BMW atualiza Série 3 sem carregar no “focinho”

Após três anos BMW Série 3 passa pela primeira plástica, mas o destaque está no interior do sedã alemão, que passa a contar com painel de duas telas

bmw serie 3 2023 reestilizado
O BMW Série 3 é um dos principais modelos da marca alemã e mais uma vez ela foi prudente na hora de atualizar as linhas, sem abusar de elementos radicais (Foto: BMW)
Por Marcelo Jabulas
18 de maio de 2022 10:03

A BMW acaba de apresentar a linha 2023 do Série 3. E para a alegria geral de todos, a marca não aplicou a controversa (para ser gentil) grade do radiador do Série 4. Claro que o duplo rim ficou maior, como é tendência na marca alemã. Na verdade, ela nem tocou no “focinho”. E há uma razão para isso.

Mesmo com a ascensão da linha de SUVs, O Série 3 ainda é um dos principais produtos da BMW e sempre que há uma intervenção, a marca é cautelosa. Na geração E90, na era Chris Bangle, o ousado design norte-americano foi comedido na hora de desenhar o sedã, que ainda é considerado como um dos mais bonitos da linhagem.

VEJA TAMBÉM:

No ano passado, o modelo foi líder no segmento nos Estados Unidos, Reino Unido e China. Ou seja, não dá para errar na mão. A mudança chega depois de três anos de mercado.

Por fora, as novidades se concentram nos faróis, que seguem o desenho do Série 4, assim como os para-choques. Na traseira, as lanternas passaram por leves ajustes e o para-choque ganhou novos recortes para imprimir esportividade. Há também opção de pacote M Sport, que adiciona rodas aro 18 com desenho exclusivo.

Interior do Série 3

Mas é por dentro que a BMW não economizou no estilo. A marca aplicou o novo painel de instrumentos que conta com quadro de instrumentos (14,9 polegadas) e monitor multimídia (12,3 polegadas) integrados. As duas telas foram aplicadas numa grande moldura flutuante, seguindo um estilo que a Mercedes-Benz já tinha utilizado.

bmw serie 3 interior

Segundo a marca, o novo visor permite reduzir o número de botões físicos e explorar mais as possibilidades do sistema de comandos por voz. Com isso, basicamente restaram tecla de partida do motor, o freio estacionamento eletrônico, controle de comportamento e acionamento da transmissão.

bmw serie 3 2023 quadro de instrumentos

A cesta de conteúdos inclui Internet embarcada, navegação BMW Maps, projeção no para-brisas (Head-Up Display), assim como climatização eletrônica, assistentes de condução e estacionamento automático aprimorado.

Coração o BMW

A marca oferece uma grande variedade de motores para o Série 3. A novidade é que os blocos, além de contar com o turbocompressor, também receberam módulo 48V. Essa unidade elétrica assume as funções de arranque, alternador e também fornece torque em situações de baixa rotação. Ele também conta com versões híbridas Plug-in, além do seis cilindros biturbo 3.0 de 374 cv.

bmw serie 3 2023 reestilizado traseira

Nos blocos menores há diferentes faixas de potência e torque, que variam de 156 cv a 292 cv, dependendo dos complementos elétricos. A transmissão para toda a gama é automática de oito marchas, com opções de tração integral ou traseira.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário