Câmbio automatizado da Renault deixa de ser produzido

Seguindo tendência, a francesa confirmou o que já esperávamos, e vai abolir o câmbio automatizado a favor do automático CVT

renault sandero stepway
Por AutoPapo
18 de março de 2019 18:30

O câmbio automatizado da Renault foi oficialmente abandonado. O último modelo no qual a transmissão apareceu foi no Sandero Stepway, com proposta aventureira, para o qual deixou de ser oferecida no fim de 2018. A tendência do mercado é de o sistema ser substituído pelo câmbio automático. A notícia foi dada pelo portal Autos Segredos.

Seguindo tendência, o câmbio automatizado da Renault vai ser abolido em favor de um automático CVT, a francesa confirmou.
Stepway é o último modelo na gama da Renault que ainda é equipado com o câmbio automatizado.

No hatch, a caixa automatizada acompanhava um motor flex 1.6 de 16 válvulas. O anúncio oficial da mudança já era aguardado, e está de acordo com o que tem se mostrado uma tendência. O sistema é como a simulação de uma transmissão automática, mas com a estrutura de uma manual.

A diferença para a manual convencional é as trocas de marcha são feitas pelo próprio sistema. Ele executa, assim, todos os procedimentos que um motorista executaria, acionando a embreagem e manuseando a alavanca de câmbio.

No lugar do câmbio automatizado da Renault, o modelo deve receber um câmbio automático CVT, ainda este ano. O Sandero comum e o Stepway, assim como o Logan, também receberão uma reestilização. Atualmente, a dupla só é oferecida com câmbio manual, mas também ganhará a opção CVT.

Seguindo tendência, o câmbio automatizado da Renault vai ser abolido em favor de um automático CVT, a francesa confirmou.
Imagem de registro do novo Sandero. (Reprodução do INPI)

Os novos modelos serão inspirados nos europeus, comercializados pela Dacia em alguns países do continente. As mudanças incluem para-choques, grade dianteira e faróis novos. No hatch, mudam também a traseira e as lanternas. O interior dos dois modelos também será reformulado.

Câmbio automatizado do Renault Sandero acompanha tendência

Volkswagen up! também vai perder o câmbio automatizado. (Volkswagen | Divulgação)

Outros carros que vão abandonar o sistema em breve são o Volkswagen up!, último na gama alemã que ainda o oferece. Da mesma forma, a Fiat também vai deixá-lo para trás, como informou o presidente da FCA para a América Latina, Antonio Filosa, em evento para a imprensa. A italiana ainda utiliza o sistema no Cronos e Argo.

SOBRE
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Paulo Roberto Germano 26 de julho de 2021

Boa noite!
Comprei um Sandero stepway. 2.016 automatizado ele está com 43.000km. Estou achando algo estranho nele gostaria de saber se isso é normal? Ao dar sair com com o motor frio sinto o carro preso demais depois que o motor esquenta fica normal.
Isso é normal?
Obrigado.

Avatar
Deixe um comentário