Honda faz recall de Fit e City por problemas nos airbags

Chamado é referente ao insuflador do componente mortal da Takata que, ao invés de salvar, pode matar

Por AutoPapo 16/01/18 às 11h48
ilustra takata

A Honda convoca para recall proprietários de Fit, produzidos entre 16 de março de 2012 e 27 de março de 2013, e City, fabricados de 12 de abril de 2012 a 1º de julho de 2013. Motivo: falha no deflagrador em caso de colisão. O chamado faz parte do maior chamado da indústria automobilística, referente aos airbags mortais da Takata.

O deflagrador defeituoso pode explodir numa colisão primordialmente frontal, rompendo a bolsa e lançar estilhaços de metal na direção dos ocupantes. As lesões que resultam são graves e já mataram ao menos 21 pessoas.

De acordo com a Honda, a campanha envolve 86.516 veículos. O início do atendimento será no próximo dia 22.

A substituição do item é gratuita e deverá ser realizada em qualquer concessionária autorizada da marca a partir do dia 22 de janeiro. Para maiores informações acerca do reparo, o proprietário pode acessar o site da fabricante.

O agendamento do serviço pode ser feito online ou, caso o consumidor preferir, pelo telefone 0800 701 3432 (de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e sábado das 9h às 14h). O endereço das concessionárias Honda pode ser checado no link.

Confira abaixo as unidades envolvidas no recall:

Modelos Honda envolvidos em mais um recall por conta de airbags Takata

No Brasil

No Brasil, o primeiro recall relacionado ao problema também foi da Honda e ocorreu em 2010, antes que a Takata ficasse conhecida pelo maior recall da história. Os primeiros modelos convocados foram os mesmos que em 2008 nos Estados Unidos: Hondas Civic e Accord 2001 e 2002. Nos anos seguintes, a montadora aumentaria o número de veículos chamados.

Segundo o gerente de engenharia de produtos da planta da Takata em Jundiaí, Oliver Schulze, a empresa supre “praticamente todas” as montadoras brasileiras. Ainda de acordo com ele, 90% da produção da unidade tem como destino o mercado nacional.

Para montar os airbags, a instalação recebe deflagradores da Takata de outros países como Estados Unidos, México, Alemanha e China. O engenheiro também confirma que a fábrica de Monclova, responsável pelo lote que causou mais mortes, está entre as fornecedoras.

SOBRE
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
José Marques Neto 18 de junho de 2018

Tenho um Honda city lx automático ano 2011/ 2012 não fiz o recall. O que devo fazer para agendar mesmo sendo do modelo 2012?

AutoPapo
AutoPapo 18 de junho de 2018

Olá, José. Entre em contato com o fabricante pelos meios informados na matéria.
Obrigado

Avatar
Deixe um comentário