OBD2: fonte de informações, mas também de picaretagens

O OBD2 pode ser um importante aliado dos motoristas, mas também pode ser utilizado para aplicação de golpes. Cuidado com a picaretagem!

Fique ligado para não cair nas picaretagens
Fique ligado para não cair nas picaretagens (Foto: Domínio público)
Por Bernardo Castro
22 de outubro de 2021 07:32

O que é OBD2? Uma espécie de tomada de presença obrigatória sob o painel, ao lado da coluna de direção, em todos os automóveis fabricados a partir do ano 2000.

Pelo OBD2 pode-se diagnosticar problemas que ocorrem no automóvel, não só para que sejam reparados pela oficina, mas também para donos de veículos.

Eles também podem adquirir dispositivos que se encaixam no OBD2 e que informam ao motorista – por Bluetooth para um aplicativo de celular – os problemas presentes no carro, evitando assim que sejam enganados por mecânicos desonestos.

Nada como chegar na oficina já ciente do problema apontado na tela do celular e solicitar exatamente o reparo lá indicado.

VEJA TAMBÉM:

Mas tem também a pi-ca-re-ta-gem: são oferecidos também dispositivos que se conectam ao OBD2 para alterar os padrões originais de funcionamento: o freguês pode optar entre aumento de potência, redução de consumo e outras mágicas do gênero.

Pura pi-ca-re-ta-gem…

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Sir.Alves 23 de outubro de 2021

Aumentar a potência apenas inserindo um novo mapa de combustão na central pode sim aumentar a potência específica do motor… pode-se ajustar também diversos outros parâmetros como sensibilidade & reposta dos aceleradores eletrônicos e etc… nada de picaretagem… o dinamômetro é a prova disso. Só mexer com profissionais de verdade, nada de curiosos e ‘manoleiros’ de oficina da equina. Mais barato que chipar o carro.

Avatar
Rafael Brandao 22 de outubro de 2021

concordo em partes, essa questão de equipamentos de desempenho realmente é algo complicado de se fazer pelo obd2.
mais incentivar o cliente a usar um app de celular e conector obd2 para que ele possa levar o problema ja certo ao mecanico é falha grave, não se troca peça baseado apenas na informação de um dtc no scanner, pelo falo que muitos componentes são prejudicados por outros sensores ou mecanismos que estão trabalhando errado, o scanner é apenas um caminho a ser seguido não um dedo duro de problema, cuidado com a publicação que possa gerar desconforto de cliente e reparador.

Avatar
Deixe um comentário