Nissan apresenta o Magnite, SUV que virá para o Brasil

SUV deve chegar ao mercado brasileiro em 2022 e ficará posicionado abaixo do Kicks; ele será o substituto do March e é feito sobre a plataforma do Kwid

Por AutoPapo 21/10/20 às 15h58
nissan magnite 1
Nissan Magnite (Foto: Nissan | Divulgação)

A Nissan apresentou nesta quarta-feira (21) o novo SUV Magnite. O modelo foi desenvolvido inicialmente para o mercado indiano, onde começará a ser vendido no ano que vem, mas deve desembarcar por aqui em 2022, posicionado abaixo do Kicks, ocupando o lugar do descontinuado hatch March.

O Nissa Magnite é construído sobre a plataforma do Renault Kwid – as duas marcas têm uma aliança -, mas tem porte um pouco maior. Na Índia ele tem menos de 4 metros de comprimento. Vale lembrar que naquele país, essa medida impõe um degrau tributário. A altura em relação ao solo será de 20,5 cm.

VEJA TAMBÉM:

Externamente, o novo SUV da Nissan se destaca pelo conjunto óptico totalmente em LED – inclui luzes diurnas em forma de L visíveis que ficam abaixo do farol fino.

Chama atenção também no Magnite a grade pontiaguda, que apresenta o novo logotipo da Nissan, dá ao Nissan Magnite uma presença marcante de SUV. O rack no teto será funcional.

No interior do Magnite , a Nissan colocou um sistema multimídia com tela 8 polegadas com Apple CarPlay e Android Auto. O painel também é totalmente digital em uma tela de 7 polegadas. O sistema de som é da marca JBL e ele contará com equipamentos como assistente de partida em rampa e câmera 360°.

O nome Magnite é uma combinação das palavras magnet (magnético em tradução livre)  e ignite (acender), evocando o espírito de uma nova era na Índia e em outros mercados em crescimento ao redor do mundo.

A motorização na versão lançada na Índia terá opções de motores 1.0 aspirado e 1.0 turbo, ambas a gasolina, com câmbio CVT.

Fotos: Nissan | Divulgação

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário