Economizador de combustível e a picaretagem eletrônica

Os supostos economizadores de combustível agora fazem uso da eletrônica... Mas continuam sendo apenas enganação

chip da central eletrônica motor do carro em detalhe
Por Boris Feldman
19 de fevereiro de 2018 15:00

Quanto mais tecnologia se aplica no automóvel, mais as técnicas de “picaretagem” se modernizam. No passado, as lojas de acessórios ofereciam toda a sorte de equipamentos mecânicos ou elétricos para reduzir consumo, aumentar desempenho e outras supostas mágicas. Agora, com a eletrônica, a última dessas tecnologias a cair nas garras da esperteza é o OBD, ou On Board Diagnosis, com mais uma versão do economizador de combustível.

chip circuito eletrônico central eletrônica OBD economizador de combustível

Os automóveis fabricados desde 2010 devem ter – obrigatoriamente – debaixo do painel, perto da coluna de direção, uma caixinha retangular cheia de pequenos pinos. É ali onde se encaixa o cabo do computador quando o carro é levado à oficina para resolver um problema. Os pinos estão conectados à Central Eletrônica e fornecem informações valiosas para se diagnosticar possíveis irregularidades no funcionamento do motor.

A causa do problema pode estar em um sensor da central, no catalisador ou outro componente eletrônico. O computador também detecta níveis de emissões irregulares, acima dos limites legais, de gases nocivos pelo escapamento. O sistema é chamado de OBD, iniciais em inglês de “On Board Diagnosis”: diagnóstico feito a partir de informações disponíveis no painel.

Ao se encaixar o cabo do computador no OBD, surge na tela a descrição de possíveis defeitos e irregularidades, e até mesmo quais componentes devem ser substituídos para a correção do problema.

Entretanto, surgiu agora no mercado mais um suposto economizador de combustível, desta vez mais sofisticado, pois deve ser encaixado no OBD. Seu fabricante anuncia que o aparelho interfere na Central Eletrônica, altera a regulagem do motor e reduz em até 15% o consumo de combustível. Ele se chama ECO OBD2, e a revista Quatro Rodas teve a boa ideia de testá-lo na pista. Utilizou para tanto um mesmo carro e rodou com sempre no mesmo circuito, com e sem o aparelho, para confirmar o que já se imaginava: não houve economia, o consumo foi exatamente o mesmo nas duas situações.

Aparelhos “mágicos” não fazem mágica. Se fosse mesmo possível economizar combustível, as montadoras seriam as primeiras interessadas em adotá-los. Em termos econômicos, o único resultado efetivo e incontestável do ECO OBD2, é o de reduzir em R$ 62,90 o saldo bancário de quem o adquire e aumentar o mesmo valor no saldo de quem o fabrica.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
10 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Emerson Alvi 14 de setembro de 2021

É aquela velha estória!! Um belo dia acordam, de manhã, um MALANDRO e um OTÁRIO… em algum momento desse dia, eles irão se encontrar… o resultado, todos já sabem!!

Avatar
Ozenei Moura da silva 14 de julho de 2021

Tem empresas q vc compra e eles nem entregam como é o caso da loja VIBESS safados

Avatar
awefa 29 de abril de 2021

Os cara uso o aparelho de modo errado e fala que é picaretagem. kkkk Quem conhece de carro sabe que o aparelho não traz economias instantâneas, é necessário rodar no minimo 150 milhas, para que o aparelho possa obter dados o suficiente para fazer um diagnóstico correto de como economizar gasolina. As próprias empresas já usam, porém essa tecnologia só tem nos carros elétricos, por enquanto.

Avatar
Claudio Crispim 10 de março de 2021

Ainda bem que visualizei os comentários antes de comprar.
Picaretagem.

Avatar
Euson 13 de dezembro de 2020

Senhores, deixo aqui o meu registro quanto ao uso do OBD2 ECO. Consegui uma redução significativa no consumo do meu veiculo da Renaud. Estrata elevei em até 3 km por litro e na cidade de 1 a 1,5 km por litro. Realizei a instalação do OBD2 com o quadro do veículo ligada e nao desligado, como a revista realizou.

Avatar
Cicero 14 de fevereiro de 2020

Comprei esse aparelho e realmente fui um otario..cambada de vagabundo..gastei 89 reais…sacanagem..

Avatar
Armando c.sousa 9 de fevereiro de 2020

Picaretagem. Não funciona. Cadê os órgãos de defesa do consumidor? Pq não obrigam a devolução do dinheiro? Pq a empresa continua oferecendo e mentindo? Tomem providências e processam essa empresa mentirosa

Avatar
Ewerton Nascimento 18 de novembro de 2019

Só ouvi verdades, no aliexpress é só oq eu vende isso ai como ferramenta de diagnostico, nada a ver com economia ou ajuste. Ai os pilantras aqui no Brasil como sempre desvirtuam as ideias para pegar os otarios.

Avatar
Alcir 23 de outubro de 2019

Esse cara é ótimo.

Avatar
Plínio Cesar 21 de fevereiro de 2018

kkkkk!!!!! Essa conclusão do saldo foi demais.

Avatar
Deixe um comentário