Uma inquestionável (…) vantagem do elétrico

Preço alto e adulteração do combustível tiram o sono de qualquer motorista. Exceto o dos carros elétricos, que não precisa preocupar com isso

Dono de veículo elétrico não precisa se preocupar com adulteração de combustível
Dono de veículo elétrico não precisa se preocupar com adulteração de combustível (Foto: Pixabay)
Por Boris Feldman
29 de novembro de 2021 21:32

Carro elétrico está mesmo na berlinda e surgem novidades a todo momento, principalmente as que o comparam com o carro tradicional de combustão.

Uma delas (negativa) é que o elétrico gasta mais pneus por ter um torque gigantesco, principalmente nas arrancadas, o que acelera o desgaste da borracha.

Mas – como contraponto – tem um lado positivo, a enorme durabilidade do sistema de freios. Como se explica?

O carro elétrico tem um sistema de regeneração de recarga da bateria que atua como freio. É tão potente que, às vezes, basta tirar o pé do acelerador para o carro parar quase imediatamente, sem pisar no freio.

VEJA TAMBÉM:

Mas alguém percebeu agora uma outra (curiosa) vantagem. Inquestionável e definitiva para o carro elétrico, principalmente no Brasil (…): absolutamente impossível adulterar o seu combustível.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
19 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Cesar Ribeiro 3 de dezembro de 2021

Outra grande vantagem é quase não ter manutenção como troca de óleo ou líquido de arrefecimento. Então o custo de manutenção deve cair muito! Bom saber também dessa questão do freio regenerativo que quase não gasta pastilha, diminui ainda mais a manutenção.

Avatar
José Pereira da Silva 1 de dezembro de 2021

No Brasil, infelizmente, vai haver muitos roubos de cabos de carregamento.

Avatar
Rodolfo 30 de novembro de 2021

Eu quero ver essa vantagem valer quando a maioria dos carros forem elétricos e o preço da energia elétrica for cotada a preço internacional.

Avatar
Francisco 1 de dezembro de 2021

E a energia solar como fica?

Avatar
Rodolfo 1 de dezembro de 2021

Eu moro em apartamento em São Paulo-SP, energia solar não daria conta de todos os carros do prédio considerando que a cobertura do prédio é de 4 unidades (apartamentos) de área, sendo que são 32 unidades. Fora o prejuízo de roubarem as baterias e os painéis de quem mora em casa… na casa da minha sogra roubaram a bomba do poço no interior de São Paulo, imagine painél solar e baterias…

Avatar
Luiz Ramos 2 de dezembro de 2021

Eu moro em casa térrea e já estou produzindo a um mês e meio energia fotovoltaica. Instalei 6 placas, sendo que com o tipo de inversor utilizado ainda posso colocar mais 4 placas. De modo que minha geração, além de satisfazer minha residência ainda consigo abastecer até dois veículos elétricos. Já estou me programando para isso. Foi o melhor investimento que já fiz.

Avatar
Gilvan Assis 5 de dezembro de 2021

Por isso acho que antes de comprar o carro elétrico, precisamos produzir energia, colocar energia fotovoltaica em casa.

Avatar
ROBERTO JORGE ABRAHAO 30 de novembro de 2021

Bom!

Avatar
ROBERTO JORGE ABRAHAO 30 de novembro de 2021

Acredito em motor movido por prorobons ionizantes, pois não se teria baterias. Tem que ser com íons pareados em temperatura ambiente. MTerial não tóxico. Com isso, ACHO, que um carro “elétrico ” de valor 100 mil reais, cairia para 40 mil.

Avatar
João Elias 30 de novembro de 2021

Prorobons Ionizantes? Isso é uma particula, sub-particula?
o quê é isso? Explica melhor aí por favor.

Avatar
JoaoElias 30 de novembro de 2021

O que são prorobons?

Avatar
José Pereira da Silva 1 de dezembro de 2021

prorobons … deve ser uma picaretagem igual ao carro movido à água …

Avatar
Lourival Pereira da Silva 30 de novembro de 2021

Impossível adulterar o seu combustível! Frase sem nexo e sem lógica. Se o carro é elétrico, sem ser híbrido, onde tem combustível para ser adulterado?
Ou já estão adulterando a energia elétrica ? Nesse nosso brasil de espertalhões não se pode duvidar de nada. Talvez o voltímetro do carregador esteja marcando mais carga do que realmente foi utilizado, nada a duvidar.

Avatar
ARI BARRETO 30 de novembro de 2021

Voltímetro não mede carga elétrica de uma bateria, apenas a tensão da mesma. Seria o caso de adulterar o waltímetro-hora, que mede energia, potência numa unidade de tempo. Assim são os brasileiros, criticam um erro já cometendo outro.

Avatar
Breno 30 de novembro de 2021

Mas não tem como adulterar a carga do carro.

Avatar
Raphael de Jesus Lisboa Aquino 30 de novembro de 2021

Embora seja uma vantagem, eu não chamaria de definitiva: uma energia de má qualidade prejudica o funcionamento dos aparelhos mais sensíveis (computadores e demais eletroeletrônicos). O uso de um carregador veicular (potência maior que a usual) em uma rede de m qualidade pode sim aumentar defeitos.

Avatar
Eloir Kraft 29 de novembro de 2021

No Brasil aposto que em breve irão sim adulterar os carregadores para cobrar mais pela recarga !

Avatar
Daniel Medeiros 30 de novembro de 2021

Infelizmente concordo contigo…
Se nas bombas contam litros a mais, o mesmo vai chegar nas tomadas

Avatar
José 1 de dezembro de 2021

No nosso Brasil tem muito idiotas se achando esperto adulterado td prejudindo seu próximo mas não se esqueça que todo começo tem fim.

Avatar
Deixe um comentário