Um novo Virtus, mais para Jetta

A Volkswagen ainda guarda novidades para 2022; Dentre elas está o novo Virtus, que tem um visual que lembra muito o sedan Jetta

Design do Volskwagen Virtus tem elementos que remetem ao Jetta
Design do Volskwagen Virtus tem elementos que remetem ao Jetta (Foto: Volkswagen | Divulgação)
Por Boris Feldman
26 de maio de 2022 07:32

A Volkswagen terá duas novidades interessantes ainda neste segundo semestre.

Ela programou para o mês de setembro o lançamento de um “facelift” (plástica), no Polo. E também uma nova configuração mecânica, a mesma que ficou famosa no VW up!: motor 170 TSI 1.0 turbo, 105 cv, 17 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco marchas.

VEJA TAMBÉM:

Espera-se que para o filme publicitário deste novo Polo, a Volkswagen não repita o casal homoafetivo do último vídeo deste carro…

A segunda novidade, esta para novembro, é uma reformulação estética do Virtus, que passa agora a ter linhas mais esportivas. Lembrando, e até substituindo, o Sedan Jetta.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
15 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Bruno Brito 29 de maio de 2022

A culpa desta polêmica toda é do aparecido publicitário (que pode até ser que ele seja homossexual) que ao invés de falar do carro resolver falar no curto comercial sobre orientação sexual…. Tocou no vespeiro, agora não reclama da opinião pois todos tem direito a ter, tanto gostar quanto NÃO gostar do comercial, e isso afeta as vendas sim, VW deveria pensar melhor….

Avatar
Tony Pacheco 29 de maio de 2022

Só por estar discutindo o casal de homens na propaganda já é sinal inequívoco de sexualidade não resolvida de quem critica. Meu corpo só eu dou destinação a ele se sou maior de 16 anos. E o corpo do outro tenho que olhar e não dar opinião, pois não me pertence. Simples assim. Eu sempre comprei carro pelo torque e potência. Se é uma lésbica, um pastor evangélico, uma mãe de santo ou um gay vestido de jogador de futebol ou miss Brasil, não me interessa. Eu teria comprado meu Jetta TSi do mesmo jeito.

Avatar
Cassio campos 28 de maio de 2022

Quem quiser dar o seu q dê, carro é carro e pessoas são pessoas dependo de gênero, se foi ou não um comercial preconceituoso depende da vista de quem se afeta, a marca quer vender seu veículo e não saber quais gêneros irão comprar.

Avatar
Bob Salame 28 de maio de 2022

O “problema” que o autor quis dizer é que o comercial disse sim que o carro era exclusivo para homossexuais, o que torna-se um comercial preconceituoso e desrespeitoso por excluir a categoria heterossexual de seus compradores.

Avatar
Delfim Sobreira. 27 de maio de 2022

Só espero que o Virtus só tenha a aparência do Jetta, e não o preço.
.
Daqui a pouco quem não tiver um Polo será marcado como homofóbico. Meu $$$, compro o carro que eu quiser, até um Polo, mas por qualidade, não por lacração.

Avatar
Carlos Jaguariuna 27 de maio de 2022

Idiotice é esse tipo de comentário Marcelo. O comercial não “disse” que o Polo “é para gay”. Você que, certamente, teve essa ideia preconceituosa. Ou, é homofóbico ou tem uma masculinidade pra lá de frágil.

Avatar
Bob Salame 28 de maio de 2022

Discordo, disse sim. Ele insinua que o comprador deve “evoluir” junto com o carro. Opção sexual não tem nada a ver com evolução, de nenhum tipo. Ainda foi um comercial preconceituoso, por ter excluído os hetero, bi, pan, demi, pix, e toda diversidade sexua. Você que teve ideia preconceituosa e restritiva. Queremos inclusão!

Avatar
Gus Gullinheimer 27 de maio de 2022

Os carros da VW tem tudo cara de Gol, tá louco.

Avatar
Tony Pacheco 29 de maio de 2022

Perfeito. Se for por design criativo vá para outra marca. VW é o cemitério do design. Agora, se for por potência e torque a preço que posso pagar, é Jetta e pronto.

Avatar
Gus Gullinheimer 29 de maio de 2022

Tá certo, isso vai do gosto de cada um. Pessoalmente acho que os carros da VW não valem tudo o que cobram. E têm carros no mercado com boa potência e torque na faixa do Jetta ou até menos e com um design melhor.

Avatar
Rodrigo 27 de maio de 2022

Ainn preconceito Mimimimi por isso estamos na m…….

Avatar
José Carlos dos Santos 26 de maio de 2022

O Virtus não substitui o Jetta 1.4. O sedã médio tem outro nível de acabamento, concorre com Corolla, Civic, Cruze e companhia. Pena mesmo é o Jetta 350 estar acima de R$ 216 mil.

Avatar
Leonardo 26 de maio de 2022

E se usarem o mesmo casal gay (ou qualquer outro) na propaganda? Algum problema com isso?
Realmente soa preconceito.

Avatar
Marcelo Braga 27 de maio de 2022

Não tem que usar nenhum casal,tem que mostrar o carro.Para que essa idiotice de dizer que esse ou aquele carro é para homem, mulher ou gay e por aí vai.Se for assim vai era que ter para anão,para índio,para quem é muito alto.parem com isso.

Avatar
Daniela 26 de maio de 2022

Qual o problema do casal homoafetivo da propaganda? Soou bem preconceituoso esse comentário

Avatar
Deixe um comentário