Novo Honda para desbancar Yaris, Polo e Onix

Novo City hatch chega ao mercado para suprir a ausência de um modelo da Honda neste segmento e promete incomodar seus rivais

Por Boris Feldman 08/12/20 às 21h31
honda city hatchback 2021
Honda City hatchback (Foto: Honda | Divulgação)

A Honda sente falta de ter no mercado brasileiro um hatch compacto para fazer frente a alguns modelos desse segmento. Como, por exemplo, o Yaris de sua arquirrival, a Toyota.

Além de outros, como o Polo da Volkswagen ou o Chevrolet Onix.

E o Fit, que poderia fazer frente a esses modelos, foi se sofisticando, ficando mais caro e chegou a um segmento acima. Agora, aproveitando uma reestilização do City, sua nova geração virá, além do sedã, também com uma versão hatch.

Que chega ao Brasil no próximo ano, provavelmente lançando aqui um novíssimo motor da marca, cheio de tecnologia: 1.0, três cilindros, turbo, desenvolvendo 122 cv e acoplado a um câmbio automático do tipo CVT.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
23 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Greg 11 de dezembro de 2020

A muitos relatos de problemas no Civic g10 versão turbo. Fazer carros duráveis utilizando motores aspirados de arquitetura antiga é fácil, no mais se vier com preço na média do mercado pode vender bem, já que o design ficou muito acertado

Avatar
Helton Benjamin da cunha 10 de dezembro de 2020

Muito bom mesmo , e tinha que volta modelo honda civic 2004 com a carroceria só um pouco inovada, e câmbio de 8 marchas visando a super economia de combustível. E corres chamativas …Da pinturas

Avatar
Calatrava1410 10 de dezembro de 2020

Eu tenho uma grande dúvida.
Daqui há cinco anos quando eu pretender trocar de carro e não tiver mais câmbio manual, o que deverei fazer?
Comprar um CVT mesmo a contra gosto ou nunca mais trocar de carro?.

Avatar
Xpto 10 de dezembro de 2020

Cara, daqui uns anos carro manual vai ser só esportivo. Infelizmente

Avatar
EDSON NISSIUTI 9 de dezembro de 2020

Para uso até 03 anos e no máximo 50.000km, melhor ir de polo ou onix. Acima disso honda tem melhor custo benefício devido a qualidade das peças que tem maior durabilidade.

Avatar
Emerson 1 de janeiro de 2021

Seria ,o problema é q o polo é cheio de probleminhas e o Onix pega fogo antes dos 50 mil…

Avatar
Leandro Barbosa 9 de dezembro de 2020

Vai ser um baita carro, mas infelizmente o que mata na Honda é ela achar que os carros dela valem mais do que realmente valem.. Por isso alguns modelos vendem bem menos do que os rivais.

Avatar
Nilton Cesar Rodrigues Lima 9 de dezembro de 2020

Já tem tudo para atrasar,a beleza de design do HB20 com a qualidade Honda

Avatar
Jotalhão Júnior (JJ) 9 de dezembro de 2020

Esse carro serâ uma grande enganacao. Com pouco motor (1.0 com 3 cilindros) e câmbio CVT. Vai gastar mais combustível que as versors anteriores por possuir motorizacao inferior. Como disse o colega, numa subida vai dar trabalho. A manutenção vai ser muito cara, cim peças e serviços caros, pelo simples fato da moeda ter desvalorizado muito. A Honda não é mais interessante. Preço muito acima do valor real de produção e com pouco retorno. Por 50 mil, compra-se um carro usado de outra marca, muito melhor, faz-se uma revisao e tem-se carro para muitos anos.

Avatar
Ronaldo Antonio Moreira Filho 11 de dezembro de 2020

Aí que tá: litragem de motor não é sinônimo de potência quando se tem a adição de um turbocompressor na jogada, que é o caso desse Honda. Parece-me que você se ateve apenas ao tamanho do motor. Pegue, por exemplo, o Polo 1.0 3 cilindros turbo, que tem 12 cavalos a menos que um Sentra 2.0, mas 0,4 kgfm a mais de torque. Quanto a passar sufoco em subidas, o que manda nessas situações é o torque do veículo e o seu momento de entrega. Garanto pra você que o Polo acima sobe um morro com muito mais desenvoltura que o Sentra.

Avatar
Emerson 1 de janeiro de 2021

Os carros 3 cilindros são turbinados são mais fortes como aconteceu com o Polo, e Honda e Toyota são carros q não quebra como woks Chevrolet,Ford e outros vc vai comprar e vender sem ele visitar uma oficina.Resumindo quem compra Honda ou Toyota não quer saber mais de outro carro.

Avatar
EDVALDO RODRIGUES 9 de dezembro de 2020

Pode ser um grande sucesso, a Honda tem nohall pra isso, porém precisa parar de inventar peças exclusivas como bateria por exemplo, fazer o simples e deixar a manutenção barata, só falta isso pra Honda deslanchar de verdade!

Avatar
Mendel Bernardes 9 de dezembro de 2020

Boris, não se fala em potência sem falar em torque.

Avatar
felipe a c hajala 9 de dezembro de 2020

Honda e custoxbeneficio não cabem na mesma frase. Concorrer com Onix ? Impossível. Vai ser só mais um, e vender tanto quanto o Yaris

Avatar
Emerson 1 de janeiro de 2021

Comparar um Honda com um Onix é só pra quem não tem conhecimento.Honda é confiável, não quebra é carro pra viajar tranquilo.Onix vive super aquecendo p qualquer distâncinha e vive pegando fogo sozinho pelas ruas só olhar no Google ou perguntar um mecânico.Doido é quem tem coragem de por sua família dentro de um carro desse p viajar

Avatar
Marcão 9 de dezembro de 2020

Câmbio cvt já tive e bem confortável mas patina bastante numa subida se pisar fundo, tem de se acostumar. Não sei se mudou, tinha sumido agora voltou.

Avatar
Marcos 9 de dezembro de 2020

Carro no brasil é muito caro,o que mata é os impostos.

Avatar
LUCAS MACHADO DA SILVA 10 de dezembro de 2020

Aqui em MG o ipva é 4%. Uma verdadeira máfia.

Avatar
Airplane 8 de dezembro de 2020

Para desbancar seus concorrentes o novo Honda City hatch terá que ter um bom preço que forneça uma relação custo/benefício vantajosa em relação a HB20, Onix, Polo e Yaris. Aguardemos para ver !

Avatar
Jardel 9 de dezembro de 2020

Nunca vai conseguir, pois o custo de manter um honda é muito acima da média!

Avatar
Leandro Barbosa 9 de dezembro de 2020

Isso de custo para manter é relativo, pq no geral vc paga mais barato na manutenção do Onix, mas ele vai dar bem mais manutenção.. Então por exemplo vc troca um amortecedor do Onix a cada 50 mil km e um Honda passa dos 100mil (Meu civic troquei até agora só os traseiros com 110.000km rodados e ainda nem estava ruim). Velas mesma coisa.. E por aí vai…

Avatar
CrisCristiano 10 de dezembro de 2020

Isso é verdade tenho um Honda fit 2011 com 110 mil e a embreagem é original ainda. Claro tenho desde de zero. Conheço o carro e cuido. Mas nunca me incomodou em nada… quem sabe esse seja o próximo Honda da família.

Avatar
Emerson 1 de janeiro de 2021

Acho q vc não tem um Honda por isso tá falando.Tenho um 2015 nunca quebrou uma lâmpada, não conhece uma oficina é de imprecionar a resistência, quem compra um Japonês não compra mais essas enganações q embora.Agora eu entendo q o que é bom é mais caro mesmo.

Avatar
Deixe um comentário