VW Nivus: lançamento, preço, interior, significado e mais

Modelo será menor que o T-Cross, tem como base o Polo e chegará ao mercado no fim do primeiro semestre de 2020

Por AutoPapo 05/09/19 às 13h30
Atualizada em 12/05/2020 às 20h48 (Com Douglas Mendonça, especial para o AutoPapo)
Clique para ouvir
Voiced by Amazon Polly

O VW Nivus, SUV compacto derivado do Polo, será lançado no mercado brasileiro no fim do primeiro semestre de 2020. O novo Volkswagen promete uma revolução de design nesse segmento dos utilitários aventureiros urbanos compactos ao mostrar uma carroceria cupê como é mais conhecida: ela leva esse nome pela acentuada inclinação do vidro traseiro, o que transmite mais esportividade e leveza.

O novo carro da Volkswagen será fabricado em São Bernardo do Campo (SP). O Nivus, da VW, foi totalmente desenvolvido por designers e engenheiros da América do Sul e, futuramente, será produzido na Espanha e vendido no mercado europeu.

Antes disso, no segundo semestre, o Nivus VW começa a ser exportado do Brasil para outros países da América do Sul.

VEJA TAMBÉM

Confira fotos oficias do Nivus (com detalhes do interior)

VW Nivus: preço

Os preços do Nivus não foram divulgados oficialmente, mas já vazaram. A versão mais simples, o Nivus Trendline deverá custar R$ 80 mil. O intermediário, Nivus Comfortline, deverá ser tabelado em R$ 89 mil. E o topo de linha, Nivus Highline, terá preço de R$ 98 mil.

VW Nivus Preço estimado
Nivus Trendline R$ 80 mil
Nivus Comfortline R$ 89 mil
Nivus Highline R$ 98 mil

Dimensões do VW Nivus

Assim como quase todos os carros atuais da Volkwagen, o Nivus utiliza a plataforma modular MQB: no caso, a do Polo. Por isso ele tem o mesmo entre-eixos do hatch com 2,566 m. A largura também é idêntica à do Polo: 1,75 m sem os retrovisores.

Já o T-Cross usa a plataforma do Virtus, por isso tem entre-eixos maior: 2,65 metros. Por isso, comparado T-Cross, o VW Nivus terá menor espaço interno, principalmente no banco traseiro.

Por outro lado, o Nivus tem balanço traseiro mais longo, por causa da caída do teto. Por isso, seu comprimento, de 4,266 m, chega a superar o do T-Cross. Já o porta-malas está no mesmo patamar em ambos os SUVs: são 415 litros no modelo mais novo e entre 373 l a 420 l no mais antigo, que é equipado com banco traseiro móvel.

A altura em relação ao solo também é semelhante nos dois SUVs. Assim como o T-Cross, o Nivus tem suspensão elevada em 27,5 mm em relação ao Polo. Os pneus também cumprem a função de elevar o vão livre: têm diâmetro 17,5 mm maior que os do hatch.

Os sistemas de freio e direção do VW Nivus deverão ser similares aos do Polo TSI: direção com assistência elétrica e freio a disco nas quatro rodas.

Nivus: significado

Oficialmente não há qualquer explicação da Volkswagen para o significado do nome Nivus. A marca explicou em nota que “o nome ‘Nivus’ foi desenvolvido com uma agência de criação e posteriormente submetido a uma pesquisa com mais de 500 potenciais clientes de várias regiões do Brasil, Argentina e Colômbia.

Ainda de acordo com a VW, “a criação desse nome foi inspirada em novas perspectivas de design, estando relacionada com a sensação de algo ‘novo’, ‘moderno’ e ‘confiável’ ao mesmo tempo.”

Mas, segundo um leitor do AutoPapo, nivus, na Estônia, significa virilha.

Motor do novo carro VW

A Volkswagen confirmou que Nivus será equipado com o motor 200 TSI, com 1 litro, três cilindros, injeção direta e turbocompressor. Ele entrega até 128 cv de potência e 20,4 kgfm de torque com etanol. A transmissão é automática de seis marchas. Trata-se do mesmo conjunto mecânico que equipa versões de Polo, Virtus e T-Cross.

Porém, espera-se que as versões de entrada sejam movidas pelo motor 170 TSI. Ele tem arquitetura parecida, mas entrega menos potência e torque: são até 116 cv e 17,3 kgfm.

Interior do VW Nivus e equipamentos

No interior, os padrões de design e acabamento do Volkswagen Nivus deverão seguir a mesma linha do irmão maior T-Cross, com apliques coloridos no centro do painel e acabamentos de porta. Os bancos do SUV do Polo também deverão ser compartilhados com o T-Cross, seguindo a mesma padronagem visual.

Assim como acontece em Polo e Virtus, o VW Nivus terá o painel digital Active Info Display como opcional nas suas versões topo de linha.

A nomenclatura de versões que será adotada também já é conhecida: a de entrada será a Trendline, a intermediária Comfortline e a topo de linha Highline.

Por uma questão de preço, ele deverá ter os mesmos quatro airbags do Polo e terá controles eletrônicos de tração/estabilidade, assistente de partida em rampas e bloqueio eletrônico do diferencial como equipamentos de série.

Equipamentos

Entre os equipamentos, o Volkswagen Nivus terá faróis e lanternas em LED, além do DRL (daytime running light) também em LED. Além disso, o SUV vai estrear um novo sistema multimídia, batizado de VW Play.

O fabricante revelou detalhes sobre o equipamento, que promete diversas funcionalidades, entre as quais serviços de compra a bordo, e tela de alta definição de 10 polegadas.

O Nivus também marcará a estreia do novo logo da VW no mercado brasileiro

Fotos Volkswagen | Divulgação

22 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Evandro José Copertino 3 de maio de 2020

    Porque não é flex etanol ou gasolina também um carro desse tamanho poderia ser a diesel porque não se lá nos EUA a maioria dos carros são assim a diesel porque vcs não faz isso também nos aqui no Brasil

    • Avatar
      euri 27 de maio de 2020

      Meu amigo, carro a diesel é coisa ultrapassada estamos caminhando para formas de energia cada vez mais eficientes e sustentáveis, esqueça o diesel a nova geração de veículos terão propulsores elétricos rs, nada de retrocesso.

  • Avatar
    Carlos Martins 21 de abril de 2020

    O T-cross quando lançaram tinha as 3 primeiras revisões gratuitas e o Nivus também terá. A Traker tem roda de alumínio e 6 air bags na versão PCD, esse Nivus parece que só tem 4. Então vamos aguardar o lançamento pra ver a briga esquentar.

  • Avatar
    Edegar graffitri 16 de abril de 2020

    Baah top esse hem tenho um virtus 2019 minha ideia seria troca ele lá por 2023 ou 24 já vou garantir esse novo tá top kkkkkk traseira da bmw x6 perfeito

  • Avatar
    Luiz Carlosde Oliveira 14 de janeiro de 2020

    Eu estava pensando em pegar um t.cros por causa do portamalas más vou aguardar o t sport

  • Avatar
    Apolo 10 de janeiro de 2020

    O que vai fazer mesmo com o T CROSS? Com a chegada do T sport.

  • Avatar
    Reinaldo 24 de novembro de 2019

    Com bagageiro pequeno não é SUV, é um hatch que só vai atrapalhar o Polo, se entredevorando. Para emplacar só com bagageiro bem maior, parece falha total de previsão de mercado com aumento de custos para vender no total a mesma coisa. .Pensei que seria algo melhor, deixou de interessar.

  • Avatar
    Jose 18 de novembro de 2019

    Seria interessante já chegar com a versão PCD.

  • Avatar
    Anchieta 5 de novembro de 2019

    O Gigante acordou

  • Avatar
    Luiz Pereira de Lima 2 de outubro de 2019

    Estou querendo saber o valor a vista do vw usv.

  • Avatar
    pedro brito 28 de setembro de 2019

    p/quem duvidou da VW que estava morta no mercado,ninguem nunca duvide dessa gigante,e sua legitima escola alemâ sempre c/tecnologia de ponta…ela remodelou td sua gama,não só em projetos,mas c/novas plataforma,motores…etc..parabéns,tem td p/voltar a ser lider…!.

  • Avatar
    Arno Käfer 25 de setembro de 2019

    Parabéns à Volkswagen. Tecnologia de motores, plataformas e equipamentos de segurança sendo vendidos tanto aqui como na Europa, apenas com algumas alterações estéticas adaptadas ao gosto do brasileiro. Mas na essência são os mesmos projetos. Isto se chama confiabilidade. Outras montadoras preferem manter por aqui produtos defasados ou inferiorizados. Vide o xodozinho Renegade com seu motor velho e defasado em relação aos de fora; a Renault com seu monstrinho chamado Kwid, uma caixinha de papelão com rodas ou o defasado Captur; a Toyota (logo ela !) nos trouxe um já superado Yaris; a Honda nos enfiando um WRV caro e pelado, embora um bom carro, nem se compara com os VW em termos de projeto e equipamentos. A Fiat então, nem se fala, não sabe o que quer com sua linha Argo com seu câmbio automatizado, talvez amanhã tire tudo de linha e deixe o consumidor na mão de novo como fez com o trio Punto/Bravo/Palio. E por aí vai. Portanto, neste cenário, parabéns à “velha senhora” !!

  • Avatar
    Alan 17 de setembro de 2019

    Vai ter alguma versão do T-sport com teto solar ?

  • Avatar
    Joel Tavares 14 de setembro de 2019

    A Volkswagen deveria de lançar T-cross na versão 250 Tsi. 1.4 Turbo e a tendência do momento motores turbo.

    • Avatar
      Marcos 17 de setembro de 2019

      Já possui essa motorização

  • Avatar
    Miguel 12 de setembro de 2019

    Na verdade é o Volkswagen pointer, atualizado e altinho.
    Sem mais, sem mi-mi-mi.

  • Avatar
    Alessandro Vön Zanini 11 de setembro de 2019

    A VW ACERTOU NO DESIGN, PARECE EDIÇÃO ESPECIAL DAS ANTIGAS DACON E SR

  • Avatar
    Ivan 11 de setembro de 2019

    É tipo assim um Virtus alto que perdeu o rabo.

  • Avatar
    Iury Launs 6 de setembro de 2019

    De 75k a 85k ? Não vai ter versão PCD ?

    • AutoPapo
      AutoPapo 6 de setembro de 2019

      Olá, Iury.

      São apenas estimativas de preço.

      Obrigado e abraço

    • Avatar
      Andre 24 de outubro de 2019

      parece que vai sim…o carro e lindo externamente por dentro será igual ao polo.

  • Avatar
    Fabio 5 de setembro de 2019

    Só vendo de perto pra ver se vai ser bom. O desenho do novo hatch é bonito. Tem gente que vai dizer que é coupé, mas é hatch mesmo. Saudades do antigo Passat. Só não ficou claro se o carro terá suspensão traseira multlink.

Avatar
Deixe um comentário