Entenda a garantia das fabricantes mais vendidas no Brasil

Existe diferença entre a garantia legal e a contratual; saiba como elas funcionam e o que está incluído na cobertura do seu carro

Por Laurie Andrade 23/10/18 às 10h45
shutterstock 641471683

A garantia é um dos assuntos que gera dúvidas no motorista. Aparentemente, cada marca determina um tempo e, basta ler o contrato, para ver que de total ela não tem quase nada. Explicamos como funciona a cobertura legal, a contratual e o que está incluído na garantia das fabricantes mais vendidas no Brasil.

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) determina que a garantia legal para bens duráveis e serviços, como automóveis e manutenção, seja de 90 dias. O que significa que nos primeiros três meses, os automóveis – e todos as suas peças – estão cobertos por lei.

Com o aumento da concorrência, a garantia das fabricantes tem sido estendida para além desse período legal. É aí que entra a garantia contratual, que normalmente é adotada por um período de um a cinco anos.

Na garantia contratual, as condições são definidas por acordo entre a fabricante e o consumidor. De acordo com o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB-MG, Bruno Burgarelli, na garantia contratual, as empresas podem impor condições.

Como cada fabricante tem uma própria política de garantia, o ideal é que o consumidor confira quais são os itens assegurados durante os anos de garantia contratual e se há algum comportamento que faça com que ele perca o direito à cobertura.

Os carros zero-quilômetro têm, normalmente, cobertura de itens mecânicos, suspensão e acessórios originais. Peças que se desgastam naturalmente, como pastilhas de freio, pneus, estofamentos, borrachas, amortecedores e itens de suspensão, bem como itens que devem ser substituídos regularmente, como filtros, correias e fluidos, estão excluídos dessa garantia.

A garantia das fabricantes consultadas só é direito do consumidor se ele fizer todas as revisões nas concessionárias autorizadas pela marca.

Listamos o que cobre a garantia das fabricantes mais vendidas no Brasil e explicamos como funcionam as garantias legal e contratual.
Foto Shutterstock | Reprodução

Vale lembrar: esse tipo de contrato também precisa cumprir regras. Todos os reparos feitos dentro do prazo de garantia, por exemplo, devem ser gratuitos e utilizar peças originais ou homologadas pela marca. A garantia sempre começa contar a partir da entrega do produto ou serviço.

De acordo com a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), as 10 marcas que mais emplacaram no Brasil no último mês são Chevrolet, Ford, Hyundai, Volkswagen, Fiat, Renault, Jeep, Toyota, Nissan e Honda.

Abaixo, os detalhes da garantia das fabricantes

Garantia Chevrolet

  • Prazo de cobertura da garantia contratual: 3 anos
  • Assistência 24h: 12 meses
  • Bateria: 12 meses
  • Lâmpadas|Palhetas do limpador dos vidros: 6 meses
  • Amortecedores | Buchas da suspensão| Pneus: 12 meses
  • Protetor de para-choque| capota marítima: 12 meses (S10)
  • Correias | Velas de ignição: 6 meses ou até a manutenção preventiva
  • Pastilhas de freio|Lonas de freio|Discos de freio | Sistema de embreagem |Rolamentos de roda: 6 meses

Garantia Ford

  • Prazo de cobertura da garantia contratual: 3 anos, sem limite de quilometragem
  • Assistência complementar: 3 anos (para veículos ano|modelo 2019, 1 ano)
  • Bateria: 2 anos (1º ano coberto pela Moura e 2º ano pela Ford)
  • Amortecedor: 2 anos
  • Manutenção preventiva: 12 meses ou 10 mil km

Garantia Hyundai

  • Garantia particular: 60 meses sem limite de quilometragem
  • Vidros: 90 dias
  • Bateria: 12 meses ou 20 mil km, o que ocorrer primeiro
  • Rádio: 36 meses, sem limite de quilometragem
  • Corrosão Perfurativa|Pintura: 60 meses, sem limite de quilometragem
  • Acessório genuíno e peça de reposição instalada nas concessionárias: 12 meses ou 20 mil Km, o que ocorrer primeiro

Garantia Volkswagen

Garantia total de 3 anos para os todos os modelos nacionais e importados vendidos a partir janeiro de 2014 e modelos da linha Saveiro a partir de janeiro de 2015.

  • Motor: 3 anos para cabeçotes, bloco do motor e cárter.
  • Peças de reposição: 1 ano sem limite de quilometragem, quando adquiridas e instaladas nos concessionários Volkswagen.
  • Transmissão: 3 anos para carcaça e diferencial. Na transmissão automática: componentes supra, embreagens de todas as velocidades, caixa de válvulas, conversor de torque e bomba do fluido hidráulico.

Garantia Fiat

  • Componentes do motor e do câmbio: 36 meses
  • Defeitos de montagem ou de fabricação: 36 meses
  • Assistência 24: 3 anos (exceto para utilização de veículo reserva, que só é concedido no primeiro ano)
Listamos o que cobre a garantia das fabricantes mais vendidas no Brasil e explicamos como funcionam as garantias legal e contratual.

Garantia Renault

  • Defeito original de material ou de montagem: 36 meses ou 100 mil km
  • Garantia anticorrosão: 72 meses

Garantia Jeep

  • Reparação ou substituição de peças defeituosas: 24 meses
  • Pintura: 36 meses
  • Corrosão de dentro para fora: 8 anos

Garantia Toyota

  • Prazo de cobertura da garantia contratual: 3 anos

Garantia Nissan

  • Prazo de cobertura da garantia contratual: 3 anos (March, Versa, Kicks, Sentra, Frontier, Tiida, Livina, Grand Livina e Livina X-Gear)
  • Assistência mecânica 24h: 2 anos

Garantia Honda

  • Peças: 3 anos
  • Montagem: 3 anos
  • Demais defeitos de fabricação: 3 anos
7 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Romualdo Barcelos Barbosa 15 de abril de 2021

O que acontece, comprei um Chevrolet Onix Plus 10MT LT1 em nome de meu irmão, inicialmente percebi quando ligava de manhã um barulho forte nada característico de um motor zero km, foi minha primeira visita a concessionaria onde deixei o carro para pegar no dia posterior, segundo o técnico informou que era normal, não fiquei convencido, pois era um barulho muito estanho, mas ok, quando estava mais ou menos com 5 mil km barulho de pré-ignição a cada troca de marcha, foi minha segunda visita a assistência técnica, antes de levar o motor frio eu fui ver o nível do óleo estava abaixo do mínimo não se percebia a presença de óleo através da vareta, agendei e levei novamente a concessionaria, pernoitou e no dia seguinte me ligaram informando que estava com menos de dois litros de óleo no cárter, ora vejam, rodei 5 mil km com mínimo de óleo no motor. O técnico informou que fez a checagem e que talvez a fabrica tenha mandado o carro sem óleo. Terceira visita: o ar condicionado não gelava quando o carro parado e logo um aviso Código 04, ao chegar encostei no box e deixei o carro ligado para que o técnico constatasse que o ar não gelava, quando percebi o motor estava fervendo o liquido do arrefecimento escorria pelo chão da oficina, Ou seja o motor ferveu, depois de esperar por por horas constatou-se um fusível queimado o do moto ventilados, ok foi trocado o fusível e fui embora. No outro dia sai como costume para trabalhar e o motor voltou a ferver, segunda vez o motor ferveu, levei novamente e pediram que eu deixasse o carro para fazerem uma verificarão mais apurada, suponham que poderia ser o motor do ventilado que estava alterado e fazia que queimasse o fusível, mas para que eu não precisasse deixar o carro ele iriam tirar o moto ventilado de um outro carro para colocar, pois não tinha peça de reposição no estoque. Resumindo o motor funcionou por mais de 5mil km quase sem óleo e ferveu por duas vezes, como confiar agora em diante? Meu pedido é por substituição, pois não me sinto segura para andar com o carro.
Ja fiz outras reclamações aqui mas eles alegam que o e-mail não é o que esta cadastrado no banco de dados da GM,. pois irei deixar registrado aqui o numero do chassi placa do veiculo: 9BGEB69AOMG148557 PLACAS: JAJ9H03. Quero ver alegar agoira que o reclamante “e-mail” não consta nos registros da GM.

Avatar
Maria do Socorro 24 de março de 2021

o carro na garantia deu problema pode ser levado direto para a concessionária autorizada?

Avatar
Alex 19 de março de 2021

E a garantia contratual da Hyundai, por que não está mencionada no artigo?

Avatar
THIAGO Mariano 11 de novembro de 2020

Meu versa esta na revisão de 30 mil km com Diversos problemas de baixa urgência.
Hoje fui informado que os 2 amortecedores dianteiro foram trocados dentro da garantia.
Fiquei satisfeito com a agilidade e seriedade qur fui atendido.

Avatar
Almir Goncalves 15 de outubro de 2019

Fiquei surpreso com a troca gratuita de uma peça de R$900,00, realizada durante uma revisão. Mesmo acompanhando a manutenção, jamais saberia da necessidade da substituição da peça.Leauto, usina, Rio de Janeiro.

Avatar
Luiz Marcos de Oliveira 22 de janeiro de 2019

Fiz duas revisões e não consegui fazer as outras pela concessionária perco a garantia de motor e câmbio que é de três anos.

Avatar
Samarone 23 de outubro de 2018

Já precisei de garantia da VW e da Fiat, ambas me decepcionaram, sempre vem com alguma desculpa de que o problema foi causado por x ou y motivo, fazem de tudo para não conceder a garantia, a alguns anos uso Renault alem de ser um bom carro quando aparece algum problema o maior empecilho que tive foi assinar a papelada pra mandar pra fabrica confirmando que fui atendido.

Avatar
Deixe um comentário