Os 10 carros híbridos mais baratos do Brasil em 2024: preço e análise

Algumas marcas repassaram a volta do imposto sobre eletrificados, mas muitos carros híbridos baixaram bem de preço de meados de 2023 para cá

hyundai ioniq hybrid 2024 preto
Ioniq é o carro híbrido mais barato do Brasil (Foto: Caoa | Divulgação)
Por Fernando Miragaya
Especial para o AutoPapo
Publicado em 09/02/2024 às 08h03

Carro híbrido é aquela alternativa para quem não quer comprometer o orçamento com combustível, mas também não está disposto a se arriscar com um automóvel 100% elétrico. Porém, a volta do imposto sobre modelos eletrificados acendeu o alerta se os carros híbridos deixariam de ficar mais baratos em 2024. E como ficou a lista com os 10 carros híbridos mais baratos do Brasil em 2024?

A boa notícia é que a maioria das marcas, pelo menos por ora, ainda não repassou a volta do tributo para as tabelas dos veículos que mesclam motor de combustão e elétrico. E melhor: nos últimos meses, alguns carros híbridos ficaram mais baratos em 2024 ou mantiveram valores de meados de 2023 – tem automóvel que baixou R$ 50 mil!

Agora, o pódio dos carros híbridos mais baratos do Brasil é quase dominado pela Hyundai, enquanto a Toyota se mantém perto da rival sul-coreana com seus híbridos flex.

Bom ressaltar que separamos apenas os carros híbridos regulares ou plenos (HEV) e plug-in (PHEV) de marcas generalistas – ou seja, fabricantes premium ficaram de fora. Assim como também estão de fora da relação de carros híbridos mais baratos os chamados híbridos leves (MHEV) – em que um motorzinho elétrico funciona apenas como gerador.

VEJA TAMBÉM:

Os preços foram levantados na segunda quinzena de janeiro de 2024 com base na tabela das montadoras. Confira os 10 carros híbridos mais baratos do Brasil.

1. Hyundai Ioniq – O carro híbrido mais barato do Brasil

hyundai ioniq preto frente parado
  • Preço: R$ 149.990
  • Versão: Hybrid
  • Tipo: híbrido elétrico regular
  • Motor a combustão: 1.6 a gasolina de 105 cv
  • Motor elétrico: 43,5 cv
  • Potência combinada: 141 cv
  • Consumo gasolina: 18,9 km/l (cidade) e 18,8 km/l (estrada)

Lançado pela Hyundai Caoa em 2022 só como automóvel por assinatura, o Ioniq passou a ser vendido nas concessionárias do grupo em 2023. Depois disso, baixou drasticamente de preço nos últimos meses: redução de R$ 50 mil, ou de 25%.

Desta forma, o Ioniq tornou-se o carro híbrido mais barato do Brasil e ainda desbancou seu colega de Hyundai Caoa, o Kona. Os compartilham, inclusive, o mesmo conjunto: motor 1.6 GDI a gasolina em conjunto com outro elétrico e câmbio automatizado de dupla embreagem e seis marchas, que promete um dos consumos mais eficientes do país.

Só que o Ioniq é mais espaçoso e equipado. O crossover-cupê leva alerta de ponto cego, monitoramento da pressão dos pneus, retrovisor eletrocrômico, ar automático bizona, retrovisores rebatíveis eletricamente, bancos de couro, entre outros. Também tem painel eletrônico em tela de 7” e multimídia com display de 10”.

2. Hyundai Kona

kona hib 3
  • Preço: R$ 169.990
  • Versão: Hybrid
  • Tipo: híbrido elétrico regular
  • Motor a combustão: 1.6 a gasolina de 105 cv
  • Motor elétrico: 43,5 cv
  • Potência combinada: 141 cv
  • Consumo gasolina: 19,6 km/l (cidade) e 17,4 km/l (estrada)

A Hyundai Caoa garante a dobradinha entre os carros híbridos mais baratos do Brasil em 2024 com o Kona. Misto de hatch parrudo com jeito de SUV, o modelo faz parte da ofensiva eletrificada prometida pela empresa para a marca sul-coreana no início do ano passado.

O crossover médio chega da Coreia do Sul com o mesmo conjunto mecânico-elétrico do Ioniq, mas leva vantagem na média de consumo urbano. Entre os itens de série do Kona, destaque para os seis airbags, câmera de ré e head-up display na parte de segurança.

No conforto, ar automático, bancos dianteiros elétricos, com aquecimento e ventilação, chave presencial e carregador de celular por indução. O modelo ainda chega com central multimídia tem tela de 10,2”, conexão com Android Auto e Apple CarPlay e GPS nativo, além de painel de instrumentos digital.

3. Toyota Corolla

toyota corolla 2024 portal
Fotomontagem: AutoPapo | Ernani Abrahão
  • Preço: R$ 187.790
  • Versão: Altis
  • Tipo: híbrido elétrico regular
  • Motor a combustão: 1.8 flex de 101/98 cv
  • Motor elétrico: 72 cv
  • Potência combinada: 122 cv
  • Consumo gasolina: 17,9 km/l (cidade) e 15,4 km/l (estrada)
  • Consumo etanol: 11,8 km/l (cidade) e 10,5 km/l (estrada)

O primeiro híbrido flex do mundo foi lançado em 2019 juntamente com a 12ª geração do Corolla no Brasil. Acaba de perder a segunda colocação entre os carros híbridos mais baratos do país com a redução de preços do Ioniq, mas ainda é o eletrificado bicombustível mais em conta.

O sedã médio ficou R$ 4 mil mais caro de julho de 2023 para cá. O Corolla híbrido combina o motor 1.8 16V capaz de beber gasolina ou etanol com outro elétrico. O que lhe confere também um dos melhores consumos do país pelos padrões do Inmetro para o PBEV.

O conjunto eletrificado equipa as versões mais caras do Corolla por aqui. Desde a Altis, o modelo tem o Toyota Safety Sense, o pacote de auxílio ao motorista, com controle de cruzeiro adaptativo, frenagem automática, assistente de pré-colisão, farol alto automático e sistema de alerta de mudança de faixa com controle de direção.

Completam a lista de itens de segurança sete airbags, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, câmera de ré, retrovisor eletrocrômico e controles de estabilidade, tração e subidas. No mais, couro, rodas de liga leve 17″, chave presencial, ar-condicionado automático e multimídia com conexão Android Auto e Apple CarPlay.

4. Kia Niro

kia niro estrada frente bx
  • Preço: R$ 199.990
  • Versão: EX
  • Tipo: híbrido elétrico regular
  • Motor a combustão: 1.6 16V a gasolina de 105 cv
  • Motor elétrico: 44 cv
  • Potência combinada: 141 cv
  • Consumo gasolina: 19,8 km/l (cidade) e 17,7 km/l (estrada)

A Kia Motors do Brasil manteve, no início de 2024, a promoção em cima do Niro, o que o faz ganhar uma posição entre os carros híbridos mais baratos do Brasil em 2024. Os modelos 2023/24 ainda em estoque são negociados a R$ 199.990, R$ 8 mil a menos que o preço oficial de 2023.

Um dos novatos desta lista, o Niro chegou em novembro de 2023. O modelo se destaca por ser um SUV médio com design futurista e feito sobre a nova plataforma K3 do grupo coreano Hyundai-Kia.

O conjunto reúne o motor Kappa aspirado com injeção direta e o propulsor elétrico que resulta em um dos automóveis mais econômicos do país. Além disso, o Niro oferece uma lista de equipamentos recheada, mesmo nesta versão de entrada.

Destaque para os equipamentos de auxílio ao motorista, como piloto automático adaptativo, frenagem autônoma de emergência, assistente ativo de permanência na faixa, farol alto automático, entre outros. Ar automático bizona, retrovisores com aquecimento e rebatíveis eletricamente e painel de instrumentos integrado à central multimídia em duas telas de 10” também merecem destaque.

5. Toyota Corolla Cross

corolla cross xrx ffv
Foto: Toyota | Divulgação
  • Preço: R$ 202.690
  • Versão: XRV
  • Tipo: híbrido elétrico regular
  • Motor a combustão: 1.8 flex de 101/98 cv
  • Motor elétrico: 72 cv
  • Potência combinada: 122 cv
  • Consumo gasolina: 17,8 km/l (cidade) e 14,7 km/l (estrada)
  • Consumo etanol: 11,8 km/l (cidade) e 9,7 km/l (estrada)

O SUV médio faz muita gente torcer o nariz – muitos criticam o modelo dizendo que não é Corolla, nem Cross. Fato é que vende bem e usa o mesmo conjunto híbrido do sedã – só que é mais caro que o irmão de plataforma.

Mesmo assim, manteve os preços do ano passado, apesar de ter perdido a quarta posição de carro híbrido mais barato do país devido à promoção em cima do Kia Niro.

A despeito de ter menos espaço na cabine e acabamento inferior que o sedã, o Corolla Cross XRV traz os mesmos equipamentos do Corolla terceiro colocado do ranking dos carros híbridos mais baratos de 2024. Inclusive, traz o pacote de itens de assistência à condução.

6. Haval H6

haval h6 cinza frente por do sol
  • Preço: R$ 214.000
  • Versão: HEV
  • Tipo: híbrido elétrico regular
  • Motor a combustão: 1.5 16V turbo a gasolina de 171 cv
  • Motor elétrico: 136 cv
  • Potência combinada: 243 cv
  • Consumo gasolina: 13,8 km/l (cidade) e 12,0 km/l (estrada)

A GWM iniciou os trabalhos por aqui com a linha de SUVs Haval, totalmente eletrificada. A configuração de entrada é a que figura entre os carros híbridos mais baratos do Brasil em 2024, com um conjunto convencional, já que as demais versões usam sistema plug-in – e passam dos R$ 260 mil.

O modelo vem com um robusto pacote de itens de auxílio à condução. Controle de cruzeiro adaptativo, frenagem autônoma de emergência com detecção de veículos à frente e tráfego cruzado dianteiro e traseiro, assistente ativo de manutenção e centralização de faixa e alerta de ponto cego são alguns dos equipamentos.

Ainda vem com câmera 360, seis airbags, central multimídia com tela de 12,3” e GPS nativo, wi-fi 4G a bordo, head-up display, reconhecimento de placas de velocidade, retrovisor eletrocrômico, faróis de neblina com função de conversão estática e ar automático bizona.

7. BYD Song Plus

byd song plus azul frente parado
  • Preço: R$ 229.800
  • Versão: DM-i
  • Tipo: híbrido plug-in
  • Motor a combustão: 1.5 16V a gasolina de 110 cv
  • Motor elétrico: 179 cv
  • Potência combinada: 235 cv
  • Consumo gasolina: 22,2 km/l (cidade) e 19,6 km/l (estrada)

Mais um que baixou de preço para valer nos últimos meses e avançou muitas casinhas no ranking – três posições de julho de 2023 para cá. Além disso, o primeiro híbrido da marca chinesa no país se revela como um dos carros mais baratos, como mais eficientes. Graças ao sistema eletrificado, que permite três modos de condução.

Tem o EV, em que o motor elétrico traciona as rodas, o híbrido paralelo – para acelerações mais fortes e retomadas – e o híbrido “normal”, para velocidades de cruzeiro ou moderadas. Desta forma, a autonomia prometida no modo “Eco” passa dos 1.000 km – dados da BYD. Já o motor elétrico oferece até 51 km de alcance.

O Song Plus chama a atenção pelo custo benefício. É um híbrido plug-in com pacote de condução semi-autônoma (ACC, frenagem autônoma, câmera 360, sensor de ponto cego, assistente de faixa e reconhecimento de sinais de trânsito), seis airbags, quadro de instrumentos eletrônico em tela de 12,3” e tela multimídia rotativa em display de 12,8”.

8. Ford Maverick

ford maverick hybrid 5
  • Preço: R$ 234.890
  • Versão: Lariat Hybrid
  • Tipo: híbrido elétrico regular
  • Motor a combustão: 2.5 16V a gasolina de 165 cv
  • Motor elétrico: 128 cv
  • Potência combinada: 194 cv
  • Consumo gasolina: 15,7 km/l (cidade) e 13,6 km/l (estrada)

A nova versão chegou para ser a primeira picape híbrida do mercado e figurar entre os carros híbridos mais baratos do Brasil. Ainda teve redução de R$ 10 mil no preço depois do lançamento e custa quase o mesmo que a opção a combustão – com consumo até melhor que o de muito SUV presente nesta relação.

No recheio de segurança, tem alerta de colisão com frenagem automática de emergência, seis airbags, sensor de ponto cego, detector de fadiga, câmera de ré e assistente de farol alto, mas deve um piloto automático adaptativo. Ar automático bizona, grade dianteira ativa, bancos de couro, acionamento remoto do motor, chave presencial estão entre os itens de série.

9. Caoa Chery Tiggo 8 Pro

caoa chery tiggo 8 pro hybrid 2023 11
Tiggo 8 é a opção de carro híbrido com capacidade para sete ocupantes (Foto: Caoa Chery | Divulgação)
  • Preço: R$ 239.990
  • Tipo: híbrido plug-in
  • Motor a combustão: 1.5 16V a gasolina turbo de 147 cv
  • Motores elétricos: 170 cv
  • Potência combinada: 317 cv
  • Consumo gasolina: 30,3 km/l (cidade) e 26,9 km/l (estrada)

A marca sino-brasileira se mexeu com a chegada dos modelos da BYD e da GWM, e também com o Civic Hybrid. Ainda em 2023, o Caoa Chery Tiggo 8 teve seu preço reduzido em R$ 40 mil para melhorar sua posição na lista de carros híbridos mais baratos do Brasil. Mesmo assim, foi “superado” por Song e Maverick.

O SUV de 7 lugares esbanja imponência, tecnologia e eficiência. Com dois motores elétricos, propulsor turbo a combustão, câmbio automático com 11 marchas, o modelo é um dos híbridos mais econômicos, com médias acima dos 30 km/l, segundo os padrões do Inmetro.

O Tiggo 8 Pro Hybrid ainda promete autonomia de 77 km apenas em modo 100% EV. Isso porque os motores elétricos se alternam: podem tracionar juntos as rodas ou de forma isolada, com o outro funcionando como gerador.

Na parte de equipamentos, o SUV híbrido tem tudo a que tem direito. Além dos itens de auxílio à condução já listados aqui em outros modelos, recebe bancos dianteiros com ajustes elétricos e ventilação, teto solar, seis airbags, retrovisores rebatíveis eletricamente e com aquecimento, painel de instrumentos eletrônico, entre outros.

10. Honda Civic

civic hibrido movimento 12
Civic é modelo favorito do Bard (Foto: Honda | Divulgação)
  • Preço: R$ 265.900
  • Versão: EX
  • Tipo: híbrido elétrico regular
  • Motor a combustão: 2.0 16V a gasolina de 143 cv
  • Motor elétrico: 184 cv
  • Potência combinada: não informado
  • Consumo gasolina: 18,3 km/l (cidade) e 15,9 km/l (estrada)

A 11ª geração do Civic surgiu no Brasil importada, eletrificada e com preço salgado. E ficou mais cara nos últimos meses, mas ainda se segura entre os carros híbridos mais baratos do país em 2024 com um sistema bastante moderno e diferente. Chamado e:HEV, une um motor a combustão com injeção direta a dois elétricos que têm funções distintas.

Desta forma, o novo Civic pode rodar de três formas. Como um EV, como um híbrido no qual o segundo propulsor elétrico alimenta as baterias para que o motor elétrico tracione as rodas ou como um puramente a combustão.

O sedã médio também traz um belo pacote de equipamentos em sua configuração única importada da Tailândia. Tem o Honda Sensing, com controle de cruzeiro adaptativo, frenagem automática de emergência, assistente de permanência em faixa, farol alto automático e o detector de ponto cego com imagens na central multimídia.

Oito airbags, quadro de instrumentos eletrônico, bancos dianteiros com regulagens elétricas, multimídia com tela de 9”, carregador de celular por indução, chave presencial com partida remota do motor, ar automático bizona e teto-solar completam a lista.

Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify YouTube PodCasts YouTube PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
8 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Tobias 19 de maio de 2024

Toda vantagem na economia de combustível vai embora quando der manutenção. São 2 sistemas, então…

Avatar
maria josé 21 de abril de 2024

barato para quem?

Avatar
Luiz 2 de abril de 2024

Ficou faltando aí na lista o Caoa Arrizo 6 Pro que tbm é híbrido e custa R$139.990 sendo o “mais em conta” destes.

Avatar
ERIC 5 de abril de 2024

SO NAO ENTENDI POR QUE UM SITE TAO RENOMADO “ESQUECEU” OU NAO MENCIONOU O CHERY Arrizo 6 Pro que custa R$ 139.990,00 SEDÃ MEDIO QUE NA MINHA OPNIAO TEM UM EXPETACULAR CUSTO BENEFICIO EM COMPARAÇÃO AS OPÇÕES DE HIBRIDO NO NOSSO MERCADO BRASILEIRO.

Avatar
Denis 28 de fevereiro de 2024

De vdd, abri a matéria super interessado no conteúdo mas nenhum desses carros podemos considerar BARATOS né

Avatar
San 27 de fevereiro de 2024

Haha nesses preços esquece não sei aonde pessoal acha q híbridos é o futuro do Brasil vamos cair direto no elétrico.

Avatar
Gustavo 16 de fevereiro de 2024

Os preços ainda estão muito elevados se comparados com os veículos tradicionais a combustão pura. Mas são sem sombra de dúvidas as melhores alternativas do mercado. Talvez os preços fiquem melhores quando as demais montadoras começarem a produzir os seus veículos hibridos, caso do novo Yaris híbrido que está chegando e dos chevrolet que queriam partir direto para somente elétricos e estão vendo que não é o futuro eletrificar 100% sua frota.

Avatar
Lafayette 16 de fevereiro de 2024

de barato não tem nada!!!

Avatar
Deixe um comentário