Após a nova Chevrolet S10, a hora e a vez do Trailblazer

Com avanços tecnológicos, o utilitário esportivo Chevrolet Trailblazer chega como modelo 2021 e será vendida em apenas uma versão

Por Boris Feldman 03/09/20 às 07h30
novo suv utilitario esportivo gm chevrolet trailblazer 2021
Novo utilitário esportivo Chevrolet Trailblazer Premier 2021 com a dianteira em detalhe (Foto: Chevrolet | Divulgação)

Há cerca de um mês foi lançada a nova S10, completamente reformulada pela GM. Chegou agora a vez da sua irmã SUV, o utilitário esportivo Chevrolet Trailblazer; que recebeu mais ou menos o mesmo bisturi que a S10.

Veio na versão mais chique, a Premier, com os mesmos avanços eletrônicos da picape, como por exemplo o moderno sistema de alerta de obstáculos à frente com frenagem automática.

Motor 2.8 turbodiesel de 200 cavalos, acoplado a um câmbio automático de seis marchas e tração 4×4.

O interior tem a sofisticação de um automóvel, com uma central multimídia de 8’’ e Wi-Fi nativo. O preço de lançamento do novo Chevrolet Trailblazer é de R$ 269,8 mil.

Novo utilitário esportivo Chevrolet Trailblazer Premier 2021 com a dianteira em detalhe
Mesma reestilização da picape S10: nova Trailblazer chega ao Brasil em apenas uma versão (Foto Chevrolet | Divulgação)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Danilo 4 de outubro de 2020

    Pelo que li a S10 e a Trailblazer difere apenas no alerta de ponto cego e pela fileira extra de bancos que permite levar até 7 pessoas. O que não faz sentido é pagar 50 mil a mais. As propostas dos carros são diferentes entendo mas certeza o custo de produção dos carros são semelhantes e não justifica esse valor tão elevado. A SW4 já é um carro praticamente destinto da Hillux, detalhes de luxo em acabamento e esteticamente totalmente diferente a SW4. Pelos 50 mil a + da Trailblazer deveria ter acrescentado “geladeira”, telas para passageiros, piloto automático adaptativo, bloqueio de diferencial, carregamento de celular por indução, banco elétrico para passageiro e ar condicionado digital no mínimo dual zone, conjunto óptico full led ou xenon, teto solar ou panorámico, camera 360… A SW4 e a Pajero Sport entregam muito mais.

Avatar
Deixe um comentário