Jeep Commander: preços, equipamentos, motores, consumo e fotos

Desenvolvido no Brasil, SUV de 7 lugares tem duas opções de motorização e acabamento; preços vão de R$ 199.990 a R$ 279.990

jeep commander overland td380 9
Modelo apresenta as característica clássicas da marca como a grade e o arco do para-lama (Foto: Jeep | Divulgação)
Por AutoPapo
26 de agosto de 2021 13:06

A Jeep lançou o Commander, seu SUV de 7 lugares. O modelo chega em duas versões de acabamento – Limited e Overland – , de motorização – turboflex e turbodiesel – e de tração (4×2 e 4×4).

Versões e preços do Jeep Commander

  • Jeep Commander Limited turboflex: R$ 199.990
  • Jeep Commander Overland turboflex: R$ 219.990
  • Jeep Commander Limited turbodiesel 4×4: R$ 259.990
  • Jeep Commander Overland turbodiesel 4×4: R$ 279.990

O novo SUV de 7 lugares da Jeep estará nas concessionárias do Brasil a partir do dia 7 de outubro, mas já está em pré-venda. O Commander foi totalmente desenvolvido pela Stellantis – controladora da marca Jeep – aqui no Brasil. Ele é fabricando em Goiana (PE) e ficará posicionado acima do Jeep Compass.

VEJA TAMBÉM:

Espaço interno

O Jeep Commander tem 7 lugares em três fileiras de assentos – a segunda e terceira fileiras de assentos são reclináveis. Com isso o volume do porta-malas também é variável: 1.760 litros com todos os bancos rebaixados, 661 litros na configuração com cinco ocupantes e 233 litros com os sete assentos levantados, o maior volume com sete ocupantes no segmento. Além disso, o modelo também conta 31 litros de volume de espaço de porta-objetos.

O Commander permite o rebatimento dos assentos de oito formas diferentes. A segunda fila tem um deslocamento longitudinal de até 14cm, permitindo escolher entre um maior espaço de pernas também para os passageiros da fila do meio ou optar por aumentar ainda mais o porta-malas.

Para facilitar o acesso aos bancos traseiros, as portas que dão acesso a eles têm ângulo de abertura de 80°.

Dimensões do Jeep Commander

O novo SUV de 7 lugares da Jeep tem 4.76 m de comprimento, 1,85 m de largura, 1,7 m de altura e distância entre eixos de 2,79 m. O vão livre em relação ao chão varia: nas versões com motor diesel, ela é de 21,4 cm. Nas configurações flex, ela é de 20,9 cm.

Equipamentos do Jeep Commander

O Jeep Commander vem com cluster Full Digital personalizável de 10,25” e central multimídia com tela touch de 10,1” Full HD com navegação embarcada e espelhamento para Apple Carplay e Android Auto por conexão sem fio.

Conta também com carregamento de smartphones sem a necessidade de cabo. Basta apoiar o aparelho na parte indicada do console central. O procedimento ocorre por indução (é necessário que o aparelho celular seja compatível com a tecnologia). No entanto, caso outros passageiros queiram realizar o carregamento com fio, existem portas USB nas três fileiras de assentos.

Traz também acesso ao porta-malas com abertura e fechamentos elétricos na Limited e Overland, sendo que na última ainda há sensor de presença (Hands-Free). Ainda há pára-brisas e vidros laterais térmicos, rebatimento automático dos retrovisores, Keyless Enter ‘N Go e ar-condicionado Dual Zone com canal dedicado aos assentos traseiros.

O banco do motorista com ajuste elétrico em todas as versões, banco dianteiro do passageiro com ajuste elétrico na Overland e o teto solar panorâmico.

O Commander traz o sistema de som da marca premium Harman Kardon com 9 alto-falantes, subwoofer e 450 Watts de potência. Ele conta ainda com a exclusiva tecnologia Fresh Air, que utiliza dutos da cabine como “caixa acústica”. Isso elimina a necessidade de caixas tradicionais, reduzindo o peso do sistema em 40% e o volume em 70%, além de garantir uma pressão de som mais alta e uma faixa de graves mais profunda.

Alexa embarcada

O Jeep Commander traz a Adventure Intelligence, plataforma de conectividade exclusiva da Jeep, em todas as versões. Segundo a marca, a plataforma entrega conveniência, assistência e entretenimento com mapas inteligentes, chamadas de emergência e wifi hotspot, que conecta até oito aparelhos no wifi nativo do Jeep Commander.

Na versão Overland, ela ainda agrega a função Alexa in vehicle. Basta estar conectado e sincronizado com sua conta e é possível utilizar todas as funções da Alexa de dentro do carro.

Além de todos os comandos já conhecidos, como fechar os vidros, ligar os faróis ou o motor, o Jeep Commander tem acesso a todos os comandos da assistente, inclusive externos ao veículo. Por exemplo, é possível pedir ao Commander para abrir o portão da garagem, ver a condição do tempo, procurar um restaurante ou uma farmácia, ou até mesmo acrescentar um item a uma lista de compras.

Segurança

O Jeep Commander vem equipado com controle de cruzeiro adaptativo, alerta de colisão com frenagem automática, detecção de ponto cego e de tráfego cruzado, alerta de mudança de faixa, frenagem de emergência para pedestres, ciclistas ou motociclistas, detector de fadiga do motorista, reconhecimento de placas de velocidade, comutação automática de faróis e park assist.

O modelo oferece sete airbags de série em todas as versões: dois frontais, dois laterais, dois de cortina e um para o joelho do motorista.

Jeep Commander Limited

A versão Limited vem com rodas de liga leve de 18”, conjunto óptico Full Led e bancos em couro e suede preto e acabamento interno preto. Traz muita tecnologia com cluster Full Digital de 10,25”, central multimídia de 10,1” com plataforma Adventure Intelligence e espelhamento sem fio, carregador de celular por indução, Keyless Enter ‘N Go, bancos dianteiros com ajustes elétricos e abertura elétrica do porta-malas. Além disso, conta com sete airbags e todos os sistemas de direção autônoma (ADAS) citados anteriormente.

Além de tudo isso, a versão T270 turbo flex 4×2 vem com o Jeep Traction Control+. Já a configuração com motor diesel também conta com modo 4×4 Low, seletor de terrenos com três modos (Sand/Mud, Snow e Auto) e Hill Descent Control.

Jeep Commander Overland

A Overland traz rodas em liga leve de 19” e bancos em couro e suede marrom. Para completar, além dos conteúdos oferecidos na versão Limited T270, a versão topo de gama do Commander vem também com teto solar panorâmico, sistema de som premium Harman Kardon, banco de passageiro elétrico, porta-malas com sensor de presença e tomadas de 127v. Ela ainda traz Adventure Intelligence Plus com Alexa in Vehicle. Já a configuração TD380, além de tudo que há na Limited Turbo Diesel, traz molduras inferiores na mesma cor do veículo e Jeep Off-Road Pages.

Motores do Jeep Commander: diesel com mais torque

O SUV de 7 lugares da Jeep tem duas opções de motor: o T270 (1.3 turboflex) e o TD 380 (2.0 turbodiesel). As versões turboflex do Commander possuem sistema de tração 4×2 e câmbio automático de 6 velocidades.

O Jeep Commander possui também o Traction Control +, sistema de controle de tração que atua em condições em que o veículo tenha piso de baixa aderência com o solo em uma das rodas.

Ele está disponível para todas as versões 4×2. O sistema aplica torque de frenagem na roda que está escorregando e transfere o torque para outra roda que esteja em contato com o piso. Para habilitar a função, basta que o motorista pressione a tecla ASR OFF.

Motor T270

O motor T270 do Jeep Commander tem quatro cilindros em linha, 1.332 cm³, turboalimentado e entrega 180 cv com gasolina e 185 cv com etanol. O torque é de 27,5 kgfm (270 Nm) a 1.750 rpm. Com esse motor, o SUV de 7 lugares da Jeep atinge a velocidade máxima de 202 km/h e atinge a velocidade máxima de 202 km/h (abastecido com etanol).

Commander TD380 4×4 AT9

O Jeep Commander também oferece como opção o motor turbodiesel TD380, de quatro cilindros. Com 2.0 litros e quatro cilindros, o propulsor possui 170 cv de potência.

Ele recebeu um mapa de calibração específico, novo volante motor, novo conversor de torque, nova turbina e teve a curva de pedal aprimorada, permitindo um aumento de torque de 35,7 kgfm para 38,7 kgfm  (a 1.750 rpm) em relação ao que equipa os Jeep Compass e Renegade. Executivos da marca descartaram que ele seria aplicado nesses modelos em breve.

Com o motor diesel, o Commander acelera de 0 a 100 km/h em 11,6 s e atinge a velocidade máxima de 197 km/h.

Consumo do Commander

Motorizaçã0 Cidade Estrada
Jeep Commander T270 9,8 km/l (g.)/6,9 km/l (e.) 11,8 km/l (g.)/ 8,3 km/l (e.)
Jeep Commander TD380 10,3 km/l 12,9 km/l

Garantia e revisões

Com garantia de três anos, o Commander tem revisões a cada 12 mil quilômetros ou um ano para as versões turboflex 4×2 e 20 mil quilômetros ou um ano para as versões turbodiesel 4×4.

SOBRE
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Eraldo Antunes 27 de agosto de 2021

Faz tempo que venho acompanhando as notícias sobre o lançamento desse carro. Estou curioso para vê-lo ao vivo. Já estou planejando a compra de uma unidade. Tenho um SUV de 7 lugares, mas está na hora de trocá-lo. Porém, não pretendo fazer reserva “na escura”.

Avatar
Marcos 26 de agosto de 2021

Painel aveludado? Carros de gigolôs dos filmes dos anos 70/80 também eram assim.

Avatar
Deixe um comentário