Qual a diferença do híbrido para híbrido plug-in?

Existe uma diferença bastante interessante entre o carro híbrido convencional e o chamado plug-in. Explico aqui a mudança de um para o outro

Por Boris Feldman 06/11/20 às 21h31
mao manuseando cabo carregar carro hibrido plug in eletrico
Mão manuseando o cabo para carregar um carro híbrido do tipo plug-in (Foto: Shutterstock)

Um leitor do AutoPapo pergunta qual é a diferença entre o carro híbrido e o híbrido do plug-in. Ambos, por serem híbridos, possuem um motor elétrico e outro a combustão.

A diferença é:

O híbrido plug-in pode ter as suas baterias carregadas na tomada e sua autonomia para rodar, só elétrico, chega a 50 km, 60 km. Isso significa que o motorista pode todo dia ir, por exemplo, para o trabalho e voltar só eletricamente. E uma regeneração da carga das baterias quando se freia ou se reduz a marcha.

Já o carro simplesmente híbrido tem uma capacidade reduzida nas baterias e, portanto, autonomia elétrica bem menor que o plug-in, cerca de 10 a 15 km. E elas se recarregam exclusivamente quando o carro está rodando.

Vantagem? Uma grande redução do consumo de combustível.

Mão manuseando o cabo para carregar um carro híbrido do tipo plug-in
Vejas as diferenças do híbrido convencional para o plug-in (Foto: Shutterstock)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    souza 7 de novembro de 2020

    bem , tenho o corolla altis higrid e deve dizer que chego a fazer 24 km/l bo modo eco e 21 no modo normal ou seja tenho uma autonomia de mais de i000km . e quanto a peças o corolla não tem arranque correias alternador e muitas das peças comuns de veiculos antigos.

  • Avatar
    Fabio Macedo 7 de novembro de 2020

    Faltou dizer a desvantagem. Muito mais peças para dar defeito e dois sistemas distintos para fazer manutenção.

Avatar
Deixe um comentário