Câmbio automático tem embreagem igual ao automatizado?

É muito comum alguns proprietários confundirem os carros que vêm com o câmbio automático com o sistema automatizado

Por Boris Feldman 02/12/18 às 07h30
mobigsr02

Já adianto: o câmbio automático tradicional não tem. No lugar da embreagem, há um conversor de torque. Mas, o câmbio automatizado tem, sim, embreagem; exatamente como numa caixa manual.

A semelhança entre os dois câmbios é que o motorista não tem de se preocupar, em nenhum deles, com o pedal da embreagem e nem que usar a alavanca para trocar de marcha. Mas para por aí: no automatizado, o câmbio é rigorosamente idêntico ao manual, porém todo operado por computador. São comandos elétricos ou hidráulicos que atuam como se fossem um “pezinho” oculto para acionar a embreagem e uma “mãozinha” oculta para passar as marchas. Ele tem diversas denominações comerciais: Dualogic/ GSR na Fiat, i-Motion na Volkswagen, Easy’R na Renault…

Veja também: Pé esquerdo no freio? Sim! Não o deixe “descansando” em um carro automático

câmbio automático tem embreagem
Câmbio automatizado GSR | Fiat divulgação

Automático x automatizado

A desvantagem do câmbio automatizado é que as trocas de marcha não são tão suaves como no automático tradicional. Em compensação, ao invés de aumentar consumo, diminui. Além de custarem menos e serem mais leves.

É comum o dono de carro com câmbio automatizado reclamar que a oficina da concessionária está querendo enganá-lo. Principalmente quando vem com a conversa fiada de trocar a embreagem, no câmbio que ele acha que não tem isso. Quem provavelmente o enganou foi o vendedor, que não explicou – como deveria – durante a venda, que o câmbio não é automático (sem embreagem), mas sim automatizado. Numa revisão, a oficina pode ter que substituir os componentes do sistema de embreagem, que se desgastam: disco, chapa de pressão e rolamento.

Além de passar as marchas mais suavemente, outra vantagem do câmbio automático convencional é não exigir substituição periódica de seus componentes. Nem do conversor de torque (que faz o papel de embreagem), que pode durar centenas de milhares de quilômetros.

Existe um outro câmbio “automático”, com passagem suave de marchas, mas que é também automatizado, com duas em vez de uma embreagem: é chamado de caixa de dupla embreagem. Tem, por exemplo, o nome de DSG nos carros Volkswagen e Powershift nos modelos da Ford. O DSG funciona bem, mas o Powershift deu tanta dor de cabeça que a Ford acabou desistindo dele.

câmbio automático tem embreagem? entenda
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Chode McBlob 29 de novembro de 2019

“chapa de pressão”? Sério que você passa uma vergonha dessas e nem fica vermelho? Melhor conversar de “curintia”, porque de carro você não sabe nada.

Avatar
robson 10 de janeiro de 2019

bem, agora tem o cambio cvt acoplado com embreagem a seco, que equipa o jac t40, também fiquei surpreso pois não tinha visto ainda.

Avatar
Carlos Roberto Ventura 25 de setembro de 2019

Qual o valor deste carro com acelerador e freio a esquerda ou câmbio de marcha automotico

Avatar
Deixe um comentário