Carro zero-quilômetro ou usado: qual é mais vantajoso?

"Vale a pena ou não comprar um carro zero-quilômetro? Essa é uma dúvida que aflige, e com razão, a cabeça de muita gente"

Por Boris Feldman 22/11/20 às 15h00
venda carro concessionaria shutterstock 1579747456
venda de carro (Shutterstock)

Olha aí, pessoal; toda semana nós temos o Boris  Responde, onde eu procuro responder inúmeras  perguntas do pessoal, de quem nos acessa por YouTube,  Instagram, Facebook e no próprio portal. No YouTube  não se esqueça, hein, de assinar e cutucar o sininho! Mas agora é o Boris responde especial, porque eu vou responder a dezenas de perguntas que eu recebo, todas praticamente com o mesmo tema: vale a pena ou não comprar um carro zero-quilômetro?

Essa é uma dúvida que aflige, e com razão, a cabeça de muita gente. Então, existem vantagens e desvantagens. Vamos começar pelas vantagens de se comprar um carro zero. Começa por aquilo que a gente chama de ‘valor  intangível’. Sabe o que é? Não tem preço que pague  aquele ‘cheirinho de carro novo’, é assim que o  pessoal chama. Aquele cheirinho quando você abre  a porta, e o carro acabou de sair da fábrica ou  da concessionária.

VEJA TAMBÉM:

Então você leva um carro para  casa sabendo que você foi o primeiro a utilizá-lo, ninguém aprontou nada antes. Digamos: o carro é ‘virgem’. Então, isso tem um valor,  “eu quero ser o primeiro a usar esse carro”. Se  pra outras coisas, isso não é lá tão importante,  para automóvel, tem muita gente que pensa assim.  E até, quer saber, com certa razão.

Em segundo lugar, se você compra um carro zero, você tem o direito de escolher exatamente como ele quer.  A cor, o tipo de pintura, o estofamento – se é de  couro, ou tecido -, ou se é misto; a roda pode ser  de aço, pode ser de liga, mas de liga tem diversos  desenhos, diversos tamanhos. O som; o que você quer no som de um carro?

E mais tantas coisas que  você pode se dar ao luxo de decidir quando você  está comprando carro zero, e nem sempre ao comprar  um usado; que às vezes o carro que você gostou,  que é bom, não é exatamente daquele jeito que  você queria.

Além, disso, comprando um carro zero,  você tem grandes chances de não precisar de dormir  sujeito a chuvas e trovoadas. Até pesadelos,  sei lá o que pode vir daqui pela frente  se você comprou um carro usado. E mais:  há quem diga a melhor marca de carro, qual é?  O zero quilômetro. Porque ele está novinho,  não vai te exigir manutenção fora ou dentro  da garantia, os problemas vão ser pequenos.

E se tiverem, serão de pequena monta. Quer  saber? Cá pra nós, e ninguém admite, não, mas levar pra casa um carro zero quilômetro é um sucesso, né? Amigos, vizinhos, família,  vai todo mundo olhar. “Pô, o cara está  bem, está se saindo muito bem na vida,  na profissão”. É uma verdade: carro zero significa status.

E, finalmente, modernidade. Se você está  comprando um carro zero, você, provavelmente está levando para a garagem um carro que tem a última palavra em segurança, em conforto, em todas as tecnologias; em toda a eletrônica, que vai te permitir mais conectividade, mais  conforto, menos consumo, mais segurança. Tudo isso  vem embutido no carro zero quilômetro. Aí como  eu disse: não são só vantagens.

Existem algumas  desvantagens em se comprar o carro ‘novinho  em folha’. A primeira delas é o custo dessa  brincadeira. Porque você não consegue pechinchar muito um carro lá no showroom da concessionária como um carro usado na loja, ou até diretamente com o dono. Dá para abaixar o preço, pede daqui,  faz dali, faz um conchavo, uma pechincha e  vai.

No caso do carro zero, é muito difícil;  só mesmo em condições ou em momentos especiais.  Quando o carro está mudando de ano, quando está  chegando uma nova geração, quando a fábrica  ou a concessionária resolve fazer uma promoção  especial para liquidar com o estoque. São esses  momentos que você pode aproveitar pra conseguir  um desconto no carro zero. A não ser nessas  situações, é complicado.

O custo do carro zero se  manifesta no seu bolso, principalmente quando você  o tira do showroom. Você andou 50 metros? E  você vai perder, o carro vai desvalorizar o mesmo  de dois anos de uso. Porque tirou – pode fazer a  conta – em média, 15% a 20% de desvalorização no  mercado do usado. Você não andou nada: tirou da concessionária, perdeu!

Depois desses dois anos,  o carro continua se desvalorizando no mercado de usados, mas menos: 5% a 10% ao ano; mas na hora  que tira, aí o golpe é grande!

Outra coisa:  recall. O carro novo está muito mais sujeito a ter  que ser levado para a concessionária para fazer  uma operação. É gratuita, mas te enche o saco, vai perder tempo, vai ter que levar o carro lá  para trocar uma peça, um componente por um erro  de projeto, de manufatura; e esses problemas  acontecem sempre quando o carro ainda está novo, raramente quando ele já está alguns anos rodado.

Outro ‘probleminha’ são os despesas que você vai ter, sempre maiores. O IPVA de um carro zero,  o seguro de um carro zero, eles custam mais. E você  vai ter que entrar com cheques mais polpudos  para pagar isso tudo. Quer saber? Até flanelinha  da esquina, quando vê um carro zero, já resolve  cobrar um pouquinho mais para tomar conta dele,  é ou não é?

Outra coisa é a revisão obrigatória,  que você vai ter que fazer num carro zero. Você tem garantia, garantia é grande vantagem. Porém, tem a desvantagem de você ter que levá-lo  para fazer as tais revisões obrigatórias,  senão você perde a garantia.

E aí, prepare-se:  porque os consultores técnicos das oficinas, das  concessionárias, estão parados para te empurrar,  a famosa “empurroterapia”. Uma extensa lista de  itens totalmente desnecessários para você, dono  do carro, pagar e eles, consultores, receberem  comissões maior sobre o faturamento aplicado  no seu bolso; muitas vezes, indevidamente!

venda carro concessionaria shutterstock 1579747456
Existem vantagens e desvantagens tanto na compra de um veículo novo quanto de um usado

Foto: Shutterstock

SOBRE
5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Serafim Valasco 22 de novembro de 2020

    Se você tem dinheiro sem dúvida vai de carro novo. Mas o assalariado de pouca renda se pensar bem nem o usado compensa, vai de Uber ônibus ou a pé carro já foi sinônimo de prosperidade e status hoje não acho nenhuma graça em você sair na rua sentado numa lata fazendo barulho e poluindo o ar.vamod em frente vida inteligente

    • Avatar
      Leandro Barbosa 23 de novembro de 2020

      Nem é questão de dinheiro ou poder. Vc pode comprar um Onix 0km ou um Civic usado no mesmo valor. Eu particularmente compraria o segundo.

  • Avatar
    Edson Vanomo 22 de novembro de 2020

    Ficaria mais interessante se vcs colocassem uma matéria ” qual mais vantajoso, alugar ou comprar um veículo “

    • Avatar
      Jose Proença 23 de novembro de 2020

      Legal ! Eu também gostaria que o Boris também fizesse uma matéria sobre esse caso. Obrigado.

  • Avatar
    Antonio Saltore 22 de novembro de 2020

    Gosteu do comentário, foi-me, muitoutil.

    Estou querendo adquirie um carro FIT da HOND, quanto fica uma revisão obrigatória dese carro?
    E aconselhavel comprar esse carro, ountemmoutromais vantajoso, não Sem .

Avatar
Deixe um comentário