredito que a intenção é positiva. Porém, quando analisamos produtos que se ultilizam de 100% da sua energia com bateria quando precisamos trocar o valor chega a 60% (média) do valor do produto. Será de que já estamos falando em veículos descartáveis?

Avatar
Josimar 7 de junho de 2021

Não sou engenheiro, mas pode ser desenvolvido um sistema autosuficite em alimentação através das 4 foras que giram permanentemente milhões de vezes… só falta querer fazer algo para aproveitar isso. Claro que se for para lugar na tomada de casa não irá valer a pena… o veículo possuí características para gerar sua própria energia, porém se isso não parecer lucrativo para os chefões é óbvio que não vão investir nessa tecnologia.

Avatar
Artur 6 de junho de 2021

Sai máfia do petróleo, entra máfia da energia e e os impostos sobre ela não tem mistério.

Avatar
Francisco Bandeira 6 de junho de 2021

Advinhão…
Agenda globalista a pleno vapor.

Avatar
Ismail Braga dos santos 7 de junho de 2021

Está tudo dentro da Agenda dos senhores do mundo.. Eu estou mim preparando pra ser arrebatado dessa terra para o Céu.!! Isso a que meus amigos vai virar uma Desgraça….

Avatar
Wilson Barbosa 6 de junho de 2021

É a melhor notícias que poderia receber. Assim acaba a máfia do petróleo. Notícias como esse tenho o maior prazer em espalhar para todo mundo.

Avatar
Charles 6 de julho de 2021

Apenas vai trocar de uma máfia para outra…máfia da energia elétrica. Se o valor da energia está no valor que está e os reservatórios brasileiros, imagina agora com veículos elétricos, não vamos ter capacidade hidrica renovável suficiente. Unica saída seriam as usinas eólicas e fotovoltaicas. Gerar a própria energia. Senão vamos acabar tendo que construir usinas nucleares. Outra coisa, a tecnologia de baterias utilizada no carro elétrico praticamente é o maior valor instalado no carro. Quando as baterias derem problema, quase que não vale a pena, tem que trocar de carro. Só que não falam isso. Teremos que trocar de carro que nem quem troca de celular. Não será mais possível, quando der problema, não vai ser tão caro que vc vai ficar sem carro…A sustentabilidade é questionável, o lixo tóxico das baterias, enfim…estão vendendo isso como muito lindo… Não há dúvida que os carros elétricos são o futuro e são ótimos, mas tudo tem desvantagens e no caso do carro elétrico são muitas. O pobre não vai ter…vai demorar muito…vai ser melhor carros elétricos, porém trocamos efeito estufa por lixo industrial nos oceanos a custos altíssimos.

Avatar
Osmar 14 de agosto de 2021

Concordo !!!

Avatar
Sergio 6 de junho de 2021

Se o proprietário de um carro elétrico tiver uma produção de energia através de placas solares fotovoltaicas, não ficaria dependente das concessionárias de energia para abastecer o veículo.

Avatar
Lauro 6 de junho de 2021

Seria o cenário ideal

Avatar
Jeferson 6 de junho de 2021

Falácia. Estão empurrando esse carro elétrico para a população. Não temos como abastecer a frota do Brasil, além de ser mais poluidor na sua construção que o a combustão.Vamos abastecer com as termelétricas??? Vamos ter que importar esses carros?? Esperar mais de meia hora para abastecer?? Trocar a bateria (caríssima) depois de 10 anos.

Avatar
VALTER 6 de junho de 2021

Exato. É a máfia das baterias e da geração de energia elétrica. E engana-se quem acha que tendo geração solar ou eólica, não terá que pagar nada, os impostos, são cobrados como se vc estivessem utilizando a sua concessionária, a única maneira é vice ter uma geração segmentada e apartada da rede elétrica da concessionária.

Avatar
mauro marques nascimento 7 de junho de 2021

Com a Alta produção os preços vao cair

Avatar
Vitor Greghi 6 de junho de 2021

Pura enganação. Carro eletrico polui igual ou maia que a combustão. Metais pesados usados nas baterias são muito danosos ao meio ambiente e de onde viea a energia para recarrega las ? De usinas a gás? De carvão? Nucleares? As montadoras que terão baixo custo de produção. Isso sim

Avatar
Paulo César 6 de junho de 2021

Bom dia, Existiu no Brasil um homem que pensava grande e fez o carro nacional: Gurgel não apoiaram ele na época. Chegou a hora dar continuidade ao projeto dele no Brasil Gurgel Itaipu foi o primeiro carro elétrico nacional, mas morreu por problemas que existem até hoje
O Itaipu E150 pesava 460 kg, sendo 320 kg apenas das baterias de 3,2 kW que entregavam o equivalente a 4,2 cv. Peso, autonomia e recarga foram barreiras para o pequenino
Por André Schaun

02/04/2021 08h55 Atualizado há 2 meses

Avatar
Jessé Alves de Almeida 6 de junho de 2021

Ainda bem que temos a ENEL, uma “maravilha” mo forneciemto de.energia. Uma boa ideia seria levar um gerador a gasolina no porta-malas.

Avatar
Nicolau Afonso Barth 6 de junho de 2021

Não sou contra o carro elétrico, mas do ponto de vista ambiental, se considerarmos todo o processo produtivo, incluindo o das baterias, na verdade são mais poluentes que os atuais a combustao. Outro aspecto, do ponto de vista industrial, deveriam custar menos, pois, possuem muito menor número de componentes, logo, se busca um preço mais elevado para algo que não vale do ponto de vista ambiental e do ponto de vista produtivo. Além do mais o Brasil não possui capacidade instalada de produção de energia elétrica para suprir a demanda de substituição da frota por veículos plug in, se tiver que acionar termo elétricas para atender a demanda, vao por terra quaisquer benefícios ambientais, logo, há muito a refletir quanto a está opção em nosso país. Talvez o híbrido possa ser uma boa alternativa se os custos diminuírem, ou, se buscar uma alternativa outra de fonte de energia, mas o puramente elétrico na verdade se constitui em problema e não solução.

Avatar
Hamilton ota 6 de junho de 2021

Toyota???

Avatar
Antônio Nascimento teste 6 de junho de 2021

Um bocado grande de tecnologia e outro de pensadores chegam a uma conclusão automática “sem pensar”, o futuro do combustível será a água, H2O separando o Hidrogênio e liberando Oxigênio, não polui, o grande problema é o custo zero!!! Mas será assim.

Avatar
Israel José Ormondes 6 de junho de 2021

Só para descontrair: Como os carros serão elétricos, os alarmes “afasta ladrão ” deveriam ser choques elétricos também.

Avatar
Baltazar de Almeida 5 de junho de 2021

Aqui no Brasil nada funciona veja o exemplo do etanol o preço que está o carro pode ser a gasolina a etanol elétrico a água a vento que os grandes e políticos vão encontrar e aprovar uma forma de
meterr a mão no bolso do cidadão honesto e trabalhador, a ganância é maior perder eles não perdem.

Avatar
Francisco 5 de junho de 2021

Disse tudo camarada.

Avatar
Edmilson Ferreira Paulino 6 de junho de 2021

Vdd, esses carniceiros dos infernos. Acabam com tudo no seu país. Esse lindo pais não tem solução nunca. Esses malditos ñ querem que tenham solução.

Avatar
Toyboy 5 de junho de 2021

Sempre comentei que os carros turbo 1.0 seriam apenas temporários. As montadoras já falam de carros elétricos em 100% do portfolio. No entanto, aqui nas terras tupiniquins os veículos elétricos não irão chegar tão cedo a garagens das classes C. Ainda temos carros a carburador nas ruas, mecânicos ainda não sabem consertar carros com muita eletrônica (como os carros franceses injustiçados) e o mercado de reposição ainda não se manifestou sobre os elétricos. Sem contar com o perfil de muitos motoristas, que estão com o carro sempre na reserva.
Eu acho sim que o futuro dos carros é o carro elétrico. Lá fora.

Avatar
Liberal fonseca 5 de junho de 2021

Concordo plenamente com o Sr. estamos atrazados em mais de 50 anos em tudo,em habitacao so constroem barracos para morar. em tecnologia compraram um porta avioes da 2 guerra. tem telefone celular mas ainda existem orelhoes de via cabos.Detran mantem os carros velhos. pois leiloam ate sucata de veiculos apreendidos.BRT veio e acabou na Zona Oeste. Campo Grande.

Avatar
Dgenis Braga Mendes 6 de junho de 2021

Não é vantagem os carros elétricos pois se você quer ir de um Estado pra outro você tem que recarregar a bateria. Mas achei muito legal um carro que vi com sistema de frenagem ,o motor dele gera a energia. Não precisa nem de abastecimento e nem carregamento de energia. Boa tarde.🤔

Avatar
Mozart alexandre rosa 5 de junho de 2021

Muito obrigado, por esta iniciativa das indústrias automotivas, que estão envolvidas e se esforçando fazendo autos investimentos nas suas linhas de automóveis elétricos e híbridos, com o objetivo de preservação da sustentabilidade do planeta, e baixar também os custos , para os consumidores. Que Deus continue abençoando a todas as indústrias , e seus proprietários e funcionario, com muita saúde e sabedoria e vida longa .Deus abençoe a todos.

Avatar
Bruno dos Santos Miranda 5 de junho de 2021

Não vejo esse tipo de notícia com bons olhos. Além de altamente dispendioso para se comprar e manter, um carro elétrico não é tão “verde” assim como se prega. Só pensarmos nas recargas: na realidade do Brasileiro… se hoje, estamos com as barragens das hidrelétricas lá embaixo, tendo que acionar as térmicas e pagar bandeira vermelha, como vai ser quando a demanda aumentar TANTO, por conta da mobilidade? Teremos produção de energia elétrica solar e eólica o suficiente pra suprir isso tudo, em épocas de seca? Nossas usinas hidrelétricas vão conseguir dar conta da demanda?
Gente, vamos parar pra pensar… o mundo culpa os veículos a combustão pela poluição e altas quantidades de carbono na atmosfera, mas as políticas de reflorestamento e conservação do Meio são ridículas em TODOS os lugares do planeta.
Ao meu ver, a solução ainda é o etanol. A queima é muito mais limpa e o carbono pode ser zerado no plantio de milho e cana. Para os grandes, biodiesel.
Eletrificação total da frota não é a solução. Pensem na Europa, que, essencialmente, queima diesel pra gerar energia por falta de locais para se construírem usinas hídricas!
E o descarte dessas baterias? O que vai ser feito com esses componentes que não são recicláveis? O problema só está mudando de escopo e não sendo resolvido.

Avatar
Victor 5 de junho de 2021

Aqui no Brasil ainda é um sonho distante. Um carrinho básico elétrico não vai sair por menos de 200 mil. Triste!!

Avatar
Israel José Ormondes 6 de junho de 2021

Ou seja, o dinheiro que você gasta com o carro elétrico, não gastará com combustível por toda sua vida.

Avatar
Paulo henrique guedes 4 de junho de 2021

Botem uma coisa na cabeça gente se carro a combustão é caro imagine elétrico quanto não vai ser. vai ficar tudo igual o preço final pra abastecer do jeito que o brasil é só pensa em lucros absurdos.

Avatar
Alcedir Paulo novakoski 4 de junho de 2021

Muitos estão creticando a Petrobrás…mas os preços abusivos são os impostos de muitos governadores..se tirar o combustível?eles vão tirar em outro lugar, na energia elétrica,ou nas estradas mesmo..

Avatar
Jorge 4 de junho de 2021

Tem mesmo acabar com a Petrobrás ,cabide de emprego ,vende combustível mais barato p pais vizinho e mais caro para os brasileiros ,ainda bem que não vamos mais depender desta estatal.Devia acabar com todas estatais

Avatar
JONILSON ANTONIO SANTANA 4 de junho de 2021

Tenso e que já estão visando isso e a conta de luz e energia aumentando cada vez mais, espero q as montadores visa isso e coloca em seus veículos a capacidade de auto recarregar msm que aos pontos. Pra acabar com esses ladrões.

Avatar
Gilliard carpegiane rocha 4 de junho de 2021

Será que não vai explodir como os outros ?

Avatar
Nilvânio Martins De Godoy 11 de junho de 2021

Se vai explodir não sabemos ainda, mas temos uma idéia, se for igual as baterias do celular, misericórdia.

Avatar
Junior costa filho 4 de junho de 2021

Os combustiveis poderia ser bem mais baratos porque vendem milhões de litros esses preços é um absurdo.

Avatar
Delamar Donizetti Loureiro 4 de junho de 2021

Acho que o Brasil não está preparado para veículos elétricos precisaria pontos de recarga em estradas e outros

Avatar
Sérgio Francisco Motta 4 de junho de 2021

Muito bom. Carros elétricos. Ótimo para deixar a gulosa petroleira com o nariz torto. Claro. Aumentando demais o petróleo e nos fazendo com cara de otários. Dou meus parabéns. Ótimo. Muito bom. De Pindamonhangaba SP. Brasil. Sergio Motta

Avatar
Luiz Fernando Rossi da Costa 6 de junho de 2021

Esta mudança rápida de uma matriz energética para outra é porque algum grupo econômico está querendo ganhar muito dinheiro. Vejam a estória da vacina obrigatória contra a Covid-19 quando existe prevenção e tratamento.

Avatar
Wilson lima 4 de agosto de 2021

Comentário bem sem noção, totalmente alienado

Avatar
Diego 4 de junho de 2021

Kkķkkkkkkk deve chegar em 2039 no Brasil a 200 mil reais

Avatar
Paulo henrique guedes 4 de junho de 2021

Verdade vai chegar a 200 milreais o preço de um carro elétrico. vc não ta conseguindo comprar um carro a combustão imagine elétrico com essa política de ladrões.

Avatar
Geraldo 4 de junho de 2021

Muito bom maravilhosa notícia, tem quê ver se a gente dá conta de pagar né vai depender muito do valor.

Avatar
Fernando 4 de junho de 2021

Atimosfera agradece menos poluição

Avatar
Ademir Cavalcanti 4 de junho de 2021

A Toyota já criou o seu aluguel de carros, assim imagino que outra montadoras também farão o mesmo para pessoas que não tenha capital para compra seus carros novos e ainda vaiter o mercado de usados com valores mais baixos.

Avatar
Santuza Maia Penha Dairton Ribeiro Penha 4 de junho de 2021

Se será assim; não mais

comprarei carro a,combustível focil ,pois todos virarao sucata…

Avatar
LEANDRO DE MOURA SILVA 4 de junho de 2021

Pois bem como estudante de eng.eletrica bem sei, que ainda é bem distante a classe trabalhadora do nosso país, não país de um presidente que nos vende de bandeja,país de uma população que ainda tá penando pra pagar gasolina que usa num preço absurdo,como teriam a capacidade de comprar um carro elétrico que a parte mais cara é bateria,por isso mesmo vou estudar pra conseguir nós mesmos fabricarmos nossas baterias somos um país rico em mineral e ainda ficamos refém da china por causa da falta de pessoas atentas a tecnologia ,esse é o passo criarmos, não ceder nossos recursos, pra depois comprar caro um produto que a matéria-prima foi tirada do nosso país !!!penso nisso.

Avatar
Rivail dos santos 4 de junho de 2021

Foi criado no Brasil uma politica fascista e miliciana, Os políticos criaram leis para se protegerem uns dos outros de forma que todos roubam e ñ são punidos.O nosso povo vive como na época da escravidão onde trabalha para o enriquecimento de uma minoria, enquanto morrem nas portas dos hospistais,sem educação, saneamento básico e moradia.e pensar que somos donos de tantas riquezas.

Avatar
Ivan Silva 5 de junho de 2021

Eh meu amigo,,,,,os políticos criaram leis pra se protegerem,no fim do regime militar,,, nas caladas da noite entre quatro paredes do congresso às pressas.

Avatar
Reinaldo leite 5 de junho de 2021

Falou tudo

Avatar
Osmair Moreira de Souza 4 de junho de 2021

Se vender um rim, o brasileiro classe média-baixa conseguirá comprar um modelo desses. 🤔

Avatar
Helio Eduardo 5 de junho de 2021

Essa história de políticos corruptos é prática antiga e quem ousar contrariar o sistema é eliminado veja o atual Presidente foi vítima de tentativa de homicídio pr encomenda de poderosos corruptos.

Avatar
Laert 6 de junho de 2021

Comentário imbecil.

Avatar
Wilton ferreira de oliveira 3 de junho de 2021

Isso e otima noticia para o planeta ! Ai me pergunto vao fabricar so carros eletricos ! E a classe pobre vao fabricar carro eletrico para pobre? Alguem sabe dizer ???

Avatar
Ronaldo Arruda 4 de junho de 2021

Os pobres não terão como pagar a conta de energia elétrica.

Avatar
Artur 5 de setembro de 2021

Acho que que a a partir de 2036 será produzida uma linha de carros elétricos populares, uma versão reduzida com motor 0.6 e 69 cv de potência. Sem rádio, sem ar-condicionado, com direção manual, sem banco, sem vidros, sem maçaneta, com mostradores analógicos. Um carro compacto, porém confortável e ecologicamente salutar por apenas R$ 199.999,00.

Avatar
Adriano vianna 3 de junho de 2021

Imagino o novo EA111 OU 113 Elétrico. É ligar e explodir. Se a combustão os motores atuais da Volks são um verdadeiro fiasco, imagina elétrico.

Avatar
Roger 3 de junho de 2021

Com o analfabetismo visto aqui ninguém terá dinheiro pra comprar mesmo. Os comentários aqui parecem quando agente traduz inglês no Google tradutor. Frases sem sentido, palavras erradas…rsrsrsrs

Avatar
Jorge 3 de junho de 2021

Além de ser muito caro pobre não compra , para o governo esse nixo não gera receita, As ruas das cidades parece estrada de lenheiro , o que só ve e buraco mau tampado ,

Avatar
Clovis Santucci 3 de junho de 2021

Pergunto eu nesseee momento é bom o governo federal vender alguma hidroelétrica Sim ou nao

Avatar
Carlos 3 de junho de 2021

Em 54 anos a melhor notícia que já ouvi. E uma luz para um futuro melhor para as novas gerações.

Avatar
Benfeitor 3 de junho de 2021

Produto final de elevado valor e de restrito acesso para usuários menos abastados. Por outro lado, o comércio de recarga veicular vai prosperar, a exemplo do que ocorre hoje com o dos combustiveis utilizados.

Avatar
Karlos Covre 3 de junho de 2021

Fico cá pensando eu..hoje temos 0,005% de cassos.eletricos no mundos, com baterias de litio, que olha, pode acabar afinal o litio é um mineral. Imagina quando todo mundo de meia em meia hora tiver que por o carro carregar? Ha vamos queimar oleo e carvao, ja que a energia hidroeletria,.solar ou alternativa nao dá pra nada?Alguen me.ezplica?

Avatar
José 3 de junho de 2021

Incrível! Com a nossa matriz energética isso vai ser um sucesso absoluto! Temos muita energia a preço de banana, não precisamos acionar as usinas termoelétricas, os nossos mananciais atendem a demanda em 150%.Realmente essas montadoras são umas visionárias.

Avatar
Wilson Donizeth 3 de junho de 2021

Wilson DONIZETH P0RQUE OS FABRICANTES DO CARRO NÃO USAM A FORÇA DO VENTO QUANDO ESTIVER EM MOVIMENTO TIPO UMA HÉLICE PARA O CARREGAMENTO DE BATERIA.

Avatar
EDIMAR DE ABREU VARGAS 3 de junho de 2021

Carro elétrico com suas baterias carregadas por usinas nucleares, de carvão e petróleo. Alguns países como o Brasil ainda tem hidrelétricas, mas e as eventuais faltas de chuva. No Brasil o carro elétrico levará de no mínimo 15 anos para ser viável. O brasileiro não tem renda para comprar.

Avatar
elioricardo 3 de junho de 2021

Olha não acredito que em 15 anos vai se tornar viável já viu o valor do Peugeot elétrico? cerca de 200.000 mil reais o carto em si subiu e muito essas baterias uma hora serão trocadas e muita gente ainda não falou no valor trocar todas e interessante mas é as baterias são recicláveis?

Avatar
Luiz Politi 6 de junho de 2021

Amigos,pelo menos vamos ter certeza de que carro elétrico não vai ter eletricidade “batizada” entenderam?.

Avatar
Elias Fidélis 3 de junho de 2021

Penso que a classe média baixa ficará sem carro, eu tenho carro desde 1975 e aposentado com um pouco mais de 1 salário mínimo como irei conseguir comprar um carro elétrico. Principalmente no Brasil pois estamos caminhando pra traz a dois anos e meio .A intenção deste desgoverno é que o trabalhador seja um tipo escravo ..

Avatar
Joanicio Pereira Pacheco 3 de junho de 2021

E o combustível, não vai baixar,meu caro

Avatar
Eduardo Diniz 2 de junho de 2021

Nem a pau. Existe uma boa parcela de motoristas que deixaram o carro elétrico e voltaram para o combustível por causa da demora em abastecer (recarregar) e da pouca autonomia. E os árabes? Vão permitir sem fazer nada?

Avatar
Everton 2 de junho de 2021

E o futuro chegando não tem pra onde correr ou se atualizam o dançam as baterias melhoram a cada ano autonomia no mínimo de 300km a tesla ja tem autonomia para 800km e me parece que a empresas de eletrônicos também vão entrar na concorrência tais como a sony a toshiba e várias outras !! Como empresas antigas como a kodak morreu empresas atuais também podem morrer se não se atualizar

Avatar
Paulo Cesar Silva 2 de junho de 2021

Dificilmente os usuarios sao beneficiados. Vao aumentar a energia eletrica como fizeram com o alcool.ja nao aumentaram o Gnv. Vamos sempre ficarmos encurralados..carro a gás só tenho por economia, mas não presta.

Avatar
Paulo cesar silva 2 de junho de 2021

Espero que nao seja igual ao pró alcool. Estamos pagando a conta como sempre.

Avatar
Paulo cesar silva 2 de junho de 2021

Tudo bem vou adorar,mas tem ter local para recarrega e colocar valores acesiveis dos carros para a classe média. Hoje não temos poder esquisitivo de compra.

Avatar
elioricardo 6 de junho de 2021

E economicamente inviável o valor do carro elétrico vejam o valor do Peugeot elétrico vão levar um susto e uma ideia legal mas o valor para muitos não dá

Avatar
Ribeiro 1 de junho de 2021

Dus perguntas os carros serão auto suficientes? Ou vamos sair de um buraco e cair num poço mais profundo da energia elétrica?

Avatar
Maurício b.s 1 de junho de 2021

Eu aprovo a ideia de carros elétricos…mesmo sabendo que a conta de energia irá almentar …mas será um gasto racional..au contrário desses produtores de petróleo que almentan quando qeren mas dinheiro as nossas custas p. Suprir seus ganhos financeiros.e o povo não tem poder de defesa.q venham os elétricos.

Avatar
Gilberto 1 de junho de 2021

Vamos ver se isto vai funcionar, é como. Hoje não há estrutura (recarga, entendo eu) É nem definição sobre custos dessa recarga em viagem. É lógico q toda cultura automobilística deve mudar. Para mim quer dizer q o prazer de dirigir, fazer marchas e utilizar a potência e o desempenho do motor vai desaparecer. Como dizia o Senna, barulho faz parte do dirigir automóvel. Vai haver algo q imite, como certos carros q tem truques para aumentar o ronco? E os nossos governos, famintos como sempre, ainda não se pronunciaram quanto ao q vão querer. Quando os carros estiverem aportando, eles vão estabelecer a parte do leão. Perguntas a serem respondidas. Obrigado.

Avatar
Esfolado 1 de junho de 2021

A conferir. Literalmente pagaremos para ver!

Avatar
ENAX 1 de junho de 2021

Espero que até lá já tenham resolvido o problema da durabilidade das baterias que quando chegam ao final da vida útil precisam ser trocadas por novas que custam mais caro que o carro – vide milhares de carros elétricos parados em ferros velhos na Europa…

Avatar
Cacá 1 de junho de 2021

Pelo menos daqui uns anos o preço vai estar acessível,mas só de saber que os carros vai vim com som de carrinho de controle remoto fica foda

Avatar
sandra ribeiro da luz 1 de junho de 2021

FUTURO TA AI …CADA VEZ MAIS NO DIA A DIA …O GOVERNO DEVE SE PREPARAR PARA ISSO INCENTIVANDO A POPULACAO A IMPLATAR A ENERGIA SOLAR EM RESIDENCIAS E COMERCIO …EM POSTES PUBLICOS …POIS SE OS CARROS TORNAREM 100 PORC ELETRICO …IMAGINA DAQUI A 10 20 ANOS O CONSUMO DE ENERGIA DAS RESIDENCIAS …HOJE OS RESERVATORIOS DE AGUA TAO LA EM BAIXO …BANDEIRA VERMELHA …O BOM E QUE TERA MAIS OFERTA DE GASOLINA …E PODEREI VIAJAR COM MEU OPALAO 6 CC …

Avatar
André 1 de junho de 2021

O mercado do futuro no Brasil, isso é muito bom,lembrando que todos tem que se atualizar,só olha para o celular,novas tecnologia.

Avatar
Notifique-me por email 1 de junho de 2021

Estão agora preocupados com a poluição então porquê acabaram com
a rede de elétricos em lisboa?

Avatar
José 3 de junho de 2021

Quem lhe disse que os elétricos em Lisboa acabaram? Kkkkkk

Avatar
Dr. Amaral 3 de junho de 2021

Não acabou nada amigo. Na cidade em que eu resido, Volta Redonda RJ, o Prefeito que saiu adquiriu 2 ônibus elétricos para a Prefeitura.Sucesso total, pois são espaçosos, silenciosos e não poluem.E o melhor, os usuários NÃO PAGAM PASSAGEM.

Avatar
Jonatan 1 de junho de 2021

Preço acessível nao vai ter com certeza, pra quem usa muito um carro acho que é melhor comprar um Fiat uno e ser feliz kkk.
O conforto não é lá aquela coisa mais consome pouco e manutenção barata tbm ..

Avatar
Marcus 1 de junho de 2021

Vai ser ótimo para as montadoras, o povo vai comprar correndo em nome da vaidade e o preço da energia no Brasil é altíssimo; ou seja no fim vair ficar mais caro.
Vi q nos EUA muitos que compraram estão optando pelo carro a combustão. É facil e rápido abastecer.
Eles não falam do preço e duração da bateria. Se for como de celular…kkk

Avatar
José Enivaldo De Oliveira 1 de junho de 2021

Porque esse atraso tão imenso na eletrificação dos carros?

Avatar
Anônimo 1 de junho de 2021

Elon Musk já tinha previsto isso. Carro elétrico está cada vez mais presente em nossas vidas.

Avatar
Oscar Alberto da Costa hurtado 1 de junho de 2021

Já é tempo e para ontem. Pois o planeta pede socorro. Quanto a queima de combustão.

Avatar
José Luiz 31 de maio de 2021

Vai ser muito bom.
Vai Poluir menos.
Os carros deverão produzir sua propria energia elétrica.
Preço do petróleo reduzirá, onde só os carros a combustão irão usar gasoliná e o uso para os sub produtos do petróleo.

Avatar
Claudio garcez magalhaes 31 de maio de 2021

Até pode ser verdade mas para isto acontecer estas montadoras deverão praticar um preço acessível para que o consumidor possa adquirir estes veiculos elétricos.

Avatar
Acácio Ferreira 31 de maio de 2021

Só no dia em que a galinha criar dente que o motor elétrico vai substotuir o a combustão.
Mesmo se acontecer esse milagre a energia elétrica estará tão cara que não será viavel.
Já vi isso no passado serve como exemplo o álcool.
Kkkkk

Avatar
Janicélia Alves 1 de junho de 2021

Por exemplo eu tenho energia solar em casa, acho muito viável eu comprar um.

Avatar
Wagner 31 de maio de 2021

Será que vai ser o fim dos mecânicos 🤔

Avatar
elioricardo 3 de junho de 2021

O mecânico vai ter que ficar a par em mexer nesse tipo de veiculo se não souber pode levar até choque e mais complicado mexer

Avatar
João Paulo Goldez Mikoski 31 de maio de 2021

Que interessante !
Todo mundo achava que a era do petróleo terminaria com o fim do petróleo. Mas não é o que irá acontecer. A idade da pedra terminou apesar das pedras existirem até hoje.

Avatar
Valcirio De Oliveira Walter 31 de maio de 2021

Quero ver quando der pane de energia elétrica com estiagem de chuva longa que pare as usinas aí vai se ver o resultado disto

Avatar
Cid Quintela 31 de maio de 2021

Esqueceram as montadoras chinesas… Erro crasso.

Avatar
ACACIO GONCALVES SOARES 31 de maio de 2021

Não poderia ter uma notícia tão maravilhosa que essa , parabéns as montadoras por investir em veículos elétricos, quero ver gasolina ser vendida a preço de banana. CHUPA PETROBRÁS. CHUPA ESSA PETROBRÁS VAI ROUBAR JO INFERNO.

Avatar
Acacio Ferreira 31 de maio de 2021

Nem em sonho isso vai acontecer.
Kkkk

Avatar
Odinei silveira 31 de maio de 2021

A ideia e otima desde q o preco da energia em casa nao ultrapasse o preco da gasolina ou sera 6 por meia duzia ai melhor deixa como esta.

Avatar
Fábio 31 de maio de 2021

Com certeza o futuro taí mais precisa de muito investimento infraestrutura para funcione se nao pode vira um caus.

Avatar
Rubem 31 de maio de 2021

Não me preocupo por enquanto,não sei se estarei vivo até lá.
Bate boca agora é besteira.r

Avatar
Acacio Ferreira 31 de maio de 2021

Concordo plenamente.

Avatar
Cristiano jordao souza 31 de maio de 2021

Olá. Seria oque mais queria andar de carro sem gastar com conbustivel

Avatar
Silvana 31 de maio de 2021

Não custa sonhar até que isso se concretiza afinal á electricidade estar tão barato.

Avatar
Geovane 31 de maio de 2021

Nosso país e muito grande. para autonomia ,só se for a base de energia solar,pra economizar a bateria,para noite kkk

Avatar
Thiago 31 de maio de 2021

Energia solar,só ler sobre isso. E Ver o futuro, quem diria que a Kodak iria acabar

Avatar
Edson Milton Ribeiro Paes 31 de maio de 2021

No mínimo estão incorrendo em um erro cômico. Onde vão arrumar tanta energia? Europa, na Alemanha a matriz energética é a base de carvão que polui o meio ambiente além de deixar parte do País nublado de tanta fumaça.
Na Inglaterra não há água suficiente para produzir mais energia. No Brasil vivemos uma crise HÍDRICA que nos ameaças com apagões periódicos. Me diga de onde vão tirar energia para abastecer os carros elétricos?
A meu ver, na minha pouca capacidade de inteligência não vejo como trocar um combustível de fácil transformação e logística já instalada a mais de cem anos por um combustível a ser gerado na hora do consumo.
Não há como atender 1% da frota Brasileira com energia.Ou você abastece seu carro ou tem um apagão no trabalho.

Avatar
Leonardo 31 de maio de 2021

Questão enérgica não é difícil de resolver.
Equívoco seu achar que Europa ainda usa termoelétricas, ao contrário ela está sobrecarregada de energia limpa.

Brasil caso a parte, onde monopólio de concessionárias e políticos corruptos não deixam evoluir essa parte energética, melhor país do mundo para se aplicar em massa fazendas eólicas e solares! Degradação ambiental 0.

Você comete erro humano em ser resistente a mudanças, se fosse uma pensar desse jeito ainda estaríamos usando disco de vinil, televisões tubo, já que deram certo pra que mudar neh?

Só ressaltando só puxar que a Islândia faz com energia dela.
O tanto painéis solares vem crescendo residências. Isso pq Brasil compra painel de volta, já que todo cilício sai daqui para ser feito na China , pensa se fosse produzido aqui, ia até vender para vizinhos latinos

Avatar
Cid Quintela 31 de maio de 2021

Onde vão arranjar tanta energia elétrica?!Do sol!

Avatar
Danilo 3 de junho de 2021

Excelente comentário. Os globalistas maçonicos mudam as regras do jogos e das leis. Tudo para manter o controle e a hegemonia DELES e nós a classe média burguesa na POBREZA, sob o pretexto da causa do ambientalismo. Daki alguns anos nos proibirão de rezar e de acreditar em Deus. Nasceu e será automaticamente convertido em ateu profissional.

Avatar
George 31 de maio de 2021

Esse papo de carro elétrico é muito bonito de se contar, mas eu quero saber como ficarão as viagens de 800, ou uns 1000 km quando a gente precisar. Como ficarão as pessoas que precisarão se deslocar por um percurso de 2000 km? Imaginemos daqui há 10 anos se só tiver motores elétricos, como vai ser? Será que a tecnologia de baterias vai evoluir suficiente daqui pra lá?

Eu mesmo amo viajar e viajo com certa frequência. Sou admirador dos carros elétricos e sonho em ter o meu um dia, mas eu preciso de um carro com muita autonomia.

Avatar
Leonardo 31 de maio de 2021

Você está vendo coisa pela fechadura, novas baterias estão prestes a surgir, ainda e jogo de cão e gato, mais já se especula de novas baterias feita pela tesla, que irá ter super autonomia, depois é só outras empresas copiar e baratear elas.

Se vc olhar mercado americano na existe inúmeros postos de recarga onde que com poucos minutos já completa ela.
Mais aqui para Brasil ainda é algo fora do contexto pela política de monopólio das concessionárias energéticas

Avatar
Acacio Ferreira 31 de maio de 2021

Pode viajar, mas uma viagem que demorava um dia digo de 1000km, com o motor elétrico vai demorar 3 dias dai só da prejuízo.

Avatar
Sir.Alves 31 de maio de 2021

Nas enchentes de fim de ano de Sp e Rj esses eletricos vao dar apagao? Soh o tempo dirah… Quanto ao consumo da rede eletrica, solucao mais viavel eh instalar placas de foto celulas e carregar em casa, claro, quem pode pagar 200k em um veliculo plug-in, tem cash para tal.

Avatar
Eustaquio 31 de maio de 2021

Aqui no Btasil estas mudancas só funcionam para os ricos. Quem me diz que quamdo.o mercado for dominado por carros elétricos o custo da energia vai ultrapassar o valor dos combustíveis fósseis. Pobre não.poderá ter seu carrinho e sim carroça de 2 rodas.

Avatar
Cristiano marques 31 de maio de 2021

Concordo plenamente contigo,se hoje a energia elétrica já e um absurdo quem dera qd chegar essas carroça s de plástico q vão ter pecima qualidade e preço absurdos

Avatar
Cid Quintela 31 de maio de 2021

Energia solar meu caro…

Avatar
Acacio Ferreira 31 de maio de 2021

Sonha sonhador

Avatar
José 31 de maio de 2021

E nem fala na Toyota que é só a marca mais electrificada. É a maior fabricante. A mais avançada nas baterias estado sólido. …. Enfim o artigo não presta.

Avatar
Paulo José 31 de maio de 2021

Os preços dos combustíveis nas bombas estão absurdamente de caros, principalmente para aqueles que dependem para se auto sustentar,como já vem dizendo a profecia é chegado o fim, que Deus nos ajude a perseverar.

Avatar
Giovanni Pietrani 31 de maio de 2021

Kkkkkkkkk O Renault Zoe sucesso de vendas na França chega aqui por 210 mil reias kkkkkkk
Brasil é terra de indios tupiniquins e de oportunistas vcs acham que vao ter posot com preço baratinho incentivo pra placas solares e os totens de abastecimento? Vc acha que vão ter quanto nos shopings, vcs acha que vão dar esse energia de graça ?
Sonha Alice !!!! Kkkkkk
Va pra Alemanha, Suíça e até a França veja como será daqui há 20 anos no Brasil, e quando aqui estiver com carros elétricos lá já estão até voando.
Isso aqui é terra de índios o Brasil é só politicagem ganham dinheiro com as sensações do momento hoje estão ai bando de genocidas ganhando dinheiro com vacinas e negociando com laboratórios,amanhã arrumam outra forma de gangrena dinheiro.
Carros elétricos no Brasil kkkkkk
Renault zoe grande bosta carrinho de cidade por 310 mil kkkkkk

Avatar
Samuel 31 de maio de 2021

Estou pagando os ingressos, essa ficarei na primeira fileira para assistir ao espetáculo. Já estou vendo o vilão virar o mocinho, kkķkkk.

Avatar
Meyri 31 de maio de 2021

Só quero ver se a guerra por petróleo vai acabar.

Avatar
Lrc 31 de maio de 2021

Para gerar a energia para os carro as hidroelétricas e as termoelétrica vão ter que trabalhar muito e a poluição vai continuar.O certo é fazer carro a hidrogenio.

Avatar
vanderson rodrigo santos de araujo 31 de maio de 2021

Que nada cara a poluição vai diminuir

Avatar
Geraldo 31 de maio de 2021

Se hoje já falta energia, imagina no futuro? Principalmente aqui no terceiro mundo. Imagina o q terá de carro parado na estrada. Qto gato teremos aqui no Brasil…piada pronta. Este tipo de veículo teria que gerar sua própria energia através de painel solar e ter uma segunda opção para a falta de energia do sol. O tempo dirá.

Avatar
José Patrício Paes 31 de maio de 2021

Concordo. E sem contar que as baterias envelhecem e ficam viciadas. Este sistema somente seria viável com uma geração própria de energia, quando o veículo estivesse em movimento.

Avatar
Deibeson Lima Araujo 31 de maio de 2021

Não vejo a hora das motos serem elétricas também, ainda é bem capaz dos baderneiros colocar potinho de iakult no pneu pra tirar a paz. Kkkkk

Avatar
Cristiano marques 31 de maio de 2021

Sempre se dá um jeito pro barulho,já tô pensando em um aparelho de som na moto com gravação de ronco só pra não sentir falta do escapamento aberto kkkkkk, brincadeiras a parte também concordo com teu comentário

Avatar
Daniel Schmidt da Cruz 31 de maio de 2021

Enquanto isso no Brasil…
– Vamos ficar ricos vendendo soja e frango. Kkkkkkkkkkkkkkkk

Avatar
Flávio 31 de maio de 2021

Bem na minha opinião, quando os carros elétricos tomarem conta do mercado mundial, compraremos carrões de hoje a preço de banana, porém, a conta de energia irá passar dos 6 dígitos.

Avatar
Claudio Dantas da Silva 31 de maio de 2021

Aqui no nordeste estão usando muita placa solar no teto da casa, quem pagava R$ 4.000,00 de energia passou a pagar aproximadamente R$ 300,00, acho que seria uma boa idéia recarregar os carros, os postos de combustíveis deveriam colocaram placa solar, eles receberiam energia solar gratuita e vendiam barato pra carregar as baterias dos carros que viajam pra longe.

Avatar
Deibeson Lima Araujo 31 de maio de 2021

Até lá já podemos ir modernizando tudo com energia solar …

Avatar
Wilson 3 de junho de 2021

Não conte com o sol para gerar energia,pois daqui a um bilhão de anos ele vai apagar.

Avatar
Wilson 3 de junho de 2021

Não contem com o sol para gerar energia para movimentar esses carros,porque daqui a um bilhão de anos a energia do astro rei irá se esgotar.

Avatar
Jose Lucas 31 de maio de 2021

Gostei gasolina tá muito caro e moto elétrico vai ser ótimo se não alimentar a energia eu acharia melhor colocar as 4 opções a gasolina álcool GNV e elétrico

Avatar
Rodrigo Veloso 31 de maio de 2021

Fique tranquilo aqui no Brasil quando isso acontecer vão subir o preço da energia e achar uma desculpa pra isso.

Avatar
Gleno Bastos 31 de maio de 2021

Só espero não dependermos de uma única empresa q forneça energia, assim como a Petrobrás com o combustível, pq aí não mudará nada

Avatar
Fernando 31 de maio de 2021

E a poluição causada pela sucata das baterias desses milhões de carros elétricos que serão colocados no mercado? Como limpar ? Será que vale o risco? A tecnologia atual já é suficiente para uma mudança tão repantina…?

Avatar
Osmir Rocha Fontes 31 de maio de 2021

Reciclagem!

Avatar
Emerson Barroso De Souza 31 de maio de 2021

Estão pesquisando marte para isso, questão resolvida.

Avatar
Antonio José de Almeida 31 de maio de 2021

Excelente 🙏🙏🙏

Avatar
JOARIDE PEDROSO DE ALVARENGA 30 de maio de 2021

Tomara que dê certo, porque ninguém aguenta esse preço da gasolina e etanol no Brasil. Agora, o preço desses carros tem que ser acessível, porque se dobrar o valor não adiantará nada.

Avatar
Onofre Motta Guerra 30 de maio de 2021

Ótima decisões das montadoras de carros que usa o diesel ou gasolina (focil) tem uma opção Brasileira o Etanol e os motores elétricos.

Avatar
Marcelo Viotto 30 de maio de 2021

O motor a combustão vai continuar firme, forte e reduzindo CO2 e NOx. O consumidor americano foi consultado e o resultado foi cabal – 64% NÃO QUEREM O “FASE-OUT” dos combustíveis líquidos!!!!! As respostas da Siemens/EXXON-Mobil/Porsche e da Bosch/Shell/VW já estão entrando no mercado alemão com gasolina azul (30% de gasolina verde produzida com sequestro de CO2 e hidrogenio verde na mistura de gasolina refinada de petróleo) e o uso de oleo de cozinha usado, resíduo oleoso de esgoto, alga e gordura animal para produção de diesel nos hidrotratamento das refinarias, junto com o diesel derivado de petróleo. PAREM DE MALUQUICE – NÃO TEM COMO TROCAR A FROTA EM USO COM UM PASSE DE MÁGICA!!!!!!

Avatar
Pedro Filipe 30 de maio de 2021

Tantos engenheiros, tanta gente formada nas marcas automotivas e continuam a apostar no elétrico em larga escala. Ridiculo, uma tecnologia sem qualquer futuro. Quando toda a gente tiver a porcaria de um veículo desses e o quiser por a carregar durante a noite quero ver as instalações elétricas seja de que país for como elas vão aguentar. Nenhum país do mundo tem instalações para albergar tanto consumo energético. Quanto maior o consumo, maior a secção de cabo necessária para a sua passagem. Uma lei básica da eletricidade. Hidrogênio será vencedor mais tarde ou mais cedo. Só desejo morte ao elétrico o quanto antes pk de positivo nada trás para o planeta.

Avatar
Raimundo Nonato Sousa dos Reis 30 de maio de 2021

Se fossemos pensar assim, o celular nunca teria se tornado tão popular e barato de se usar, mas cada um tem sua opinião, e o futuro só a Deus pertence.

Avatar
nilton 30 de maio de 2021

Será que agora não vai ser a conta de luz que vai aumentar cada vez mais?

Avatar
jose gomes 31 de maio de 2021

o negocio ,
colocar placa solar

Avatar
RODRIGO VELOSO SAES 31 de maio de 2021

Fique tranquilo amigo. Quando isso acontecer aqui no Brasil vão arrumar uma boa desculpa para aumentar o preço da energia.

Avatar
Ricardo Coelho 30 de maio de 2021

Nos EUA quem comprou carro elétrico está voltando ao carro à gasolina! Podem pesquisar…

Avatar
Humberto Rigotti Sodré 30 de maio de 2021

Por enquanto, para se ter carro elétrico no Brasil, é preciso ter muito dinheiro e muita preocupação com o meio ambiente: eu nao tenho nenhum dos dois.

Avatar
Joel Morgado 30 de maio de 2021

O valor do carro será para poucos!

Avatar
Luciano 31 de maio de 2021

Pouca gente vai sobrar no mundo mesmo

Avatar
Roberto Alencar Garcia 31 de maio de 2021

Verdade

Avatar
Marco 30 de maio de 2021

Que assim seja…..o.inicio do fim da Petrobrás , da loucura dos governos em botar a mão nos.nossos.bolsos via imposto nos combustiveis, do.inicio do fim dos plantadores de cana e o cartel de todos esses….
Graças a Deus, o fim de toda essa turma de pilantras. Agora só falta o povinho desgraçado do Brasil começar a cuidar mais com a calçada.na frente de casa e começar a limpar a rua que tem em frente, recolhendo toneladas d lixo nas.ruas. De nada adianta carro zero emissão e ver as cidades totalmente sujas e pixadas.

Avatar
RENATO BORCHARDT 30 de maio de 2021

Pleno acordo com vc amigo.

Avatar
Douglas Quina 30 de maio de 2021

Quanto ódio no seu coração!!!

Avatar
Alan casagra 31 de maio de 2021

Eletrobrás ta ai pra isso

Avatar
Tarcíso 30 de maio de 2021

Realmente é muito bom para o mundo mas também é fato que não é para classe média, que sobrará apenas os carros usados. Isso se não precisar trocar as baterias, que custam o mesmo preço de outro carro ou até mais…

Avatar
Romeu 30 de maio de 2021

Tudo segue a lei da oferta e da demanda. Hoje os elétricos são absurdamente caros assim como outros produtos que no início eram caros também, proporcionalmente. O grande problema com os elétricos é a demanda de energia que irá aumentar muito e os preços irão subir também, mesmo para quem não tiver carro elétrico (só não acontecerá isso se a energia aumentar apenas para quem tiver carro elétrico).

Avatar
Pedro Santana de Jesus 30 de maio de 2021

Devido o abuso dos preços do combustíveis aqui no Brasil, já deveríamos estar no mesmo nível de produção de eletrícos da China e outros países da Europa.

Avatar
Edvaldo afonso 30 de maio de 2021

Tudo muito lindo kkk eu e grande parte população vai comprar um Renault Zoé por 200000, sabe quando nunca carro elétrico a preços exorbitantes e pra rico pobre vai e comprar um usadinho a GNV e pronto energia tb limpa. Kkk muita história

Avatar
Francisco de Souza Santos 31 de maio de 2021

Vdd amigo… Demorou muito tempo pra um cidadão comum ter um carro a gasolina. Até os anos 90 carro era pra poucos. E olha que nem vencemos ainda a popularIdade do carro a Diesel. Lá vem o carro elétrico. Com o “Kilowatt” não vai ser diferente. Teremos um longo período para a população brasileira utilizar o carro elétrico em larga escala. Quem viver verá!

Avatar
João 30 de maio de 2021

Que venham os carros elétricos pra ontem !
Na hora de abastecer, me sinto como se estivesse sendo assaltado.
Os preços nos postos, chamar de roubo é elogio.
Espero que os carros elétricos tenham preços atrativos, ja que a ideia é diminuir a poluição do planeta.
Que desapareçam aqueles carrões com motores de locomotiva, poucas pessoas querem ter um desses pra sustentar. São carros que gastam demais para apenas rebocar o próprio peso.
Serão o elefante branco nas garagens dos desavisados.

Avatar
Silva 31 de maio de 2021

Olá amigos a energia elétrica Qui no Brasil já está virando tudo termoelétrica estamos na fase vermelha….kkkkk minha conta de energia ética quase dobrou….o Brasil já esta nos preparando para quando chegar carros elétricos vai ser mais cara que gasolina 10 vezes mais….kkkkk nós mais pobres a daremos de chinelos e a pé…..e nem de chinelos avaliados….é aquele marca de nome ruimmasanda….kkkkkk

Avatar
Gilberto 30 de maio de 2021

N gosto de negocio d depende d uma so fonte n se de um bo vai da esse negocio d fica esperand carro carrega igual celular e fumo vamo d petroleo q e melhor .Os donos d mundo so pensam a favor deles e mais ninguem tem e q vota contra esse lixo d carro eletrico essas porcarias modernas cada dia q passa fica pior e caro o povo e q n para e pensa so pensa em economia se n quer gasta anda apé msm qm ta enventand carro eletrico e so p poder ganha mais dinheiro dos trouxa kkk vcs vao ve q vai ser e alem d mais e quem comp carro p paga c 60 70 80 meses aq e ta na msm kk agenta esta caminhand p a divisao d mundo um lado colarinho d outro os favela vcs vao ver isso acontesser

Avatar
EDSON GERALDO PINTO 30 de maio de 2021

Tomara que seja bem antes, para esses Arabes enfiar o petróleo deles naquele lugar…

Avatar
Conentarista 30 de maio de 2021

Até 2030 é prazo muito longo . Tinha que ser pra já, pra ontem.
Pra acabar logo com essa porcaria de motores à combustão e com esses preços extorsivos, abusivos e superfaturados dos combustíveis.

Avatar
SERGIO HENRIQUE DOS REIS 30 de maio de 2021

EU conto ou vocês contam? Que a conveniência é das.montadoras e não do consumidor, e que o.custo da energia que já não é atrativo, tende a subir pela lei de.mercado…😁

Avatar
Henrique Martins 30 de maio de 2021

Quem tem carro combustão vai continuar com seu carro e colocando combustível. Problema é que essas montadoras como a Ford vão embora do Brasil se não tiver investimento por parte do governo em elétrico. E pra construir um carro elétrico no maximo 10 pessoas..Não importa o que faça na questão emprego.

Avatar
Andre Santos 30 de maio de 2021

Olha eu creio que no Brasil vai ser possível sim , vai acabar com essa roubalheira…

Avatar
L.L.GOMES 30 de maio de 2021

Se o petróleo do pré-sal não era viável devido ao alto custo de exploração, imagine agora com essas novas tecnologias. Nada é para sempre.

Avatar
Slake A7x 30 de maio de 2021

Petrobras vai surtar🤣😂

Avatar
Medeiros Grandes Mares 30 de maio de 2021

PETROBRÁS?…Corra, se reenvente!

O ‘Bicho vai pegar.’
…Os Postos de Gasolina?!?!?!?

Avatar
Ana Sky 30 de maio de 2021

Posto de combustível elétrico.

Avatar
MJ 30 de maio de 2021

Será altas cargas elétricas em questão de segundos para recarregar estes carros, ou o motorista terá que passar 4 horas esperando carregar a energia do carro numa tomada para poder sair de casa? Hajajajajaj

Avatar
MJ 30 de maio de 2021

Não irá aumentar os poluentes de CO2 das usinas elétricas na mesma proporção de consumo à gasolina? E ainda os alagamentos da floresta em meio a demanda alta dr Hidroelétricas? Tem muitas incognitas ainda. Afinal tudo acaba nos levando para autodestruição mesmo. oh Lord…

Avatar
Valeri silva 30 de maio de 2021

Aqui no Brasil duvido

Avatar
Ana Sky 30 de maio de 2021

Vai acontecer mais rápido que imagina, ante o mercado de consumo de veículos.

Avatar
Fernando Augusto 30 de maio de 2021

Sempre vao ter os que vao reclamar. Que não aguentam olhar pra frente. A gente aqui no Brasil adora reclamar do país e falar de EUA e europa mas a verdade é que a gente não tem cabeca de países evoluidos. O Brasil é reflexo do brasileiro. Parado no tempo. Veja o governante que a gente tem. Surreal. Quem quer ser primeiro mundo não devia eleger um cara desses nem pra sindico de predio.

Avatar
ELTON LUIZ DE SOUZA 30 de maio de 2021

TUDO O QUE OFERECE MUDANÇAS, TEM ALGUMAS RESTRIÇÕES.
OS COMBUSTIVEIS FOSSEIS SEMPRE FORAM O VILÃO NA POLUIÇÃO. O IMPACTO QUE ISSO OFERECE A ECONOMIAS MUNDIAIS, POREM A NECESSIDADE E PREMENTE PARA CONSERTAR A NATUREZA.
GANHARAM MUITO DINHEIRO, ESTA NA ORA DE DIVISÃO DE RIQUEZAS.
HOJE COM A ECONOMIA GLOBALIZADA, PROPÕE RECURSOS DISPONIVEIS QUE ACOMPANHAM A NATUREZA.
A ENERGIA, OU MATRIZ ENERGÉTICA PODE SER MUDADA, TESLA TINHA MOTIVOS E CONHECIMENTO, PARA PRODUZIREM ELETRECIDADE BARRATA, COM AMPLA UTILIZAÇÃO, ISTO TERÁ MUDANÇAS QUE TRARÃO BENEFÍCIOS A NATUREZA E CONVIVÊNCIA HUMANA ACEITÁVEL.
ISTO É COMEÇO DE METOLOGIAS PARA CORRIGIR AS LOUCURAS POR FORTUNAS E GANANCIAS.

Avatar
Phantom Blot 30 de maio de 2021

Anos passados, eu já imaginava carros como os elétricos propostos atualmente, mas ao meu ver, os automóveis seriam pequenos e semelhantes aos kei kars japoneses. Errei redondamente, porque a maioria dos automóveis mostrados são enormes luxuosos e potentes.
Quanto a isso eu tenho dúvidas, porque que se for para evitar a poluição dos motores à combustão, porque não aproveitar o momento para diminuir o consumo de aço, borracha e outros materiais e fabricar veículos menores?
Outro detalhe é que existe a nível mundial praticamente uma guerra contra os motores à combustão, mas e quanto aos outros tipos de poluição ninguém se importa? O que essas pessoas tem a dizer sobre o glifosato? Ou o uso excessivo de produtos tóxicos na “limpeza” de calçadas como o cloro puro?
Também tem o quesito da autonomia. Preciso pernoitar duas noites para recarregar as baterias se precisar viajar mais de 500km?
Essas marcas também pensaram na Transamazônica ou lugares semelhantes?

Avatar
DAZIO DAVEL DELPUPO 30 de maio de 2021

O grifosato é necesario

Avatar
Bijuja 30 de maio de 2021

O Glifosato mata e mata gente!

Avatar
Lindomar Augusto de Melo 30 de maio de 2021

O que o glifosato tem a ver com carros elétricos ou combustão alguém já viu um carro movido a glifosato falem de coisas que entendem pra não falarem besteira

Avatar
Bijuja 30 de maio de 2021

LINDOMAR AUGUSTO DE MELO, tu precisa ler todo o texto do PHANTOM BLOT para entender o que escrevi.

Avatar
Jurandir El-Chrisóstomo 30 de maio de 2021

Piada ! Carro elétrico vai funcionar muito bem na Europa em que muitos países são menores até do que o Estado de São Paulo em habitantes e dimensões. Para viajar, continuaremos usando carros a combustão por longos anos e pra comprar pão na padaria, dá pra ir de bike.

Avatar
Bruno 30 de maio de 2021

Sou “veementemente” a favor da emissão zero de carbono pelos veículos automotores.
Daí acreditar que em menos de 10 anos algumas montadoras afirmar que só terá veículos elétricos chega ser piada. O mercado já deveria tá, no mínimo, consumindo 60% desse tipo de propulsão em relação ao total de vendas. O mercado consumidor é que dita as regras e não uma dezena de montadoras. Ainda assim quero acreditar que vai dar certo!

Avatar
Amarildo 30 de maio de 2021

E adianta produzir o carro, ter a tomada se a eletricidade ainda necessita da queima de gás ou óleo?

Avatar
Manoe Argolo 30 de maio de 2021

Claro que não Amarildo, pois, outras fontes de energia como a eólica, solar, e, até mesmo a nuclear tambem estão se expandindo!

Avatar
Manoek Argolo 30 de maio de 2021

Claro que não Amarildo, pois, outras fontes de energia como a solar, eólica, das marés e, até mesmo a nuclear estão se expandindo.

Avatar
Carlos AD 30 de maio de 2021

Tomara que nao queimem os combustiveis fosseis para gerar tal energia eletrica.

Avatar
Jose Roberto 30 de maio de 2021

Verdade Carlos, poucos países são “verdes” na geração de eletricidade, do que adianta o carro ser “verde” se a geração de eletricidade é feita a partir de combustíveis fosseis ou usinas nucleares.

Avatar
Sebastiao teixeira da cruz 30 de maio de 2021

Energia solar resolve isso

Avatar
Jairo 30 de maio de 2021

Até que enfim!!
Demorou para banir os combustíveis fósseis, tão prejudicial ao nosso planeta.
Só quero ver o que as petroleiras farão com seus petroleos… Acabará essa extorsão ??

Avatar
Agostinho Calderon 30 de maio de 2021

Ainda seremos escravos dos combustíveis fósseis por muitos anos! Tintas, plásticos, PVC, pneus, asfalto, etc…
Não existe nenhuma fonte alternativa para estes produtos a curto prazo!

Avatar
Nelson de Lima alexandrino 30 de maio de 2021

Acredito que ainda vai levar anos. Agora provalmente eles vão usar a eletricidade para aumentar os preços das coisas kkkk

Avatar
WILSON GOMES TOLEDO 30 de maio de 2021

Energia no Brasil e muito caro talvez mais que gasolina

Avatar
Erivaldo 31 de maio de 2021

Acredito na competência desses proficiências,o otimismo é muito importante.
Vamos torcer que isso dê certo.
Só assim o preço da gasolina e do etanol, vai prá baixo.

Avatar
Nelson de Lima alexandrino 30 de maio de 2021

Acredito que a eletricidade será a grande vila dos aumentos.provalmente será usada como referência nos preços

Avatar
Deixe um comentário