Motor 1.0 rende o mesmo que um 1.8! É possível?

Mais tecnológico, o novo motor da Fiat vai aposentar o 1.8, que deveria estar no museu, e equipar os novos carros da Stellantis

Por Boris Feldman 28/03/21 às 21h30
motor da fiat fca
Novo motor da Fiat tem mais potência (Foto: Shutterstock)

Para se ter uma ideia da evolução tecnológica dos motores, um bom exemplo é o que está acontecendo agora com a Fiat Jeep, que eram FCA e agora pertencem a Stellantis, que engloba também Peugeot e Citroën.

Modelos da Fiat e da Jeep ainda usam um antiquado motor 1.8, que era gasolina, depois virou flex, que desenvolve 139 cv com etanol e 135 cv com gasolina.

Esse motor 1.8, que já devia estar no museu, mas ainda está no Renegade e outros modelos, será substituído por uma nova geração, a Firefly turbo com injeção direta.

Reparem na diferença: o novo motor 1.0, três cilindros, vai desenvolver cerca de 130 cv, quase o mesmo que o antigo 1.8. E a 1.3, de quatro cilindros, 180 cv. Mais potentes e com menor consumo e emissões, tudo graças à tecnologia.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
139 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Paulo 5 de abril de 2021

Ótimo, temos direito de ter veículos modernos a preço justo e condições financeiras de adquirir.
Temos direito também de estradas e combustível de qualidade! E que venham os elétricos.

Avatar
Elias 5 de abril de 2021

O sistema Adventure inteligence sera inovador. A Jeep esta trazendo isto. Bem diferente dos sistemas de conectividade de outras marcas. Jeep inovando.

Avatar
Eder dioi rosa varella 5 de abril de 2021

Gasolina? Etanol? Não sei porque ainda imvestem em motores a combustão se o mercado esta sendo inundado pelo.s eletricos. Quero so ver a qual valor vai ir a energia daqui 2 ou 3 anos com essa frotabtoda pendurada nas tomadas, igual a celular que o pessoal briga por uma tomadinha em.qualqier lugar que vai.

Avatar
WEVERTON PORCEL 4 de abril de 2021

Sabe pq a Fiat e tantas outras montadoras estão desenvolvendo tantos carros? Pq existem milhões de brasileiros que pagam valores absurdos por esses carros. Precisamos sim de carros cada vez mais tecnológicos porém a preço justo!!
Vendi meu carro em março de 2019, e desde então estou andando de Uber!! Se preciso ir um pouco mais longe ou alguma viagem alugo um carro, e acreditem está saindo muito mais barato do que manter um carro na garagem.

Avatar
Marcus Vinicius Kvitschal 4 de abril de 2021

Perfeito o seu raciocínio. Para quem mora em grandes cidades onde há muitas opções de transporte como Uber, é a estratégia ideal. Economia e praticidade, com certeza. Quem sabe assim as montadoras abaixam os preços absurdos do veículos no Brasil. Tenho que concordar que esses novos motores são uma evolução fantástica, mas é muito dinheiro por esses carrinhos 1.0

Avatar
RICARDO ROBERTO 19 de maio de 2021

Os caras pensam que tudo no Brasil acontece como nas grandes cidades…

Avatar
Vicente Forlenza Neto 4 de abril de 2021

Quero ver a durabilidade

Avatar
Gustavo Gomes 5 de abril de 2021

A durabilidade acaba sendo bem maior, pois a tecnologia empregada aliada às condições das estradas e combustíveis de superior qualidade entre outros, exibem automóveis com larga quilometragem, rodando como seminovos

Avatar
Frank Lima 5 de abril de 2021

Li em várias publicações, que, os motores 1.0 turbo serão as bombas do futuro…
será mesmo??😬🤔

Avatar
Gustavo Gomes 5 de abril de 2021

Acho que,como tudo, requer saber usar: o motorista é que decide quanto tempo o seu motor vai durar. Depende da manutenção, da forma de dirigir, as estradas por onde circula, entre outros fatores.

Avatar
Gustavo Gomes 4 de abril de 2021

Há alguns anos atrás quando a Ford lançava seus novos modelos Ka, Fiesta, a Europa já lançava modelos mais modernos ainda, inclusive um Ka com motor 1.0 turbo de 140 CV com velocidade máxima de 202 km/h e fazendo 22 km/lt a gasolina. Por aí podemos ver como os motores brasileiros estão obsoletos e beberrões, apesar da injeção eletrônica!

Avatar
Tiago Tadeu pagini 4 de abril de 2021

Sem dúvidas… o Brasil num todo é atrasado e, isso se deve ao interesse dos políticos, que cada vez mais ganham mais e têm muito mais privilégios, como o aumento de 170% do auxílio hospitalar que passou de 50 mil para 135.400,00 bem na pandemia… engraçado né? E ninguém faz nada…

Avatar
Charles Hollerwerger 4 de abril de 2021

Problema é nosso lixo (gasolina) tem tudo nela, menos gasolina! Solvente, glicerina,e outras porcarias. Gasolina que pagamos este absurdo, na minha opinião 1.50 ainda é cara!!!

Avatar
Gustavo Gomes 5 de abril de 2021

Sim, combustível é fundamental para o bom desempenho e performance dos propulsores. Os combustíveis europeus têm maior octanagem, além da pureza ser relevante, sem adição da água contida no álcool. Aqui como país rico e grande produtor de petróleo, poderíamos ter senão superior, pelo menos a mesma qualidade. Infelizmente conhecemos as nossas mazelas!

Avatar
. Orlando Jardim 5 de abril de 2021

Bom dia..eexatamente isso porque a Estatal Petrobras quer ser Única e alguns Políticos Roubam. E o Povo paga … outra coisa cadê a nova gasolina com mais octanas? Aqui na nossa cidade ainda não chegou (região Serrana do RJ) enfim o povão sendo Eng. De novo….

Avatar
Carlos Rogério de Souza 4 de abril de 2021

Muito útil ao agradável em evolução 😉

Avatar
Valdinei Cortezia 4 de abril de 2021

As indústrias vem com uma onda de pregação da mentira trazendo uma piora da qualidade dos produtos que oferecem desvantagem na vida útil durabilidade e resistência e vem alegando esse papo furado que tem como objetivo vender a ideias deles
Com isso o produto final para eles saem muito mais barato como conseguencia o lucro bem alto precisamos regeitar essas idéias ruins
Outra coisa carros feitos com o mínimo de segurança diante da possibilidade de uma colisão estão matando muito mais porque os ocupantes do veículo acidentado são vítimas de das fragilidadez desses veículos que se desmancham não oferecendo a proteção de seus ocupantes as normas da indústria automobilística deveriam ser revistas repensadas para trazer proteção aos condutores e ocupantes não se pode culpar o motorista ou outras coisas pelas mortes no trânsito a indústria automobilística tem sua grande parcela de culpa nas mortes em acidentes de trânsitos de qualquer natureza é o que penso .

Avatar
Ramiro 4 de abril de 2021

E o povo quer isso?

Avatar
André Luís Streck 4 de abril de 2021

Não vejo nada de errado com o motor 1.8 da Fiat.
Moro em Canoas – RS e tenho um Cronos Precision manual que faço cerca de 12 Km/l de gasolina na cidade, na estrada depende do acelerador, andando na boa acompanhando o trânsito a 80 km/h sem forçar já fiz média em viagem de 22,1 Km/l (no inverno sem A/C) mas em condições normais com ar ligado em trecho de serra e dando umas esticadinhas até 120/130 onde possível fica entre 14 e 15 km/l, não tenho do que reclamar.
Nunca testei no Álcool (ou Etanol cono quem que chamem agora) pois aqui no RS tem lugares que é até mais caro que a gasolina…

Avatar
Mateus 5 de abril de 2021

Você é pescador também? Eita mentira danada

Avatar
André Luís Streck 5 de abril de 2021

Dia 06/05/20, 21,2 km/l média de viagem 71,5 km/h acabei de conferir na minha planilha de abastecimento.
Quilometragem no último abastecimento 13.096,2 km (80% na cidade) total abastecido até agora 1.031,20 litros (incluindo os 46 litros colocados quando peguei o carro na concessionária). Média geral 13,3 km/l descontado a primeira abastecida.

Avatar
André Luís Streck 5 de abril de 2021

Coração, 22,1 Km/l na data mencionada.
E a propósito, não sei pescar, não pego nem sardinha…

Avatar
JONAS PENEDO SANDOVAL 5 de abril de 2021

Compra uma toro que vc vai entender kkk

Avatar
André Luís Streck 5 de abril de 2021

Bom, uma Toro é muito mais pesada além de que meu carro é manual e tem uma relação final relativamente longa, na velocidade que fiz a viagem o máximo que chegou em quinta foi a 2.000 RPM.

Avatar
Almir 4 de abril de 2021

Vamos ver se os motores turbo atuais são melhores que aqueles do passado, como aquele usado no gol 1.0 turbo, que teve muitas reclamações. Quando começarem a passar pela manutenção, saberemos.

Avatar
Marcus Vinicius Kvitschal 4 de abril de 2021

Pois é. Eu tenho um C4 Lounge 1.6 THP com 72 mil km, e está queimando 1L de óleo a cada 1000km. Estou tentando resolver com a Citroen há tempos, e agora eles reconheceram o problema que já venho reclamando há anos. Vamos ver se eles vão resolver… Mas é um estresse.

Avatar
Juninho silveira 4 de abril de 2021

Acho que não vale muito a pena comprar um carro turbo achando que vai economizar combustível, pois qualquer carro quando pisamos fundo eles acabam tendo o mesmo consumo. Já tive vários carros e já tive a oportunidade de andar em um carro 1.0 turbo sinceramente não achei grandes coisas tenho um Civic lxr 2014 2.0 e no entanol ele tem a mesma média que o Ka 3 cilindros que já tive a região que moro tem muita montanha e acaba andando em marcha forte e acaba consumindo mais!

Avatar
Nelson 4 de abril de 2021

A Fiat enriqueceu, comprou outras montadoras, fabricando os piores carros do planeta, Fiat 147, o 500, Fiat uno e encheu os países em desenvolvimento com estas e outras porcarias como os “renegades”,usando a marca JEEP como referência para uma porcaria que as pessoas pensam ser “off road”,deveriam ser processados por propaganda enganosa, são piores que a máfia! Desqualificados!

Avatar
Carlos Eduardo de Abreu 4 de abril de 2021

Tu não entende nada de carro, vai ver se sabe cozinhar

Avatar
Ronair 4 de abril de 2021

Negócio da Fiat e soltar modelos diferentes dos outros concorrentes.

Avatar
Luiz Kragel Muniz 4 de abril de 2021

O que sempre vejo,é toda vez que vai lançar um veiculo,a marca vem falando com a boca cheia que tal carro vai bater de frente com aquele ou com outro de outra marca,mas em matéria de preço não.Nao vejo ninguém dando um preço aí de 30 % menor que as outras já existente.Entao pra mim é mesmo que tapar os olhos do cliente com a peneira.

Avatar
Joseval Nogueira da Silva 4 de abril de 2021

Meu carro é um Corsa classic 2013 ele pega de manhã de boa mas quando rodado por algum tempo ele fica ruim pra pegar responde aí Boris auto papo o melhor

Avatar
Jorgino jorge da Silveira 4 de abril de 2021

Sempre trabalhei com revenda de automóveis, posso garantir geração turbo atual são ótimos e resistente, é só ver primeira troca do uptsi 120 mil km. Ao dirigir da surra em 1.8. É só comparar ficha técnica. Agora sujeito fica 10 anos mesmo carro fala sem conhecimento. Abraço

Avatar
Adilson 4 de abril de 2021

Não vejo economia nem uma nisso eu não dispenso ó motor 2.2 ou ó 2.0 alí guenta corro pau é cassete

Avatar
Marcio Madeira 4 de abril de 2021

Meu carro é um celta 2012 e ele não fica pra trás de 1.8 tão fácil assim, mas ele realmente consome muito combustível,ele anda bem,tem um ótimo desenvolvimento, mas se passa de 120 ele começa a beber consigo desenvolver ele muito rápido mas quando coloco ums 120 140 ele bebe um pouco mesmo,não vejo muita economia no carro 1.0 a não ser q eu andar só até 80 ou90 por hora,

Avatar
Vieira 4 de abril de 2021

Por mais tecnologia desenvolvida, isso eles nunca se preocupam, pois todos motores a combustão apresentam os mesmos consumos partir de 100km/h.

Avatar
Carlos Eduardo de Abreu 4 de abril de 2021

Vc entende muito de carro, deveria ser professor de tecnologia

Avatar
Francisco 4 de abril de 2021

Melhor motor foi o Ap. Essas tecnologia novas veio para encarecer os produto e aumentar a mão de obra. Não irão fabricar mais carros q duram pois assim o mercado não gira. É dificil dizer em economia pois esses combustíveis batizados ruins pelo valor de bom carro algum terá um bom desempenho. Hj o mundo aposta nas tecnologia dos carros eletricos. Se os convencionais já estão em alto valores imagino os eletricos.

Avatar
Nelio 4 de abril de 2021

Gostaria de saber quando os fabricantes de veículos vão fabricar veículos com preços populares e com vida útil como tinha o Fusca , estar na hora de pensar nas pessoas !
Quando poderemos pagar o mesmo preço no veículo que é exportado !

Avatar
Antonio Carlos Fernandes 4 de abril de 2021

Nunca mais meu amigo, a tendência é para carros cada vês mais descartável.

Avatar
Edimar pereira gomes 4 de abril de 2021

Oque não dizem é que a vida útil desses motores é descartável pelo fato de trabalharem muito com pouca massa.

Avatar
Gustavo 4 de abril de 2021

Motores turbo potência aliado ao baixo consumo de combustível ⛽.
Tenho um cruze turbo 1.4 sensacional os novos motores turbo.

Avatar
Elpidio 4 de abril de 2021

Qual tecnologia? Explique…

Avatar
Flavio 2 de abril de 2021

Pra mim, esses motor turbo são tudo geração Nutela. Se não cuidar com a manutenção correta, vai tudo pipocar. Ai quero ver na hora de trocar as peças, se lembre é um motor turbo.$$$$$$$$$$

Avatar
ALDO BATISTA DOS SANTOS GAMA 4 de abril de 2021

Porque a china não aceitou o motor 3 cilindros?

Avatar
Flavio 4 de abril de 2021

Nem precisa de resposta, por que só o Brasil aceita esta tipo de tecnologia, mas na real falta é informação para o consumidor, ou o consumidor não quer dispor de dinheiro para deixar a manutenção em dia.

Avatar
Flavio 4 de abril de 2021

Nem precisa de resposta, um dos motivos que sei, e pelo fato de gerar muito ruído, por que só o Brasil aceita esta tipo de tecnologia, mas na real falta é informação para o consumidor, ou o consumidor não quer dispor de dinheiro para deixar a manutenção em dia.

Avatar
Marcus Vinicius Kvitschal 4 de abril de 2021

Não é bem assim não. Tenho um C4 Lounge com 72mil Km, todas as revisões só na concessionária Citroen, todo feito direitinho conforme cronograma de manutenção da fábrica. Sempre reclamei que o motor abaixava óleo, e nunca me deram bola. Agora, está consumindo 1L de óleo a cada 1.000km rodados, em média. Já um Focus 2.0 aspirado que tive, rodei 110.000km e nunca consumiu óleo algum. Se a Citroen não resolver meu problema, certamente acho difícil comprar um THP depois disso.

Avatar
Vladmir 2 de abril de 2021

Pelo fato do motor ter 3 cilindros já aumenta muito o Tork e menos atrito porque tem um número menor de peças e
O cálculo e feito Tork×peso então esse motor concerteza vai ter mais Tork na saída e ser mais econômico

Avatar
Paulo 2 de abril de 2021

Cai na ilusão de comprar um Onix plus 1.0 turbo, faz 5.5 no álcool já tive Corsa 1.8 flex que anda muito mais que fazia 8.5 também no álcool propaganda enganosa…

Avatar
Osvaldo 2 de abril de 2021

Seu Butão!!!!

Avatar
Gustavo 4 de abril de 2021

Amigo esses novos veículo são feitos para rodar de 1500 a 2000 RPM no máximo eficácia de consumo, acima disso são beberrões.

Avatar
Jonatas 2 de abril de 2021

Nossa quanta besteira nesses comentários gente estamos em 2021 e impossível continuar com motores antigos beberrões com as novas normas ambientais mesmo no Brasil
Quem fala mal de motor turbo e porque nunca teve um.

Avatar
Carlos Eduardo de Abreu 4 de abril de 2021

Concordo

Avatar
Peste 2 de abril de 2021

No museu deviam estar certos jornalistas. Um museu dedicado às ignorância e à estupidez.
A dinâmica de um 1.8 comparada com a de um 1.0 é como comparar uma CBR com uma trotineta! Cambada de rendidos e vendidos!

Avatar
Reis 2 de abril de 2021

Concordo. Comparar um motor 1.8 com 1.0 é insano.

Avatar
Jerry 4 de abril de 2021

Fato!

Avatar
Juliana Reis Freitas 2 de abril de 2021

O Boris, faça uma matéria dizendo quanto custa pra trocar a correia dentada do Vw Up tsi e dos demais 1.0 3 cilindros.

Avatar
Edimar pereira gomes 4 de abril de 2021

Ele devia dizer quanto recebe das montadoras pra vender esse produto descartável

Avatar
Gilmar Ribeiro Da veiga 2 de abril de 2021

Já um motor lixxooo mil vai ser igual 1.8 ou 2.0 isto só propaganda enganosa e a mesma coisa que um dizer que um motor de f1ou f indy e igual de um carro comum

Avatar
Rogério Vieira Filho 2 de abril de 2021

A Stellantis está comprometida em trazer para o mercado o melhor em motores turbo e elétrico com muita tecnologia e economia. Sempre comprei carro zero ou semi-novo de luxo,mas agora estou sem veículo e continuarei por muito tempo…Um absurdo o valor de um veículo no Brasil ainda mais sendo turbo ou elétrico,sem contar depois a revenda. Aguardando um novo conceito de veículo por assinatura com valores acessível! A única propaganda que tenho visto a este respeito é o modelo cashback Car que ao meu ver é muito vantajoso,mas ainda não tenho coragem de aderir antes de ver o retorno do aporte de 100% depois 15 meses de assinatura das pessoas que aderiram esta modalidade.

Avatar
Sergio Ortmann 2 de abril de 2021

Isso tudo é perca de tempo e atraso o certo é desenvolver motores elétricos potentes com baterias que durem 350 km média por carga no uso pleno e 450 no uso moderado combustão é coisa que já esta sendo substituído na Europa e agora nos USA … toda a frota oficial
Então para que perder tempo com algo que vai virar peça de museu , como o primeiro celular Motorola c/ linha … Não existe lógica

Avatar
Jônatas 2 de abril de 2021

Motor de 3 cilindros é economia para as montadoras e fábricas, baixa durabilidade, carro descartável e alta no faturamento, mas o brasileiro compra né?…
Porque o motor do Monza agora está apenas na S10 e Blazer?
Bobinhos…
Lembram que ficamos sem substituto para o Vectra? Pois o Cruze usa motor de Corsa… A GM sacou que no Brasil dá pra vender motor família I pelo preço de família II…
O brasileiro paga!

Avatar
Jeffetson ananias de brito 2 de abril de 2021

Para cruze motor de Corsa não entende nada,c falasse q e um motor de Vectra 16v mais inovado ia concordar

Avatar
Edimar pereira gomes 4 de abril de 2021

Concordo plenamente contigo

Avatar
Sandro 4 de abril de 2021

Pura verdade nos Brasileiros dizemos amém a tudo quanto é lixo.
Desde uma caixa de bombom que cada dia vem menos a um carro descartar que não tem mais qualidade alguma.
Comprei um Argo pensem no lixo que é!

Avatar
Jagunço 2 de abril de 2021

Por isso esse é um país de 5 categoria, por que não aceitam a tecnologia, ouvir “lata dos carros antigos são melhores, motores 3 cilindros são descartáveis” me enojam, isso é o famoso complexo de inferioridade, o cara ganha 2 mil e quer ter carro de 50, e se o carro quebrar bota o defeito no carro ainda por que a manutenção é cara. Merecemos esse fardo, enquanto tivermos essa cultura pobre e ignorante!

Avatar
Gabriel 4 de abril de 2021

Verdade, a ignorância é monstruosa, no país carro de 50 mil é um gol meia boca, tudo de plástico, vagabundo ,péssimo em qualidade, Portugal, Estados Unidos, nem citarei outros locais um carro de 20 mil dólares, 25 mil euros é uma bosta de mercedes, um lixo de BMW e um ridículo camaro, de fato dá nojo de ler pessoas escrevendo em meu país, NENHUM DESSES HORRÍVEIS CARROS VENDIDOS LÁ FORA SÃO 3 CILINDROS, NOVA TECNOLOGIA LÁ FORA É MOTOR ELÉTRICO.

Avatar
Jhony 2 de abril de 2021

E a durabilidade a longo prazo?carros turbo do inicio doas anos 2000 hoje só dão dor de cabeça.Carros q custão acima de R$100 mil devem durar muito mas com oito , dez anos começam a dar uma manutenção caríssima e o segundo e terceiro donos ficam a ver navios.mesma coisa carros eletricos pelo preço de carros no Brasil é furada total .ter carros turbo ou elétricos apena para acompanhar o midismo é igual aos Suvs…..

Avatar
RÁDIO local 2 de abril de 2021

Sem comentários noa sé descute com a experiência

Avatar
Paulinho Gomes 4 de abril de 2021

Qualquer zero a esquerda,sabe que estes motores 1.0 turbo tem vida curta, mas se você é rico e pode trocar de carro anualmente, bom proveito!!! Vale lembrar que quem é realmente rico anda de mercedes ou BMW com motores de 180 a 340HP ou seja, carro de verdade!!!
Agora, você aí, assalariado brasileiro proprietário de um motor turbo 3 cilindros, prepare o bolso.

Avatar
RÁDIO local 2 de abril de 2021

Sempre trazendo às novidade automobilismo

Avatar
Alexandre Moura 2 de abril de 2021

e a vida util destes motores de papael?

Avatar
Paulo serrone 1 de abril de 2021

Mais tecnologico e mais caro de se manter também!!!! Vai ver quanto custa uma turbina nova!!! Fora os bicos injetores.

Avatar
Carlos Henrique 1 de abril de 2021

Vivemos a era dos motores e cambios descartaveis, rendem uma potencia cobsideravel em funçao de sua baixa cilindrada mas cambios com 60, 70 mil Km ja apresentam desgaste e ruidos e motores nao vao tambem muito longe…

Avatar
Alexandre 1 de abril de 2021

2030 já está quase chegando e se vc reclama que são motores e câmbio descartáveis , saiba que não é bem assim,e que nesse ano é o ano que as fabricas deverão parar a fabricação de motores à combustão e usar somente os elétricos

Avatar
Paulo 4 de abril de 2021

Eu tenho um THP com 180mil km e ta tudo certo…só fazer as trocas corretas que tudo funciona. E quem anda com turbina, nunca mais sente prazer em aspirado…

Avatar
Marcus Vinicius Kvitschal 4 de abril de 2021

Vou ter que discordar. Meu C4 Lounge 1.6THP está abrindo o bico com com 70mil km. Consumo de 1L de óleo a cada 1000km (aguardando um resposta da Citroen – hoje também do grupo Stellantis). E toda manutenção feita direitinho na concessionária autorizada conforme manda o manual do fabricante. E detalhe que o carro é todo original, sem chipagem, e só ando com a família. Já estou me questionando se esse downsize de motores é mesmo interessante.

Avatar
Araujo 1 de abril de 2021

O título do anúncio e possível sim um motor 1.0 ter o mesmo rendimento que 1.8 concordo porém a taxa de compressão e maior onde a comparação seria de 1.0 turbo pra um 1.8 aspirado que trabalha mais suave sem fazer força e 1.0 turbinado se der pau na turbina já era kkkk vai andar a 50km/h

Avatar
Alexandre 1 de abril de 2021

Vc acha que os motores turbo tem durabilidade reduzida? Ou que as peças do turbo são mais caras? Então voce está de volta aos anos 90… Os motores turbo novos são tão duráveis e eficientes quanto aqueles quites adaptados nos motores antigos que as fabricas vendiam direto da linha de produção… E os elétricos já estão chegando sem câmbio, embreagem, sem pistões e válvulas, sem gasolina ou óleo lubrificante… O que vai baratear em muito os novos elétricos que já estão vindo… Hoje temos por aqui alguns modelos importados mas que passam dos 120 mil reais… A tendência é reduzir e muito esses valores e igualar se aos a combustível atuais…

Avatar
Leonardo LL 1 de abril de 2021

Engraçado vcs falam que esse motor 1.8 da fiat deveria estar no museu, e a geração dos motores 1.8 8v da GM deveria estar aonde então? Pq esse são usados desde o Monza para cá só ganhou injeção e pequenas alterações, tanto que existe até hj o local para encaixar o bom e velho distribuidor kkkkk …

Avatar
Rafael 1 de abril de 2021

Falou bem!
Motores 1.8 2.0 des da epoca do monza e foi aperfeiçoado. Se deveriam estar em um museu pq estão equipando os veiculos ate hoje. Que matéria mais Fajuda. Motores novos de 3 cilindros e uma vibraçao só! Eles tem energia mas Nao duram 60 mil km. Enquanto os 1.6 1.8 2.0 da GM passam dos 300 mil km e manutenção mais acessível. Motor 3 cilindros turbinado so assim para andar e nunca terão o fôlego de um 1.8 2.0 que trabalham com giro baixo andando bem. Pura ilusão! Ainda mais no nosso País que 1 parafuso tem Imposto.

Avatar
Alexandre 1 de abril de 2021

Os elétricos mandam um abraço…

Avatar
Paulo 5 de abril de 2021

Isso mesmo, bem que a gente pudesse pular esses motores que não são novidade em outros países e acompanhá-los nos elétricos. Só falta vontade política como sempre…

Avatar
Carlos 2 de abril de 2021

De muitas que lê este foi melhor comentário
Elétrico sera uma realidade futura se o governo permitir vai protela elétricos até onde der
O governo vive de imposto não tenho dúvida que elétricos será tão tachado quanto a explosão

Avatar
Celso Batista 1 de abril de 2021

Ao dirigir qualquer veículo com motor de três cilindros faça o teste. Para numa ladeira com a lotação completa e dê partida todos os modelos que testei sofre demais. Conversando com pessoas que entendi muito mais eles apostam na durabilidade desses motores, não acreditam numa vida muito longa.

Avatar
Junior 30 de março de 2021

Jr Falou o Eng de previsão da Fiat defendendo o que nem saiu no mercado ainda…vai lá orario comprar motorzinho de dentista e depois de 4 anos me fala sua conclusão.. motor pequeno giro muito maior o que ganha não é turbo seu otario, dor de cotovelo, vai lá compra um uno turbo, vai ganhar muito 180 + 1 dirigindo, o torque do motor, kgf vai lá aproveita e compra um kwind tbem…deve ser lançando um motor turbo tbem de 116cv

Avatar
Junior 30 de março de 2021

Dor de cotovelo? Do que de quem? Kkkk quem é otário aqui quem só falou bobagens? Vc é claro, quem não tem conhecimento ou sabedoria responde como vc tentando ofender porque não tem argumentos !

Avatar
Alexandre 1 de abril de 2021

Só que quanto mais rotação tem o motor menos vida útil ele tem pega um motor a diesel até mais antigo tem baixa rotação por isso durava hum milhão de quilômetros rodado

Avatar
Walter 30 de março de 2021

A nova tecnologia é muito boa ,mais só vi comentários de consumidores e a maioria sem conhecimento de mecânica,amigos tem um ditado que dia cavalo corre cavalo come,vc pode consegui potência igual ou superior com motores de cilindrada menores mais de uma coisa eu tenho certeza o consumo ou é maior ou igual ao de cilindrada maior que está sendo comparado,outra certeza que ninguém citou o TORQUE nunca vai ser igual só se preocuparão em potência,potência sem torque não é muito interessante porquê com certeza vai aumentar o consumo,e ainda tem o modo de dirigir que influencia muito conheço casos em que motores 3.0 6cil serem mais econômicos que os 2.0 4cil principalmente motores Fiat que são os que mais consomem no nosso país,obrigado.

Avatar
Alexandre 1 de abril de 2021

Esquece esses conceitos de que Fiat tem esse ou aquele problema ou que os motores dela são fracos ou gastam muito se comparados a outras empresas… O grupo Fiat agora Stellantis uniu Opel, Peugeot, Jeep ,fiat e outras fabricas numa única empresa e portanto acredito que a empresa não vai se limitar em lançar novidades em motor ou inovações tecnológicas baseadas apenas nas ideias da antiga fiat.. A Stellantis vai sim evoluir e reunir o melhor de cada uma das 12 marcas a ela pertencentes.. Portanto esqueçam os defeitos e problemas da antiga Fiat. Essa antiga empresa já era, agora é diferente… A exemplo da Nova Ford que agora está se atualizando..

Avatar
Jesse 2 de abril de 2021

Boa tarde!! Sei que todo dia, sai um otário de casa!!! 40 anos de mecânica e nunca será produzido motores duráveis, nesse tempo. Isso virou China!!

Avatar
ELIEZER FERREIRA DA SILVA 30 de março de 2021

Blz daqui há 10 anos a gente avalia se esse motor de 3 cimindris é essa maravilha. Nao sou Físico mas acho que 4 cilindros proporcionam uma distribuiçao de força de trabalho. Só penso.

Avatar
Roni oliver 30 de março de 2021

As vantagens em relacão a consumo e desempenho são nitidas pouca cilindrada menor consumo mas por ter bem mais componentes internos caros e modernos dará mais defeito e o custo de manutenção sera muito maior tanto a medio e alongo praso então nem si fala .Acho q irão si tornar mareas do futuro.Falo como mecânico.

Avatar
Alexandre 1 de abril de 2021

Mas a Stellantis não é só Fiat, ela é Peugeot ,citroen,Jeep,Opel e outras fabricas e duvido que ela vai manter o padrão fiat de sempre… Só brasileiro que acredita que ela continuará como a fiat de sempre… Lá fora ela já mudou faz tempo…

Avatar
Willy 30 de março de 2021

Tive um carro motor 3 cilindros sem ser turbo anda muito porque fica mais leve o carro era Ford Ka novo coloquei 190 de final dando trabalho para hai lux. Kkk tinha filtro esportivo tb.

Avatar
Gabriel Oliveira 30 de março de 2021

Estes motores e ótimo quando novo e na garantia,agora no Brasil,onde a maioria dos brasileiros compra carros usados de mais de 4 anos,a manutenção destes motores 1.0 turbinado e inviável com o passar do tempo,um exemplo são os carros da pegeout e Citroen em que a manutenção destes carros e caro e muitos mecânicos condenam,por isso estás marcas não são bem visto pelos brasileiros,agora com está união FIAT que fábrica carros descartáveis quem lembra do Tipo,Tempra,Punto,Bravo,Linea e outros carros caros que saiu de linha em pouco anos dando prejuízo aos seus compradores se unindo com duas marcas que os brasileiros não confiam que fábrica carros com manutenção cara,depois não adianta ficar reclamando em rede sociais.

Avatar
Alexandre jose polli 30 de março de 2021

Concordo com vc gabriel

Avatar
Alexandre 1 de abril de 2021

Brasileiro tem mania de associar a qualidade de um produto novo baseado nos defeitos de produtos antigos só porque ambos produtos são de tal marca… Nas esquecem que as fabricas também mudam com o tempo e melhoram seus produtos… Além disso a maioria dos que criticam não levam em conta o tanto que a empresa x investiu pra melhorar e não veem a mudança de donos das marcas… No caso da Stellantis é uma nova empresa e não apenas parcerias que se desfazem com o tempo… São 12 marcas entre elas a Fiat , Peugeot, citroen,Jeep, A Opel antiga divisão da Chevrolet dona do Corsa,ômega,Astra,Vectra,Monza entre outros modelos… E preparem se pra invasão dos elétricos no Brasil, até 2030 a maior parte da frota brasileira vai sair de fabrica movidas a eletricidade, talvez acabam de vez com os motores a gasolina e etanol… Isso é regra ambiental que já está sendo adotado no mundo todo

Avatar
Valmir 4 de abril de 2021

Bom que o futuro será veículos elétricos isso sim sem dúvida alguma mas …..dizer que no Brasil até o ano de 2030 a maior parte da frota será elétrica aí vc errou feio , pois bem a Ford saiu do Brasil porque? Simplesmente a partir de 2030 na Europa não será mais produzido veículos movidos a combustíveis fósseis , mas no Brasil com certeza isso vai demorar para ocorrer visando isso a Ford já correu daqui , a Wolksvagem já declarou que não vão investir em produções de veículos sub ou algo do tipo a diesel pois véiculos desse tipo serão desvalorizados e que vão focar nos elétricos , prevejo o risco de fecharem mais indústrias automobilísticas no país por sermos atrasados nesses desenvolvimentos

Avatar
Sergio Giatti 30 de março de 2021

Esqueceram de dizer que essa “novidade tecnológica” já é usada pela JEEP americana há anos. O motor 1.8 realmente é peça de museu e só serve pras terras tupiniquins, onde aceitamos qualquer coisa, pagamos caro e ainda agradecemos.

Avatar
Deivison Martins 29 de março de 2021

Uma pena que a tecnoligia nao mantem os preços principalmente no brasil. Um veiculo com injeçao direta é muito alto o custo. Motores de 3 cilindros acaba tendo rotaçao elevada. Provocando o desgaste acentuada dos componentes interno.

Avatar
Alexandre 1 de abril de 2021

Os motores 1.0 três cilindros têm uma rotação muito elevada se comparada aos 1.8 de 4 ou 6 cilindros… é o que muita gente está comentando aqui…mas muitos não sabem que existem motores que variam essas rotações conforme o seu uso, o que significa que essa alta rotação só acontece quando é exigido mais força e potencia como numa subida ou rodovia de alta velocidade, ou conforme o peso carregado o sistema altera o torque pra se manter a forca e velocidade … Se fossem elétricos ao se acelerar o motor elétrico já entrega a força total, melhorando a arrancada como acontece nos tesla

Avatar
Emerson 29 de março de 2021

Tem que avisar o Shutterstock que a foto postada na chamada da matéria não tem sintonia com o tema abordado, pois se vamos falar de motor o que se espera é uma foto de um motor, pois o componente em destaque na foto se trata de uma caixa de velocidade.

Avatar
Emerson 29 de março de 2021

Tem que avisa o Shutterstock que a foto postada na chamada da matéria não tem sintonia com o tema abordado, pois se vamos falar de motor o que se espera é uma foto de um motor, pois o componente em destaque na foto se trata de uma caixa de velocidade.

Avatar
Elias 29 de março de 2021

Eu tenho um Jeep Renegade Longitude 2018. Motor 1.8 flex. Estou somente esperando para o lançamento no mês de Abril para trocar ou por outro Jeep Renegade 1.3 2021/2022 ou por um Jeep Compass. Já via que terão tecnologias de conectividade como internet das coisas que serão únicas carros no Brasil. O que era muito bom será ainda melhor e acredito insuperável. A Jeep superou várias marcas e é líder no seguimento de SUV por um vários motivos. Amo o meu Jeep.

Avatar
Professor 30 de março de 2021

Segmento

Avatar
Alexandre 1 de abril de 2021

Essa conectividade da internet já está equipando diversos veículos da Chevrolet e fiquei sabendo que até os populares da Volkswagen já estão sendo adaptados com essa Central multimídia … Isso vai ser comum em todos os carros feitos por aqui nos próximos 5 anos E teremos muitos modelos elétricos e entre 2025 e 2030 , talvez 100% dos veículos feitos por aqui serão elétricos…

Avatar
Fernando Taunay silva 29 de março de 2021

Creio q seja uma nova tecnologia, mas boa mesmo É a elétrica…. os gove4nos deveriam quase zerar os impostos de carros elétricos, não baixam por causa do monopólio do petróleo…..

Avatar
Eduardo Moreira Costa 29 de março de 2021

Parabéns,estámos evoluindo, chega de motores grandes, pesados e sem potência. Faz mais de 30 anos que ja fabricam motores 1.5 com 500 cv ,na fórmula 1

Avatar
Fernando 29 de março de 2021

Se o motor for igual a matéria vai ser bem ruim, péssimo.

Avatar
Junior 29 de março de 2021

Péssimo para quem não entende nada de mecânica, esse jornalista é um dos melhores que já conheci ele em poucas palavras explicou do que se trata o novo e excelente novo motor da Fiat!

Avatar
Fábio 29 de março de 2021

Matéria rasa. Faltam dados de consumo no mesmo carro, com mesmo peso, mesmo aerodinâmica, e motores diferentes.

Avatar
Alexandre 1 de abril de 2021

Isso a empresa ainda não informa antes do lançamento… Só depois que estiver já em produção…

Avatar
carlos diefenthaler 29 de março de 2021

tenho um corolla 2021 faz 19 km por litro a 80 km por hora , não passa de 2 mil rpm na estrada é 2.0 não se compara com essas porcarias três cilindros turbo ainda mais da fiat

Avatar
Junior 29 de março de 2021

Não compara mesmo o motor do seu corola leva pau de qualquer 1.0 turbo, 2.0 porém é lerdo pensa num motor frouxo!

Avatar
CARLOS ANDRE CARVALHO DOS REIS 29 de março de 2021

Babaca vc , corola é outra categoria de carro , vc tem um corola que vale 120mil , mas tem outra pessoa que tem mais dinheiro q vc é tem um porsh que tem 450cv que vale 800mil

Avatar
Junior 29 de março de 2021

Esqueci de dizer,quem vai andar a 80 km hora na estrada? Kkkk eu fiz o teste drive nesse corola quando lançou, quando pisei firme no acelerador parecia que as válvulas saltaria pelo cabeçote, é um carro com mecânica confiável porém muito fraco sem graça para dirigir, gostaria de salientar que sou mecânico e fabricante de peças sei o que estou dizendo. O amigo criticou os motores da Fiat sem saber a bobagem (com todo o respeito) que está dizendo.

Avatar
Edgard de Barrios 29 de março de 2021

O que vc acha do Vectra cd 2.2 16 válvulas automático ?

Avatar
SERGIO RICARDO GONCALVES D ASSUNCAO 30 de março de 2021

Entao vai ler outra materia burguesao

Avatar
LORIVALDO FERREIRA SANTOS 30 de março de 2021

Exatamente, motores “pesados”muito torque e muito econômico, tenho 2.0 Civic é a mesma coisa 14.15km/L excelente, nunca trocaria meu 2.0 por um motorzinho de dentista.1.3, como disse o colegas motorzinho passado 2 anos, certamente vai abrir o bico. Ainda mais se tratando de Fiat

Avatar
Junior 30 de março de 2021

Civic 2.0 leva pau do onix 1.0 turbo veja o vídeo no YouTube, vc fala que esse novo motor 1.3 da Fiat é motorzinho de dentista com 180 CV? Kkkk certamente vc não deve conhecer nada de motor para dizer tamanha bobagem! O motor do seu Civic é um dos mais fracos mais lento da categoria.

Avatar
Junior 30 de março de 2021

Jr Falou o Eng de previsão da Fiat defendendo o que nem saiu no mercado ainda…vai lá orario comprar motorzinho de dentista e depois de 4 anos me fala sua conclusão.. motor pequeno giro muito maior o que ganha não é turbo seu otario, dor de cotovelo, vai lá compra um uno turbo, vai ganhar muito 180 + 1 dirigindo, o torque do motor, kgf vai lá aproveita e compra um kwind tbem…deve ser lançando um motor turbo tbem de 116cv

Avatar
Junior 30 de março de 2021

Kkkk O giro é o mesmo, vai estudar depois vc fala comigo.

Avatar
John 29 de março de 2021

Quanto menor o motor, mais alto são os giros (RPM) necessários para entregar a potência. Já um 1.8 precisava de menos giros para entregar a potência e assim sua durabilidade era muito maior.. E por consequência, menor é a durabilidade do motor de 3 cilindros.. E antes que esqueça.. que lixo de matéria!

Avatar
Paulo Lima 29 de março de 2021

Esse mesmo engenheiro disse em outra reportagem que a indústria estava transferindo a conta para o consumidor para resolver o problema de emissão. Agora rasga elogio ao 3 cilindros que sem dúvida é moderno, mas e a manutenção? Claro cairá no bolso de o adquirir.

Avatar
Junior 29 de março de 2021

Não é verdade

Avatar
Eder Alexandre Calixto De Campos 29 de março de 2021

Você está enganado, o Onix 1.0 turbo anda a 2.500 giros a 140 km por hora.

Avatar
Tatiano Brollo 30 de março de 2021

Na verdade é exatamente o inverso. Motores turbo conseguem torque em rotações muito mais baixas.

Avatar
Junior 30 de março de 2021

Lixo foi a bobagem que vc falou deve ser analfabeto em mecânica.

Avatar
Rodrigo Carvalho Viana 28 de março de 2021

A tecnologia é muito bem vinda, mas um repórter chamar o e-Torq de peça de museu é inadmissível!

Melhor ser “peça de museu” e ser robusto, confiável, sem nenhum histórico de problema do que ser um ultra, mega, master moderno e problemático.

Avatar
Flavio De Jesus 28 de março de 2021

Falou tudo

Avatar
Rodrigo Carvalho Viana 29 de março de 2021

O cara esqueceu que o e-Torq foi um projeto original BMW… motor confiável, elástico e forte.

Quantas reportagens foram feitas sobre problemas com esse motor??

NENHUMA!!!!

Entretanto, quantas notícias vemos sobre problemas com os Turbo, em especial, os de Injeção direta???

Além disso , só ter a palavra Turbo, algumas pessoas acham que podem esgoelar o motor e, pior ainda, acham que não precisam de manutenção….

Deixe o tempo passar e vamos conferir a quantidade de bombas que existirão a venda…

Muitas vezes, problema não é o carro em si , mas o dono, relapso com manutenção e que sai por aí falando M…

Avatar
Josemar 29 de março de 2021

Não existe milagre, o motor será menor, nas o consumo mudará pouco. Como dizia Chico landy, cavalo anda, cavalo come.

Avatar
Lucio 31 de março de 2021

Isso mesmo falou tudo

Avatar
Militao Machado de Araújo sobrinho 2 de abril de 2021

a evolução vem a todo vapor mais a renda dos brasileiros vem caindo vamos ficar atento

Avatar
Militao 2 de abril de 2021

A evolução vem a todo vapor mais a renda dos brasileiros vai caindo entao vamos ficar atento

Avatar
Marcos Mattos 29 de março de 2021

Verdade. Cada consumidor busca o que melhor te atende.. quem quiser tirar onda de turbo, que vá. Ainda tem clientes conservadores que gostam do motor aspirado.

Avatar
Augusto 4 de abril de 2021

Concordo, melhor motor fabricado no Brasil, não porque a Fiat fez mas porque herdou da BMW. Custo manutenção barato , longa durabilidade, dá retifica e motor super resistente. Motor com 3 cilindros esquentam demais , e isso ninguém de conta, fora manutenção que encarresse 3 vezes mais. Pergunte para o jornalista, quando custa 1 litro desse óleo do motor desse motor novo e sua manutenção, fora desgastes das PCs descartável. Participe dos testes juntamente com os engenheiros. Palavras sem nexo, como exemplo jeep original e velho e antigos, mas ninguém troca pelos novos descartável.

Avatar
Deixe um comentário