Amortecedores recondicionados são realmente confiáveis?

Os amortecedores recondicionados não são totalmente contra-indicados; porém, eles deves ser utilizados apenas em casos muito específicos

Por Boris Feldman 18/02/19 às 06h15
Não existe um prazo específico para trocar os amortecedores

Se você precisar de comprar amortecedores recondicionados, preste bastante atenção! Esses componentes influenciam tanto na estabilidade quanto na frenagem do carro.

[TRANSCRIÇÃO]

Não, eu não sou contra o amortecedor recondicionado. O problema é que o recondicionamento bem-feito, para torná-lo igual a um novo, é economicamente inviável. Ou seja: vai custar mais do que fabricar um novo. Então, é melhor ir na loja e comprar o amortecedor novo mesmo, na caixa, porque esses recondicionados não sofreram mais que uma ‘pinturinha externa’, uma troca do óleo interno e, desse modo, não vão funcionar como um novo.

Quando é que se indica o amortecedor recondicionado? Para automóveis especiais, clássicos e antigos, para os quais não existe mais o amortecedor novo em estoque. Mas só mesmo numa empresa séria, qualificada e com profissionais competentes. Caso contrário, é uma PI-CA-RE-TA-GEM! E com amortecedor não se brinca!

Amortecedores recondicionados
Foto Shutterstock
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário