Venda de carros durante a pandemia: conheça as alternativas adotadas

Test drive em domicílio, venda pela internet, atendimento único e novos protocolos de higienização tentam aumentar os baixos índices de emplacamentos

Por AutoPapo 09/04/20 às 16h03

Março apresentou o pior resultado de venda de carros dos últimos 14 anos. A razão para a queda de quase 90% nos emplacamentos é o isolamento social necessário durante a pandemia do novo coronavírus. Para driblar a baixa no comércio de automóveis, fabricantes têm adotados novas estratégias, como a venda inteiramente pela internet, higienização diferenciada e o test drive em casa.

Confira quais são as empresas que oferecem os serviços.

LEIA MAIS

Caoa Chery

Para fomentar a venda de carros na atual conjuntura, a Caoa Chery atendem clientes em domicílio. Assim, os consumidores podem fazer um test-drive de maneira segura, sem contato com outras pessoas.

Para agendar o teste, o consumidor deve entrar em contato pelo telefone 0800 772 4379. De acordo com a marca, todos os veículos de test drive passam por uma higienização completa a cada uso.

Os profissionais da fabricante também seguirão procedimentos extras de higiene, seguindo as recomendações e orientações da Organização Mundial de Saúde.

Também é possível negociar, de casa, as condições de financiamento e a avaliação do usado.

Estratégia de venda de carros de Fiat e Jeep

Segundo a assessoria de comunicação da FCA, apesar das concessionárias fechadas, a Jeep está atendendo a todos os clientes nos canais digitais. O contato por telefone também está mantido.

Muitas concessionárias das marcas Fiat e Jeep estão realizando agendamentos para test drive e entregas de carros em domicílio.

concessionaria digital fiat sao paulo venda de carros pela internet consumidora definindo detalhes fiar argo
FCA já adotava novos formatos de venda, como as concessionárias digitais

Ford

A Ford também anunciou ações para fomentar a venda de carros durante o isolamento social. A marca criou um novo canal de atendimento, o “Compre Sem Sair de Casa”, que permite fazer todo o processo de negociação do veículo, desde a procura até a decisão de compra sem precisar ir até uma concessionária.

Para a realização desse trabalho, além de seguir as normas de funcionamento de cada região, as concessionárias Ford estão adotando todos os procedimentos de limpeza e higienização dos veículos, distanciamento social e proteção individual nos locais de trabalho, em todas as fases de preparação e entrega.

Basta o cliente preencher um cadastro com as informações básicas, clicando no botão do “Compre Sem Sair de Casa” no site da marca. Todas as demais etapas do processo são feitas remotamente: desde o financiamento, avaliação do carro usado, seguro, emplacamento e test-drive até a entrega do veículo em domicílio.

Honda

Ao ser questionada sobre as estratégias de venda de carros durante a pandemia do novo coronavírus, a Honda afirmou que as concessionárias estão intensificando o contato com seus clientes via canais de digitais.

Hyundai

Jan Telecki, head de marketing da Hyundai Motor Brasil afirmou que 90% das concessionárias da marca estão fechadas, apesar de 80% das oficinas permanecerem abertas (já que são consideradas serviço essencial).

Para fomentar a venda de carros, a Hyundai tem utilizado aplicativos de mensagem que possibilitam que o consumidor finalize a compra pelo telefone.

Tlecki afirma, no entanto, que a maior parte dos contatos são realizados com o intuito de buscar informações técnicas ou sobre os processos de financiamento.

A Hyundai faz vendas até mesmo pelo Instagram.

Para facilitar a interação com os consumidores, o aplicativo Hyundai Sempre teve inúmeras funções abertas ao público. A montadora também tem investido na geração de conteúdos que sanem as dúvidas dos clientes, assim como chamem a sua atenção para as vantagens da marca.

“No momento final da compra, o cliente recebe o contrato digitalizado ou através de portador. Uma vez efetuada essa parte burocrática, o consumidor tem a opção de receber o carro higienizado em casa”, explica Jan Telecki.

Para agendar um test drive, o interessado em comprar um Hyundai deve entrar e contato coma marca pelo aplicativo Hyundai Sempre, pelo site da marca ou pelo WhatsApp 800 770 3355. Vale ressaltar que nem todas as concessionárias estão disponibilizando a modalidade em domicílio.

Venda de carros Toyota durante a pandemia

A Toyota tem incentivado toda a sua rede de concessionárias a trabalhar as vendas de carro online.

Por meio do site da Toyota, o cliente pode montar o veículo de sua preferência, escolhendo acessórios e a forma de pagamento. Depois de preencher um cadastro, define a concessionária de sua preferência e em pouco tempo a concessionária entra em contato para efetivação da venda.

Atualmente, 82% da Rede Toyota está funcionando somente com vendas online. As que têm showroom aberto, por estarem em estados ou prefeituras que ainda não fecharam o comércio, são somente 2%. No entanto, há limitação no número de pessoas.

De acordo com a assessoria da marca, a Rede Toyota também está tomando as devidas precauções em relação à higiene, tanto da concessionária quanto dos carros, reforçando a limpeza.

As unidades adquiridas por clientes antes da quarentena ou mesmo as que estão sendo compradas neste período estão sendo entregues na casa dos clientes.

Volkswagen, Ford, Renault e Peugeot não responderam à demanda até a publicação da reportagem.

A Chevrolet apresenta estratégias diferenciadas para apresentação de veículos, mas ainda não adotou um protocolo para venda de carros online.

Foto FCA | Divulgação

1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Andréa Santos 1 de maio de 2020

    Minha experiência não foi boa, exatamente, no contato com algumas das empresas citadas, a exemplo da Renault e Chevrolet! Parece que estão com muitas vendas, pois, mesmo com cadastro de cliente limpo, possibilidade de venda de dois veículos, financiamento de 40 por cento dos novos veículos, consegui não receber retorno e, os que obtive, não houve qualquer flexibilidade na negociação!

Avatar
Deixe um comentário