Motor 2.0 da Amarok: com a “boca na botija”

O motor 2.0 turbo diesel da Amarok sai de linha com uma fama não tão agradável para a fabricante da picape alemã

amarok estrada de terra portal
Motor 2.0 diesel da Amarok já estava com a imagem desgastada no Brasil (Foto: Volkswagen | Divulgação)
Por Boris Feldman
28 de junho de 2022 20:02

A Volkswagen acaba de eliminar o motor 2.0  turbo diesel da picape Amarok, que era a sua versão mais barata, chamada de entrada. Que passa a ser agora a Comfortline com motor V6, também diesel, de 258 cv com câmbio automático de oito marchas, por R$ 294.000.

VEJA TAMBÉM:

Por que a Volkswagen eliminou o motor 2.0 turbo diesel da Amarok?

1- por não se adequar às novas exigências da fase L7 do Proconve de Controle Ambiental, que apertou as exigências de emissões;

2 – este motor teve sua imagem desgastada, pois foi o único da Volkswagen, no Brasil envolvido no triste episódio do “dieselgate”, pois fraudou para o governo americano o relatório de emissões de poluentes. E flagrada com a boca na botija o que deflagrou um escândalo de nivel mundial, com queda de cabeças e até a prisão de executivos do grupo VW.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário