Citroën com motor Fiat?

Após fusão, a necessária renovação da linha Citroën no Brasil está acontecendo. A empresa promete novidades para ainda este ano.

Por Boris Feldman 13/04/21 às 07h30
citroen logo close
Fim dos antigos C3 e Aircross (Foto: Shutterstock)

A linha Citroën está passando por uma completa renovação no Brasil. E estava precisando mesmo. Ela e a Peugeot pertencem a uma holding, a PSA, que por sua vez acaba de se unir com a FCA (Fiat Chrysler) para formar uma nova empresa, a Stellantis.

Esta nova empresa, a quarta maior do mundo entre as automobilísticas, vai facilitar o desenvolvimento de novos projetos para todas as marcas do grupo.

E o que já está previsto para a Citroën no Brasil este ano é o fim dos antigos C3 e seu SUV Aircross, mantendo na linha, por ora, apenas o C4 Cactus e os dois comerciais Jumpy e Jumper.

VEJA TAMBÉM

A primeira novidade, que chega ainda este ano, é um novíssimo C3, baseado na mesma (aplaudida) plataforma do Peugeot 208. E no ano que vem, um SUV (é claro…), ambos com motores 1.0 (3 cilindros) turbo da Fiat.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
10 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Sandro da silva crisostomo 16 de abril de 2021

Agora sim com mecanica fiat apos ter um desastroço c3 vou ter confiança em comprar outro carro da.marca.

Avatar
Waldir Wehrle 14 de abril de 2021

Estamos perdendo a marca Citroen como produtora de veículos Premium – trocando por ” descartáveis” Fiat. Mais uma involução imposta aos brasileiros por conta das inações e ” fake news” que esses imbecis despejam sobre nós.

Avatar
Ismael 13 de abril de 2021

O artigo diz que ficou somente o C4 Sedã e os comerciais mas esqueceu do C4 Cactus.

AutoPapo
AutoPapo 13 de abril de 2021

Olá, Ismael.
Foi erro nosso: na verdade, ficou somente o C4 Cactus.
Abraço e obrigado!

Avatar
Eder 13 de abril de 2021

Vamos ver se os motores vão aguenta agora

Avatar
JUSCELINO KRAMER 14 de abril de 2021

Pq…? Não aguentava antes….
Tenho um C3 2007, com 220 Km e com muita energia p queimar….

A dúvida deve ser se esses novos motores irão dar conta do recado.

Avatar
Gerson 14 de abril de 2021

Eu tenho um c4 exclusive 2010 top de linha há 4 anos já viajei pra Recife 2 vezes e nunca me deu problemas está com 136489 km

Avatar
Alberto 13 de abril de 2021

Ótima notícia.
Além de motores eficazes,serão fabricados no Brasil,oque de uma certa forma,gera uma tranquilidade.
Valeu

Avatar
Álvaro 14 de abril de 2021

Pelo mundo fora, tidos preferem os motores PSA aos da Fiat, pelo mundo fora, a credibilidade da citroen supera em tudo a Fiat, só no Brasil é o inverso, enfim, finalmente vão ter o que tanto queriam. O que vale é que no resto do mundo não vai acontecer. Brasil um mundo á parte… Tenho pena

Avatar
Alberto 14 de abril de 2021

Olá Álvaro,
Sim ,são ótimos motores,é só ver a aceitação da linha Peugeot,e Citroën na Europa.
O motor Puretech 1.2 ,quer seja aspirado,ou turbo ,esse com potências que chega a 140 vc,são maravilhosos.
Mas aqui , tiraram o 1.2 que vinha no antigo 208 , agora o C3 também, e voltaram com o bom ,mas desatualizado
1.6 aspirado.
Diante desse cenário,é muito melhor o Firefly turbo.
Abs

Avatar
Deixe um comentário