Mitsubishi L200 toma bomba no Latin NCAP. Mas é outra

Nos crash tests da entidade uruguaia Latin NCAP, picape japonesa fica com zero estrela, porém, não está explicado que este não é o modelo vendido no Brasil

mitsubishi l200 do latin ncap 2019 2
Por AutoPapo
26 de novembro de 2019 16:43

Mais uma vez, o Latin NCAP prejudica um fabricante nacional de automóveis ao dar nota zero para um modelo que não é produzido no país. Dessa vez, foi uma Mitsubishi L200 importada da Tailândia. No Brasil, ela é fabricada nacionalmente e diferente. E o Latin NCAP já havia feito isso com a Ford Ranger em 2016, dando 3 estrelas a ela, enquanto o presidente da organização reconhecia que a versão brasileira teria nota maior.

O problema é que o consumidor não vai se aprofundar nesse tipo de informação. Para ele, basta olhar a nota que o veículo ganhou nos testes de impacto. Nessa hora, o órgão não deixa claro que o modelo avaliado só é vendido em alguns países, injustiçando um carro que pode ter perfeitas condições de segurança.

mitsubishi l200 do latin ncap 2019 2

O Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe (Latin NCAP) divulgou os últimos resultados nesta terça-feira (26). A picape da marca japonesa foi classificada com 0 (zero) de 5 estrelas para a proteção de adultos, e 2 para a de crianças. Segundo relatório da organização, faltou ao modelo os airbags, o que seria proibido no Brasil, já que o equipamento de segurança é obrigatório por aqui.

No Chile, onde a L200 do Latin NCAP é a picape mais vendida, o mesmo não acontece. Além disso, o órgão avaliou que a picape apresentou “alta probabilidade de ferimentos com risco de vida em uma batida a apenas 64 km/h” durante a bateria de testes.

Outros problemas apontados são instabilidade da estrutura na área dos pés, e o sistema de fixação de cadeirinhas infantis recomendado pela Mitsubishi não com o Isofix, mas, sim, com os cintos de segurança.

mitsubishi l200 do latin ncap 2019 3

A L200 do Latin NCAP também tem uma versão com cintos de segurança pélvicos, com apenas dois pontos de ancoragem, no banco central traseiro, argumenta o órgão. Além disso, faltou à picape os sistemas eletrônicos de segurança, como o Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC).

Mitsubishi prometeu melhorar L200 do Latin NCAP

mitsubishi l200 triton 2020
L200 vendida no Brasil atualmente (Mitsubishi | Divulgação)

De acordo com o mesmo, a Mitsubishi “prometeu melhorar o equipamento básico padrão da L200” com os airbags e cintos de segurança adequados para todos os ocupantes, incluindo pretensores nos dos bancos dianteiros, que também estão ausentes no modelo que chega ao mercado até abril de 2020.

Enquanto isso, o órgão pediu a empresas do Chile, onde a L200 do Latin NCAP faz muito sucesso, que avaliem a escolha. Segundo o órgão, a picape é especialmente popular para frotistas e mineradoras da região.

O modelo da Mitsubishi é fabricado no Brasil, abastecendo o mercado nacional, e na Tailândia, de onde é importado para alguns países da América Latina.

Fotos, a não ser quando indicado: Latin NCAP | Divulgação

SOBRE
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Gustavo Henrique Trierweiler 26 de novembro de 2019

“A picape da marca japonesa foi classificada com 0 (zero) de 5 estrelas para a proteção de adultos, e 2 para a de crianças. Segundo relatório da organização, faltou ao modelo os airbags, o que seria proibido no Brasil, já que o equipamento de segurança é obrigatório por aqui.” Nesta afirmação que a matéria possui um equivoco onde os modelos 4×4 não é necessário a presença de Air Bags. Podemos Verificar isto na fabricação e comércio do novo Troller.

AutoPapo
AutoPapo 27 de novembro de 2019

Olá, Gustavo

Veículos classificados como “fora de estrada”, como é o Troller, estão isentos da obrigatoriedade do airbag. Mas este não é o caso da L200.

Obrigado e abraço

Avatar
Deixe um comentário