Não dá para acusar o posto antes de três medições de consumo

Pode ser que o método que você usa para calcular o consumo do seu carro esteja errado. Entenda aqui a maneira correta de se fazer

Por Boris Feldman10/08/20 às 07h30

Um leitor do AutoPapo diz que desconfia dos postos onde ele abastece, e decidiu recentemente fazer as contas do consumo do carro: quantos quilômetros por litro em cada posto que ele pára para abastecer.

Ele diz que:

“Se o posto abasteceu com um volume menor do que o cobrado, ou se a gasolina ou etanol estavam adulterados, ele sabe exatamente o que está acontecendo”. E descobriu que num posto o consumo aumentou, “sinal de combustível adulterado”.

Mas este método é impreciso, pois medir consumo a partir do abastecimento em cada posto não revela nada.

Pois existem sempre variações entre um abastecimento e outro. E para se chegar a uma conclusão objetiva, deve se fazer o mínimo de três medições e achar a média, para evitar de se acusar falsamente um posto.

Ilustração de uma pessoa em dúvida sobre o consumo do carro com o marcador de combustível junto
Pode ser que o método que você use para calcular o consumo do carro esteja errado! (Ilustração Fabiano Azevedo | AutoPapo)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário