Etanol estraga o motor flex? O que é mito e o que é verdade

Nos últimos meses esse combustível se tornou vantajoso, porém ao mesmo tempo vieram os boatos sobre ser prejudicial ao carro

primeiro carro a alcool fiat 147 4
Esse combustível vegetal está sendo vendido no Brasil desde os anos 70 (Foto: Fiat | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
Publicado em 12/03/2024 às 08h02
Atualizado em 12/03/2024 às 10h52

Na região sudeste do Brasil, o etanol se tornou mais vantajoso que a gasolina devido a grande disparidade de preço entre os combustíveis. Com isso, vem a preocupação de alguns motoristas sobre os riscos que isso pode trazer ao motor.

O fato de terem influenciadores realizando um terror contra o etanol contribui para isso. Porém não existem muitos mistérios sobre o assunto em carros flex, afinal, eles foram projetados para rodar com ambos combustíveis em qualquer proporção.

VEJA TAMBÉM:

No uso cotidiano, a principal diferença que o motorista irá sentir ao abastecer com etanol é um aumento no consumo. O lado positivo é que existe um ganho no desempenho, que pode ser grande ou pequeno a depender do motor.

Propulsores mais modernos costumam ter taxa de compressão mais elevada, o que ajuda no funcionamento com etanol. Isso reduz a diferença de consumo entre os combustíveis e dá mais desempenho.

Abastecer com etanol estraga o motor do carro?

bico injetor em funcionamento shutterstock
A longo prazo pode gerar uma goma nos bicos injetores, mas isso pode ser evitado (Foto: Shutterstock)

Usar o etanol em si não deverá ser fonte de problemas. O motor flex foi projetado para usar gasolina ou álcool em qualquer proporção, já trazendo proteção nas partes internas para evitar a corrosão devido a água adicionada ao combustível vegetal.

A queima do etanol é mais limpa que a da gasolina, ela não gera depósitos de carvão, por exemplo.

Porém o uso constante do etanol pode exigir cuidados na manutenção periódica. Um deles é a formação de uma “goma” na ponta dos bicos injetores, que em casos extremos podem entupir.

manual toyota corolla 2012 recomendacoes sobre abastecimento com etanol
A Toyota recomenda alternar entre os combustíveis

A Toyota recomenda o uso de um tanque de gasolina a cada 10 mil km consecutivos rodando com o etanol. Segundo o manual do Corolla, essa precaução é para a limpeza do sistema de alimentação do motor.

Uma forma mais garantida de ter a limpeza nas partes internas do motor é adicionar um aditivo detergente dispersante no tanque.

Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
6 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Thiago 14 de março de 2024

Tenho um carro carburado a gasolina, e desde a última mistura que fizeram eu tive que ajustar o carburador, agora com essa porcentagem de etanol vou ter que fazer novos ajustes, ou seja, prejuízo certo!

Avatar
José de Moura Almondes 13 de março de 2024

Danifica a tampa da bóia de combustível. Passei um longo período abastecendo só com gasolina; porém no dia que abasteci com etanol surgiu um vasamento na tampa de combustível. Digo isto, porque não foi só uma vez que aconteceu! Em automóveis de marcas diferentes.

Avatar
Polvo 12 de março de 2024

Pra mim, o melhor equilíbrio entre consumo x desempenho é usando meio a meio. Já usei etanol direto por muito tempo e, o que eu percebia era um desgaste maior das velas e cabos, além de funcionamento irregular na fase fria, vulgo funcionando “quadrado”. Quando passei a usar gasolina a cada 2 tanques ou usar meio a meio, o funcionamento do motor ficou bem melhor e acabaram essas falhas com motor frio. O sistema de ignição também passou a durar bem mais.

Avatar
Marcelo Vieira Miranda 12 de março de 2024

Etanol não estraga os bicos injetores, o que os prejudica é combustível adulterado.

Avatar
Oliveira 13 de março de 2024

Concordo com vc,e pra manter o sistema de injeção direta quanto indireta sempre em perfeito estado de funcionamento usar aditivo proal,mas apenas com álcool no tanque,não pode misturar com gasolina esse aditivo segundo recomendação do fabricante.

Avatar
Andre Rocha 12 de março de 2024

“Uma forma mais garantida de ter a limpeza nas partes internas do motor é adicionar um aditivo detergente dispersante no tanque.”

É o que tenho feito e não tem me apresentado problemas até o momento. Já estou no meu segundo veículo flex e só coloco gasolina quando vou viajar.

Avatar
Deixe um comentário