Cliente recusa empurroterapia e consultor cara-de-pau ameaça perda de garantia

Ao chegar na concessionária, alguns consultores oferecem o que é essencial para a revisão do carro. Outros tentam enganar e até ameaçar, veja:

Por Boris Feldman06/07/20 às 21h31

Ao levar seu carro novo na revisão obrigatória na concessionária, cuidado para não cair no golpe da empurroterapia. Porque o consultor técnico ou o recepcionista, ao preencher a ordem de serviço, além dos itens constantes do manual, “sugere” outros serviços que não constam da relação da fábrica; e portanto, desnecessários.

Aí vem limpeza do sistema de injeção, lubrificação de maçanetas e portas, limpeza do tanque de combustível e outras mais. Praticamente dobrando ou triplicando o preço estabelecido para aquela revisão.

A cara de pau é tamanha, que se o dono do carro recusa autorizar estes extras, o consultou ameaça com a perda da garantia. Tem cabimento uma coisa dessa?!

Consultor técnico da concessionária avaliando o que é necessário fazer na revisão do carro
Nem sempre na revisão do carro o consultor vai te oferecer somente o necessário, fique atento! (Foto: Shutterstock)
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Lúcio Caldas 9 de julho de 2020

    Na Renault de Manaus é a mesma bandidagem. Nas revisões, além de cobrarem por serviço que não é feito, ainda sonegam imposto. NÃO FORNECEM A NOTA FISCAL das peças trocadas e do serviço executado. Sonegação fiscal para quem quiser ver.

  • Avatar
    JORGE GAMA 7 de julho de 2020

    Perda de garantia só pode ser aplicada na recusa do cliente em realizar a manutenção obrigatória discriminada no caderno de manutenção do veículo.
    Não tem o que discutir.

  • Avatar
    Wagner 7 de julho de 2020

    Em 2012, Tinha um classic 2010(na época o nacional mais barato), numa revisão de 20000 km, queriam me cobrar R$2.000,00, não deixei falei apenas o básico, troca de óleo e verificações, me custou R$660,00, e nem verificaram a pressão dos pneus, sai da GM para não voltar, troquei por um HB20 e fiz a revisão dos 20000, por 350,00, depois um Civic com 60000, que fiz por 550,00.
    GM NUNCA MAIS

  • Avatar
    Gilberto Elias 6 de julho de 2020

    Eu saí da Volkswagen porque, entre outros motivos também vinculados ao pós venda, não aguentava essa empurroterapia. Teve um consultor numa concessionária aqui de Brasília que veio com o papo de “então o senhor vai assumir a responsabilidade de um acidente?” Não fiz o que ele tentou me chantagear a fazer e na revisão seguinte, fiz questão de não ser com aquele bandido. Depois dessa saí da VW sem vontade de voltar.

    • Avatar
      ALEXANDRE DUTRA 7 de julho de 2020

      Comigo aconteceu exatamente isso, VW com consultor “esperto” ou seria expert em além de agir de má fé deixar o cliente extremamente desgostoso com a situação.

Avatar
Deixe um comentário