Lançamentos Ford em 2021: Brasil terá Bronco, Ranger Black e Mustang Mach 1

Comercial leve Transit também será oferecido; marca aposta em SUVs e picapes para atender - ainda melhor - seus consumidores

ford bronco sport 55
Sucesso nos Estados Unidos, família Bronco está confirmada para o país (Foto: Ford | Divulgação)
Por AutoPapo
09 de dezembro de 2020 10:37
CONTEÚDO PATROCINADO

A Ford vai dar sequência à ampliação da sua linha de produtos no Brasil. Para 2021, além da Transit, anunciada recentemente, a fabricante confirma o lançamento do SUV Bronco, da série especial Mustang Mach 1 e da Ranger Black, nova versão da picape.

O comunicado foi feito por Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul e Grupo de Mercados Internacionais.

LEIA MAIS

Os futuros produtos dão uma boa indicação dos planos da Ford para a América Latina, com foco em segmentos em crescimento nos quais a marca pode competir para vencer.

Ford Bronco

O Bronco é um dos ícones que a Ford vai trazer para o Brasil. A nova família de SUVs oferece excepcional performance e capacidade off-road, além de recursos inteligentes de conveniência, tecnologias avançadas de assistência ao motorista, pacote superior de segurança e um passo à frente em conectividade.

“São veículos que atendem diferentes clientes e segmentos, mas todos têm em comum a conectividade, disponível progressivamente”, disse Watters. “Essa tecnologia traz grande funcionalidade e expande as possibilidades de oferecer uma ampla gama de serviços para atender e superar os crescentes desejos e expectativas dos consumidores.”

Logo depois de ser apresentado mundialmente, em agosto, o Ford Bronco já somava mais de 150 mil reservas nos Estados Unidos. Naquele país, o modelo que teve que dobrar a produção de sua primeira edição (First Edition) oferece configurações de duas e quatro portas, sendo as de quatro com maior entre-eixos.

Existe ainda o Bronco Sport, um SUV mais voltado para o conforto, com rodar trabalhado para o asfalto. Por lá, o veículo é equipado com duas opções de motorização: 1.5 turbo, capaz de gerar 184 cv de potência, e 2.0 turbo, com 248 cv.

Ranger Black

A Ranger Black é uma versão adicional da picape da Ford voltada para o uso urbano. Com estilo robusto e sofisticado, a configuração foi criada para um segmento de consumidores que precisa superar os desafios das grandes cidades.

Além dos acabamentos escurecidos no interior e exterior, configuração oferece capota com abertura automática e muita tecnologia.

ranger black vista de frente estacionada em garagem
Ranger Black tem acabamentos escurecidos nas rodas, faróis, grade e interior

Mustang Mach 1

Outra novidade prometida para 2021 é o Mustang Mach 1, uma edição limitada com motor V8 que historicamente se tornou um símbolo de alto desempenho. O superesportivo faz uma ponte entre o Mustang GT e as versões Shelby, trazendo décadas de experiência da Ford Performance, com vários componentes do GT350 e do GT500.

mustang mach1 branco estacionado em frente a predio antigo
Motor 5.0 V8 do Mustang Mach 1 foi retrabalhado para entregar 486 cv de potência

Entre outros avanços, o novo Mach 1 vem com uma tunagem especial desenvolvida para as pistas e estilo único, combinados com os recursos mais avançados de conectividade.

Transit

A Transit, que será produzida no Uruguai e é reconhecida por sua capacidade, tecnologias avançadas e baixos custos operacionais, vai fortalecer a competitividade da Ford no segmento de comerciais.

Van mais vendida do mundo, com mais de 10 milhões de unidades produzidas, a Transit é líder do segmento nos EUA e na Europa, onde recentemente a nova versão elétrica E-Transit foi adicionada ao portfólio.

variacoes ford transit portfolio global
Transit deve chegar com diversas opções de carroceria, incluindo configurações para passageiros e carga

A publicação inglesa Auto Express elegeu a Ford Transit a “Van Internacional do Ano 2020”.

Para além dos produtos, os planos da Ford

Nova geração da Ranger

Watters teve um encontro virtual com o presidente da Argentina, Alberto Fernández, para confirmar um investimento de US$ 580 milhões na nova geração da Ranger, programada para chegar aos mercados da América do Sul em 2023.

O investimento inclui uma ampla modernização da fábrica de Pacheco e aumento significativo da nacionalização de peças.

“Em 2021, vamos continuar a focar em segmentos em crescimento nos quais podemos competir para vencer e melhor atender nossos clientes. Acredito que o ambiente de negócios do setor automotivo continuará a ser altamente desafiador no próximo ano. No entanto, vamos enfrentar esse desafio de frente e continuaremos a transformar nosso negócio para ser financeiramente sustentável”, disse o presidente.

Segundo Watters, a expectativa é que a atividade econômica na América do Sul se recupere gradualmente em 2021, com o retorno aos níveis de produção e vendas de 2019 somente em 2023.

“Esperamos uma indústria em torno de 2 milhões de unidades em 2020 no Brasil e de 320 mil a 340 mil unidades na Argentina. Para 2021, nossa projeção é de 2,5 milhões de unidades no Brasil e pouco mais de 400 mil unidades na Argentina”, completou.

Fotos: Ford | Divulgação

SOBRE
5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Carlos Silva locutor 12 de dezembro de 2020

Sou amante da marca Ford, já tive vários carros lá,fusion e hoje tenho uma f 1000 87 8 lugares, o que me deixa triste é o valor da reposição de peças, vcs tem que pensar MUITO no pós venda,vender até que é “fácil “Difícil é manutenção.

Avatar
Eduardo Rocha Pedrosa 10 de dezembro de 2020

Poderiam aumentar a quilometragem de 5 para 10 mil Km e diminuir os valores de peças e mão de obra. Vender carro não é focar só no carro.

Avatar
elioricardoalves 9 de dezembro de 2020

Impressionante tudo de fora empregos aqui? não que maravilha àqueles tempos da ford acabou infelizmente

Avatar
Calatrava1410 9 de dezembro de 2020

Enquanto fecha fábrica no Brasil, importa.

Avatar
Fernando Cesar Toribio 9 de dezembro de 2020

O povo Brasileiro deveria boicotar os carros da Ford, essa mesma que está desativando suas unidades fabris no Pais,

Avatar
Deixe um comentário