Quais os mais baratos do Brasil?

Subcompactos da Fiat e Renault estão entre os carros mais baratos do Brasil. Cada um deles com seus atrativos e um ponto em comum...

Por Boris Feldman 28/02/21 às 21h31
carros mais baratos brasil shutterstock 1567693696
Você tem ideia de quais são os carros mais baratos do Brasil? (Foto: Shutterstock)

Os dois carros mais baratos do Brasil são o Renault Kwid, que custa um pouquinho menos que R$ 40 mil e o Fiat Mobi, que custa um pouquinho mais.

Ambos considerados carros de frotista, porque vem pelados: sem ar-condicionado, sem mimo nenhum, o suficiente para rodar; ambos com motor 1.0.

Mas aí, o carro da Renault leva vantagem: porque a Fiat, para baratear o Mobi, tirou o motor tricilíndrico e colocou o velho 1.0 quatro cilindros de 70 cv.

O do Kwid é 1.0 de três cilindros, também com 70 cv; porém o carro é bem mais leve e tem um desempenho melhor que o da Fiat. O Mobi leva vantagem em sua solidez e o Kwid no porta-malas, que é um pouco maior.

E também na segurança, pois tem airbags laterais de série

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Robler 1 de março de 2021

Me desculpe,qualquer carro zero km, impossível abaixo de 40mil reais.

Avatar
Nanael 1 de março de 2021

Meu caro Boris, o Kwid é o novo Leite Glória, é carro para ser revendido quase que imediatamente após o fim da garantia, talvez até antes, então… e não, não gosto do Mobi Lete, mas se tivesse que escolher entre essas duas tranqueiras, seria o Fiat.

Avatar
Marcio 1 de março de 2021

Prezado, e qual carro não deve ser vendido após o fim da garantia? Se você tem capital para comprar um carro zero km, não faz sentido algum ficar com ele até bater biela. A época de “manter matrimônio” com carro já passou. É ficar no máximo dois anos e pegar outro zero km. Não importa se é um sub compacto ou de luxo.

Avatar
Zé Eraldo 28 de fevereiro de 2021

Pois é, e um brasileiro que ganha um salário mínimo por mes tem que trabalhar quase 40 meses para comprar qualquer um dos dois, isso não gastando um centavo do que ganha nesse período….

Avatar
Deixe um comentário