Acelerar: dicas sem pé nem cabeça

Dicas da internet sugerem acelerar o carro antes de sair com ele pela manhã, outras pedem para acelerá-lo ao chegar em cas pela noite; Mas qual o certo?

pe direito no pedal acelerador portal
Acelerar o motor pela manhã, ou pela noite? Nenhum! (Foto: Adobe Stock)
Por Boris Feldman
29 de junho de 2022 16:02

Existem umas dicas sem pé nem cabeça que circulam por aí, principalmente na internet. Deve ser por isso que muitos me perguntam se o correto é acelerar o motor ao desligar o carro à noite ou ao ligá-lo de manhã.

VEJA TAMBÉM:

Mas é para ficar em dúvida mesmo… pois, na verdade, não se deve acelerar o carro em nenhuma destas duas situações.

1- acelerar o motor ao desligá-lo significa injetar nos cilindros um volume de combustível que não será queimado, vai escorrer para o cárter e contaminar o óleo lubrificante.

2 – por outro lado, nada de acelerar o motor de manhã, pois é quando ele funciona sem o óleo lubrificante que ainda está todo lá embaixo, no cárter. E são necessários uns bons quinze a vinte segundos para que ele atinja as partes móveis superiores do motor

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Reinaldo 6 de agosto de 2022

Essas “preciosas” dicas não são fruto da Internet, não… existem desde sempre! Eu aprendi a dirigir ainda moleque, tinha 14 anos de idade, num Jeep Willys 1942 de um primo. É claro que naqueles anos 70, não saía ‘pilotando’ nada pelas ruas; pelo contrário – tive a oportunidade de dirigir carros de tios e amigos por poucos quarteirões próximos de casa. Mas, aguçado o gosto, comecei a ler muito sobre motores. Adorava ler os manuais do proprietário dos carros que, àquela altura, eram repletos de informações importantes. Hoje, os manuais só dizem que você precisa procurar uma concessionária mais próxima de sua casa para resolver algum problema. Na minha adolescência eu tomava ônibus para ir ao Ginásio e procurava ficar bem próximo ao motorista para observar cada movimento, cada detalhe do que ele fazia para depois comparar com outros motoristas. Minha CNH é de 1975 e até hoje eu digo que aprendo sempre com a atividade nas ruas. Não me considero melhor mas mais experiente do que a maioria, sim. Vejo pessoas que literalmente ‘apanham’ dos carros e fazem coisas que, além de consumir mais combustível, consomem componentes importantes do carro. Pena para ambos… E para quem quiser de fato aprender, um excelente caminho é com pessoas que entendem do assunto e, nesse patamar, o Boris do Auto Papo é imbatível!

Avatar
Deixe um comentário