Bronco: equilíbrio entre asfalto e terra

Ford Bronco, utilitário esportivo que é sucesso nos Estados Unidos, será vendido em breve no mercado brasileiro. Veja os seus atributos:

Por Boris Feldman 06/05/21 às 21h30
Ford Bronco Sport
Ford Bronco Sport (Foto: Ford | Divulgação)

Marcado para o próximo dia 20/05, o primeiro grande lançamento da Ford no Brasil desde que ela se tornou uma importadora por aqui: é o Bronco Sport. Um utilitário esportivo que retornou no ano passado ao mercado americano com filas de espera de meses.

A versão Sport que vem para o Brasil, produzida no México, ao contrário da norte-americana mais para o off-road, consegue um bom equilíbrio entre o asfalto e a terra.

VEJA TAMBÉM

O motor 2.0 Ecoboost, é acoplado a um câmbio automático de oito marchas e tração 4×4 com um controle eletrônico que calibra a transmissão para sete modos diversos de condução em função do piso. Não faltam mimos eletrônicos de conforto e segurança, inclusive nove airbags de série.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
7 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Carlos 8 de maio de 2021

Ford, nunca mais!!

Avatar
Marcio rosa 7 de maio de 2021

Na verdade a FORD só produzia o KA e a ecosport no Brasil, tenho camionete RANGER a anos, ela sempre foi produzida na Argentina, assim como a também camionete HILUX, aliás, só a camionete L200 Mitsubishi que é produzida no BRASIL, essas fábricas fechadas serão absorvidas por outras marcas, as concessionárias do mesmo jeito, quanto a esse BRONCO, parece um carro muito bem construído, muito bonito, pena que é a gasolina, eu gosto de carro a dieesel, então está fora dos meus planos.

Avatar
Jorge Nicolau 8 de maio de 2021

Caro Marcio, o brasileiro tem que evoluir, camionete a diesel nos EUA vende apenas 30% do que vende as a gasolina, aqui é que nunca tivemos um motor decente como este em nenhuma camionete, a própria Ford errou ao lançar a Ranger Flex com o motor do Fusion 2.5 aspirado pois se tivesse sido com este 2.0 Ecoboost talvez até vc já tivesse tido uma e ainda teríamos esta opção no catálogo. Com o preço do diesel nas alturas se aproximando cada vez mais da gasolina e com o preço do seguro das diesel muito mais caro esta “vantagem” do diesel já era.

Avatar
Jorge Nicolau 7 de maio de 2021

A Ford vai ensinar a Jeep como que se faz um jipe de respeito.

Avatar
Cris 8 de maio de 2021

Sempre fez

Avatar
José Carlos dos Santos 7 de maio de 2021

Adquirir um carro de quem deixou de gerar postos de trabalho no país é um fato a considerar. Compra quem quer e pode, mas definitivamente não é – e nem será de longe minha opção de compra na lista de importados.

Avatar
Diego 7 de maio de 2021

Pois é. Mas o público alvo dos novos produtos da Ford está bem mais elitizada. A maioria não dará bola para esse argumento.

Avatar
Deixe um comentário