Vale a pena comprar o atual Peugeot 208 mesmo com o novo vindo aí?

O novíssimo Peugeot 208 será exatamente igual ao europeu. Ele deverá conviver por algum tempo com a geração atual do hatch compacto

Por Boris Feldman24/02/20 às 06h15

A Peugeot, neste esforço para melhorar a imagem da marca no Brasil, confirma o lançamento da novíssima geração do 208 para o final de maio. Ele será produzido na Argentina, onde a PSA – Peugeot e Citroën têm uma fábrica em El Palomar, e de lá importado para o Brasil.

Isto significa que a atual geração do 208, produzida em Porto Real no Rio de Janeiro, tem vida curta. Significa também que os interessados no hatch compacto Peugeot 208 têm duas opções: esperar até o final de maio a nova geração, ou comprar a atual. Mas, pechinchando tudo a que tem direito nas concessionárias da marca.

Este novo 208 é exatamente igual ao seu irmão europeu. E conseguiu, pela primeira vez, desbancar o Renault Clio da liderança no mercado francês.

Atual geração do Peugeot 208: nova chega no fim de maio
Atual geração do Peugeot 208: nova chega no fim de maio (Foto Peugeot | Divulgação)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Wilmondes Ferreira Cavalcante 27 de julho de 2020

    Compensa pois o atual tem motor mais moderno que o novo que virá, ainda que isso seja um completo absurdo proporcionado pela PSA do Brasil.

Avatar
Deixe um comentário