Alagamento em São Paulo atinge fábricas e concessionárias

Mercedes-Benz afirmou, em nota, que a produção em São Bernardo do Campo está paralisada; Ford e GM também foram atingidas

Por AutoPapo 11/03/19 às 16h47
fabrica mercedes inundada

São Paulo convive, desde a noite desse domingo (10), com temporais intensos. De acordo com o Corpo de Bombeiros, 12 pessoas perderam a vida na região metropolitana da capital em decorrência de afogamentos e deslizamentos de terra. Fábricas de automóveis e concessionárias também foram afetadas pelo alagamento em São Paulo.

A Mercedes-Benz, instalada em São Bernardo do Campo, teve as operações paralisadas nesta segunda-feira (11) por conta da invasão da água. A montadora informou que está “trabalhando para realizar os procedimentos de limpeza e manutenções necessárias para que a fábrica volte a operar o mais rápido possível e com segurança”. Confira a nota enviada pela empresa à imprensa:

Fábricas de automóveis sofrem com o alagamento em São Paulo. Em São Bernardo, a planta da Mercedes teve suas operações paraisadas.

A Mercedes-Benz do Brasil informa que teve sua produção interrompida nessa segunda-feira, 11, devido à forte chuva que atingiu a região do ABC paulista.

Nesse momento, as áreas de Manutenção, Segurança e Logística da empresa estão trabalhando para realizar os procedimentos de limpeza e manutenções necessárias para que a fábrica volte a operar o mais rápido possível e com segurança para todos os colaboradores.

O volume de chuvas na região da fábrica de São Bernardo do Campo (SP) foi muito intenso desde a noite de ontem, mas é importante ressaltar a importância da limpeza e da manutenção frequentemente dos rios e também dos piscinões e bueiros locais a fim de ajudar a dispersar o volume de água e evitar tantos estragos para toda a população da região do ABC.

A fábrica da Ford, também em São Bernardo, também foi afetada pelo alagamento. No vídeo, postado nas redes sociais, pode-se observar os danos causados pelas chuvas.

Uma concessionária da General Motors também foi atingida pelo alagamento em São Paulo. O AutoPapo tentou contato com a assessoria de comunicação da marca para averiguar a situação da loja, que fica em São Caetano, mas não obteve sucesso.

Imagens Reprodução | Internet

SOBRE
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Thiago 11 de março de 2019

ESSA CHUVA NA CIDADE DE SÃO PAULO, FOI CAOS ENORME, A QUANTIDADE DE CHUVA PARA A CIDADE DE SÃO PAULO, FOI 150mm, RUAS ALAGADAS, ESSA CHUVA DE SÃO PAULO, ESTAVA MAIS PARA FILME DE TERROR, EU IMAGINO, O DESESPERO DAS PESSOAS QUE ESTAVAM VOLTANDO DE MADRUGADA DO TRABALHO, PESSOAS PRESAS DENTRO DO ÔNIBUS ARTICULADO, A ÁGUA, PASSANDO POR CIMA DOS BANCOS DO ÔNIBUS ARTICULADO, QUE EU ,VI NUMA REPORTAGEM, ESSA CHUVA NA CAPITAL PAULISTA, PRATICAMENTE FOI PIOR, NOS ÚLTIMOS 50 ANOS,ESSA CHUVA PAROU A CIDADE DE SÃO PAULO.

Avatar
Deixe um comentário