Jeep Compass Trailhawk 2020: avaliação completa

Modelo mostra atributos que justificam a sua posição de líder de vendas do segmento, mas versão avaliada tem preço elevado

Por Paulo Eduardo 23/01/20 às 08h00
Especial para o AutoPapo
jeep compass trailhawk diesel 4x4 frente
Jeep Compass Trailhawk 2020 (Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo)

O Jeep Compass Trailhawk se diferencia das outras versões da linha com motor turbodiesel pela maior altura do solo e a função Rock (pedra, em inglês) no seletor rotativo no console para o fora de estrada.

Apesar de não ser apropriado para trilhas radicais pela carroceria monobloco, o Compass Trailhawk supera adversidades em caminhos ruins. Quase 23 centímetros de altura do solo e ângulo de entrada de 29 graus são bons atributos para ultrapassar obstáculos.

O lado negativo do Jeep Compass Trailhawk em relação a outras versões da linha é o porta-malas: tem capacidade de 20 litros a menos em relação às outras versões: 390 litros diante de 410 litros. Mas é fácil de arrumar as bagagens devido ao formato. Pega somente no lado direito da tampa dificulta fechamento para canhoto. Abertura e fechamento dela por comando elétrico disponível no pacote de opcionais.

VEJA TAMBÉM:

Jeep Compass Trailhawk 2020: preço salgado!

O preço do Compass Trailhawk 2020 se aproxima de R$ 200 mil se equipada com teto solar imenso (R$ 8.600), não aplicado na versão testada. Essa contém o pacote denominado High Tech (R$ 8 mil) com controle adaptativo de distância; alerta de mudança de faixa com interferência na direção; alerta de colisão frontal com frenagem de emergência; farol alto automático; abertura elétrica do porta-malas e sistema de som Beats. Preço sugerido é de R$ 181.990. E com opcionais, R$ 198.590. É muito!

Alerta de ponto cego é de série assim como outros itens de segurança – sete airbags, controles de descida, tração, estabilidade e partida em rampa. Retrovisores grandes ajudam na visibilidade. São também de série os muitos itens de conforto e conveniência, como ar-condicionado com regulagem de temperatura para motorista e passageiro, e assistente semiautônomo de estacionamento.

Jeep Compass é um dos SUVs mais desejados no país. Linhas limpas, sem rebuscamento, agradam sem o charme do Renegade. As sete barras paralelas na grade dianteira identificam modelos da marca Jeep.

Acabamento: referência na categoria

O Jeep Compass Trailhawk tem acabamento de boa qualidade com material emborrachado em várias partes no interior. Volante tem ótima pega e contém comandos de computador de bordo, áudio, fone e controle de velocidade, além das aletas para troca manual de marchas. Incomoda abaixar para acessar tanto os bancos dianteiros quanto o traseiro.

Além do volante revestido com material rugoso, que evita deslize acidental, o banco do motorista tem regulagens elétricas de altura, longitudinal e a importante lombar. O comprimento do assento está no limite do conforto no apoio às pernas. Incomoda o revestimento em couro, cuja única praticidade é facilitar limpeza, que torna compulsório usar o ar-condicionado, pois o couro não transpira.

O Jeep Compass Trailhawk tem quadro de instrumentos de leitura imediata e central multimídia na parte frontal do painel central. Porta-luvas tem iluminação. Comandos de vidros bem posicionados na porta.

Todos viajam confortavelmente sem esbarrar a cabeça no teto na frente e no traseiro, que tem saída de ar-condicionado. Navegação não é nativa, mas compatível com Android e Apple Car Play.

Motor diesel: bom desempenho

O Jeep Compass Trailhawk tem motor a diesel que dá conta de empurrar mais de 1.760 quilos de peso e desempenho é muito bom tanto em aceleração quanto na importante retomada para ultrapassar rápido com segurança. São 170 cv a 3.750 rpm e 35,7 kgfm de torque a 1.750 rpm. Barulhento em marca lenta, o ruído do motor não incomoda em movimento.

jeep compass trailhawk diesel 4x4 motor
Motor turbodiesel tem 170 cv de potência

Há redução de marcha com a diminuição da velocidade. Ocorrem pequenos trancos nas trocas de marchas do câmbio automático de nove velocidades, que é característica de funcionamento.

Suspensão independente nos dois eixos e o Compass Trailhawk tem pneus de uso misto e perfil 60, com 13,5 centímetros de altura de borracha, proporcionam bom conforto de rodagem em piso irregular. Sente-se um pouco a aspereza do rodar, mas são apropriados para rodar na terra. Inclinação da carroceria em curva mais acentuada é normal pela grande altura do solo

Direção bem calibrada em manobra e velocidade mais alta. Porém, diâmetro de giro declarado de 11,3 metros parece ser maior pelas manobras exigidas em espaço reduzido de garagem.

Farol ilumina bem no facho baixo, que tem bom alcance, mas o alto espalha muito o facho. Freios eficientes, apesar de a frente abaixar, cumprem a função. Limpadores/lavadores também funcionam corretamente. Garantia é de três anos.

Também avaliamos a versão Limited do SUV. Veja o vídeo:

Fotos: Alexandre Carneiro | AutoPapo 

1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Fernando Bontempi 12 de outubro de 2020

    Acabei de adquirir um compass trailhawk, estou muito satisfeito com o carro, boa dirigibilidade, motor forte e potente com excelente retomada, conforto interno.
    Estou realmente muito satisfeito

Avatar
Deixe um comentário