Simulador de autoescola: vale a pena ou é jogar dinheiro fora?

Diretor do Denatran, Jerry Dias, está pensando em acabar com o simulador nas autoescolas. Será que ele está com a razão?

Por Boris Feldman 17/03/19 às 15h45
capa portal simular de autoescola1

O simulador de autoescola vez ou outra é alvo de críticas, principalmente no tocante ao bolso do consumidor. Mas, será que esse equipamento é útil ou inútil para o ensino?

[TRANSCRIÇÃO]

Motorista no Brasil não tem conhecimentos mínimos de trânsito e, mais, de civilidade. Os conhecimentos, a perícia ao dirigir, falta desde que ele era candidato à habilitação e foi aprovado com várias lacunas.

A civilidade no trânsito falta porque ele não foi educado desde criança para o trânsito. É uma outra falha, uma outra lacuna no nosso país. Então, quanto melhor a formação de um futuro condutor, tanto melhor para nós todos.

O novo diretor do Denatran, o Jerry Dias, disse recentemente que ele está pensando em acabar com o simulador para a formação de motoristas. O simulador de autoescola é um sistema eletrônico que simula as adversidades, aquelas condições complicadas para o motorista: dirigir na chuva,dirigir sob neblina, e vai por aí.

Será que ele tem razão ao dizer que isso encarece inutilmente a formação do motorista? Esses simuladores, na minha opinião, são importantes. Mas, com eles ou sem eles, vocês querem saber? Simulador é uma presença constante no Brasil porque: o professor da autoescola simula que ensina, e o aluno simula que aprende.

simulador de autoescola
SOBRE
10 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
MARCOS VASCONCELOS 2 de maio de 2019

BOM DIA

SOU INSTRUTOR , E NAO VEJO DIFERECA EM TER OU NAO SIMULADOR PQ OQUE EU ACHO OQ VALE E A PRATICA NO VEICULO COM O INSTRUTOR . A CARGA HORARIA DEVERIA SER MAIOR .

Avatar
cristiano m. barbosa 24 de abril de 2019

Boris, já ministrou alguma aula prática de direção para dizer que o instrutor SIMULA que dá aula???? Como todo Charlatão metido a intelectual precisa de mídia para a parecer…. espero que tenha essa experiencia antes de julgar os profissionais da área…

Avatar
brazaguiar.21@hotmail.com 5 de abril de 2019

Lixo . Piada de mau. Gosto . Esse Boris deve ter ganho um quilo de alcatra com osso para defende esse lixo.

Avatar
Jose Weber 19 de março de 2019

Ótimo artigo Boris, estarei compartilhando em minha rede.

Faça-nos também uma visita.

Abraços.
https://motorpress.com.br

Avatar
SANDRA SANTOS 18 de março de 2019

Para mim o simulador nao serviu de nada. Meu instrutor dizia pra eu fazer tudo que pedisse na tela e me largava sozinha. Quando eu não conseguua fazer alguma coisa tinha que chamar gritando por ele. Quando chegava e eu dizia o que tinha feito de errado, ele falava que não tinha problema, que o importante era completar as horas de aula.
Conclusão foi R$ 400,00 literalmente jogado fora, uma roubalheira.
É melhor transferir essas horas para aula prática.

Avatar
Paulo 18 de março de 2019

Devolvam nos as 25 aulas no automóvel tirem esse videogame por favor sr presidente olha aqui pra baixo por favor

Avatar
Jéssica 18 de março de 2019

Pra mim é dinheiro jogado fora,vc aprendi a li na prática,aqui aonde moro a carteira é um absurdo de cara porque tem o simulador que é 450 reais,e outra coisa demora mas no processo porque são 5 aulas no simulador e só 1 simulador em cada auto escola então enrola mas a pessoa,acho que tem que acabar logo

Avatar
JULIANO 18 de março de 2019

O simulador é uma ótima ferramenta de apoio a formação de condutores, pois depois do termino das aulas o aluno consegue ter o minimo de noção dos comandos do veículo e noção de direção.
O problema é que os CFCs não se ministram aulas no simulador como deveria e como no carro, pois deixam o aluno sozinho no simulador e aí o aluno não aprenderá nada mesmo.
Infelizmente faltou fiscalizaçao aos CFCs e acabaram queimando esta ferramenta que foi projetada para quem não sabe dirigir. Que é o correto.
Dessa maneira o equipamento não é eficaz e custa cara para os CFCs que vendem só a digital e não ministram o curso como deve ser.
As empresas de simuladores também cobram um valor alto nas horas aulas de simulador e a ganância faz com que o repasse dos valores chega muito alto para o aluno. Faltou bom senso.
Acredito que o simulador não deve acabar e sim ficar facultativo. Assim usa quem acha necessário.
Mas o que realmente falta para acabar com as mortes no trânsito é aumentar a fiscalização nas ruas no dia a dia e também nos CFCs que estão fazendo o que querem e não são punidos.

Avatar
José A J Vital 18 de março de 2019

Pilotos de avião treinam em simuladores até mesmo depois de formados, pilotos de competição ídem. Então, é claro que simuladores são úteis !
O problema é a exploração que nos é impingida. Temos que pagar mais e mais sempre, e o povo está falido !

Avatar
Hudson Souza 17 de março de 2019

pura enganação , comedeira de dinheiro de aluno , motorista se forma ao volante de um altomovel de verdade .

Avatar
Deixe um comentário