Novo Renault Sandero GT Line vale mais a pena que o Sandero RS?

A Renault lançou, recentemente, a versão 2020 do Sandero GT Line. E a pergunta que fica é: vale a pena investir nele ou no R.S?

Por Boris Feldman25/06/20 às 21h31

Tem o carro esportivo de fato, mas tem aqueles apenas ‘esportivados’ com decoração de esportivo,sem nenhum desempenho adicional. E a Renault procura agradar a gregos e troianos:

Ela tem o Sandero R.S, que é um esportivo excepcional. Gostoso de dirigir, com motor de 150 cavalos e câmbio manual. É a melhor relação custo-benefício entre os esportivos do nosso mercado, por apenas R$ 75 mil.

Mas para quem quer só o ‘esportivado’, a Renault acaba de apresentar o Sandero GTLine. R$ 57,4 mil com motor 1.0 de 82 cavalos. Ou R$ 73,3 mil pelo 1.6 com 118 cavalos.

Mas em vez desse 1.6, eu não tenho dúvida em colocar mais R$ 1,5 mil e levar o RS!

Novo Sandero GT Line 2020 na cor azul em detalhe da traseira
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Rogério 26 de junho de 2020

    A Renault errou feio lançando o Sandero GT Line 1.6 com câmbio CVT, ele deveria ter câmbio manual. Acho que essa versão vai encalhar bonito e vai acabar nem saindo da linha de montagem. Na minha opinião será um fracasso. Uma pena. Quem quiser CVT provavelmente vai comprar um Zen CVT ou um Intense.
    Agora eu fico me perguntando. Será que o RS sobreviverá com o fim do 2.0 F4R após a chegada do 1.3 TCe?

  • Avatar
    reginaldo rocha da silva 26 de junho de 2020

    O que vale mais seria vocês colocarem peças de reposição do sandero 2018 na praça.
    Isto sim.

  • Avatar
    Marco A Pio 26 de junho de 2020

    Já tive um RS e é simplesmente excepcional, ágil, seguro e confortável. Excelente custo x benefício. Tb adorei pq tem câmbio manual 6 ou 7 marchas xomo dizem alguns. Câmbio manual pra.mim é ter o carro nas mãos.

  • Avatar
    Caík 25 de junho de 2020

    Esperei tanto por essa versão achando que seria igual ao meu 2017 1.6 com câmbio manual e nível de equipamentos iguais a topo de linha. Aí a Renault vai e lança o 1.6 com câmbio manual. Isso é, praticamente a mesma coisa do Intense. Poderia ter a versão 1.6 manual com todos os opcionais da intense e ficaria na faixa dos 65.000. Aí sim agradaria a gregos e troianos!

Avatar
Deixe um comentário