Vistoria de veículos agora é realizada por terceiros no ES

Nova regra, publicada no Diário Oficial, visa maior segurança no trânsito; motorista deve procurar uma empresa credenciada para realizar o serviço

Por AutoPapo 27/11/18 às 08h33

O Governo do Espírito Santo decidiu, por meio da Instrução nº 190 de outubro de 2018, que a vistoria de veículos poderá ser realizada por empresas credenciadas ao Departamento Estadual de Trânsito (Dentran). A medida, que já está em vigor, visa garantir mais eficiência ao processo e segurança aos ocupantes de veículos e pedestres.

O Detran-ES instituiu, no início de outubro, o regime de credenciamento de empresas para a realização de vistorias de identificação veicular no âmbito do Estado. A decisão foi determinada dada a importância do serviço como elemento redutor de acidentes de trânsito e roubo de veículos.

“A medida foi tomada para garantir ainda mais segurança à população, evitando que carros adulterados ou mesmo roubados circulem pelas ruas e que motoristas coloquem suas vidas em risco”, explica Beto Reis, diretor da Super Visão, rede de vistorias automotivas.

O Detran-ES instituiu que empresas terceiras serão responsáveis pela vistoria de veículos, necessária nas transações de compra e venda do Estado.
Vistoria de veículos | Shutterstock

No Espírito Santo, a vistoria de transferência é obrigatória nas transações de compra e venda ou regularização de um veículo.

Com a vistoria de veículos, será feita uma análise da originalidade e numeração do chassi e do motor, registro da quilometragem atual do hodômetro, itens de segurança, e também da documentação. Após as análises, é gerado um laudo de transferência e documento oficial com todos os pontos detalhados e fotografados.

A nova resolução foi estipulada considerando a necessidade de padronização e aprimoramento técnico e estrutural nos serviços de vistorias de veículos em todo Estado do Espírito Santo e necessidade de oferecimento de serviços eficientes, seguros e cômodos para os proprietários de veículos e possibilitando o aumento de postos de atendimento.

Vistoria Cautelar

Apesar de não ser obrigatória, a vistoria cautelar é uma outra opção para os consumidores. Nela são analisados a originalidade do veículo, sua estrutura e documentação. Históricos de furto, roubo, leilões e sinistros também podem ser desvendados.

Para além da vistoria… Você sabe como é feita a avaliação de um carro usado? O AutoPapo responde.

Na hora de vender ou comprar um veículo muitas dúvidas podem surgir principalmente quanto ao processo necessário para a transferência, inclusive quanto aos documentos necessários para transferência de veículo.
Transferência de veículo: Confira os documentos necessários.

3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Valter fernandes alves 21 de setembro de 2020

    Infelizmente essa vistoria nao passa de um ato vergonhoso. As vistorias já eram feitas por agentes responsáveis do Detran ou despachantes credenciados. Só abriu Margem para nos extorquir mais uma vez. Sendo obrigado a pagar mais uma taxa absurda a uma empresa privada.

  • Avatar
    Márcio Costa 2 de março de 2020

    Hj 02/03/2020, fui fazer uma vistoria para transferência (Exata), quando fui assaltado. R$ 122,00. Roubo regularizado pelo governo.
    Vergonhoso.
    Velho ditado:” Enquanto existir cavalo, São Jorge não anda a pé”
    No nosso caso, esses políticos que tem carro com motorista pago com o dinheiro do povo.

  • Avatar
    Gabriel Rocha 26 de fevereiro de 2020

    Seria interessante a proposta, caso não houvesse por de trás da “preoucupação com a segurança dos cidadãos” um novo método de ganhar dinheiro do motorista capixaba.
    Mas é isso, ta ai, mais uma imposição dos nossos queridos e estimados governantes e gestores…esse é o Brasil que eu quero…quero bem longe.

Avatar
Deixe um comentário