VW resolveu apostar na célula a combustível com etanol

Finalmente a Volkswagen vai apostar na tecnologia de célula a combustível em seus carros. Para o Brasil, é uma boa alternativa; entenda

volkswagen id 3 2020 celula a combustivel
Célula a combustível com etanol é 'sopa no mel' para o Brasil (Foto: Volkswagen | Reprodução)
Por Boris Feldman
05 de fevereiro de 2021 07:30

O presidente da Volkswagen no Brasil e América do Sul, Pablo Di Si, declarou recentemente numa live do jornal Valor Econômico, que ele aposta no desenvolvimento de uma tecnologia da célula a combustível alimentada por etanol.

O que vem a ser isso?

A célula combustível é que você coloca num carro e ela gera energia elétrica para movimentar o carro eletricamente, independente de bateria. E o etanol?

Dele se extrai o hidrogênio necessário para a célula combustível. Ora, isso é sopa no mel para o Brasil, pois teríamos carros elétricos movimentados com o o combustível, o etanol.

Só que antes da própria Volkswagen, a Nissan já está desenvolvendo em parceria com a UNICAMP e com a USP, exatamente essa tecnologia. Para encostar o carro no posto, abastecê-lo com etanol e sair rodando eletricamente.

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
14 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Moisés 24 de junho de 2021

Estaremos chovendo no molhado e na contra mão do mundo eletrificado. Esqueceram de combinar com o agente regulador o preço do etanol e ainda não temos sequer a informação segura de qual a eficiência do sistema (Kms/l). Estão querendo ganhar tempo iludindo os brasileiros até que tenham condição de montar carros puramente elétricos por aqui. Nunca veremos o etanol sendo entregue nos postos diretamente pelos produtores sem a participação e ganho das distribuidoras. Carro elétrico com carregamento através de matriz solar é o futuro.

Avatar
Lunus 4 de outubro de 2021

Matriz solar não tem eficiência para carregar wutomóveis, as células fotovoltaicas são pouco eficientes nesses casos, além de que, baterias represenram um peso considerável em veículos elétricos desse tipo, representando de 500 a 800kg de peso. Os veículos a célula de combustível são mais eficientes, leves e de maior autonomia. O etanol usado em veículos a combustão possuem 25% de gasolina, o etanol para células de combustível é puro, sem qualquer aditivo. Células de combustível, fazem, em média, 650 km com 5kg de hidrogênio. Pesquise, vc falou algumas bobagens aí.

Avatar
Antonio Sergio 6 de fevereiro de 2021

Tudo que sair com a poluição é bem vindo

Avatar
JEFFERSON LAPOT COSTA 6 de março de 2021

FALOU FALOU E NÃO DISSE NADA DE INTERESSANTE E NOVIDADE. APENAS UMA LACUNA PEQUENA. AFF

Avatar
Leonardo 6 de fevereiro de 2021

Sério que além de aguentar as bobagens do Bóris agora vamos ter que aturar esse Jeremy? Esse cara é insuportável arrogante, nojento e só cria polêmica. Até nos EUA ele não é mais suportado. Tanta gente aqui capaz de assumir uma coluna de assuntos automobilísticos, com história, com competência, e vocês trazem esse lixo importado dos EUA? Que tal valorizar um pouco o que é nosso?
Fora Jeremy !!!

Avatar
Gilson 6 de fevereiro de 2021

Até aí tudo bem usar metanol como fonte de combustível de transformação elétrica… e a economia dessa nova geração tem eficácia? Hoje o importante é a economia! Mas no setor de motorização a combustível a economia ainda está muito a quem do desejo de qualquer pessoa. Eu por exemplo, gostaria ter um carro que usasse menos combustível e navegasse 100km por combustão…

Avatar
JEFFERSON LAPOT COSTA 6 de março de 2021

ESTIMA-SE QUE A CADA LITRO DE ETANOL FAZ ENTRE 20 E 30 KM

Avatar
Carlos 12 de junho de 2021

Usar etanol para geração de hidrogênio, produz CO2 ! pode ser que a gente está trocando 6 por meia-dúzia.

Avatar
RENATO 1 de julho de 2021

Da mesma forma que o carro com motor a combustão atual, o etanol vai produzir CO2 nas células de combustível. Porém, a produção do etanol é feita com cana de açúcar ou milho, que captura o CO2 da atmosfera. Ou seja, o ciclo do carbono é quase neutro, com pouca liberação adicional de CO2. Mas isso já vale pro motor a combustão atual.

O interesse em criar o carro elétrico com esta fonte de energia tem a ver com a eficiência superior (li que o furgão da Nissan já roda 20km/l) e com a simplicidade do carro elétrico (redução de 80% do número de peças comparada com o carro a combustão). Além disso, do ponto de vista ambiental, uma célula a combustível gastaria muito menos recursos naturais do que uma bateria de lítio.

Avatar
Luzia Gracas Silva 6 de fevereiro de 2021

gostei da ideia da VW construir carro elétrico movidos com abastecimento de alcool

Avatar
Fernando de Júlio 5 de fevereiro de 2021

Estou produzindo hidrogênio do etanol com um catalisador elétrico muito bom.

Avatar
Keenay Simões Oliveira 3 de junho de 2021

Fernando de Júlio. Tenho interesse . Entre em contato .

Avatar
Jefferson Guatura 5 de fevereiro de 2021

Excelente opção da VW e melhor ainda para o Brasil !

Avatar
IVAN VASCONCELLOS 5 de fevereiro de 2021

Essa sim é a tecnologia que eu entendo como sendo o futuro para a maioria dos automóveis, se somarmos a ela os híbridos, os 100% elétricos, que poderão também contribuir.
Alem disso a infraestrutura necessária é muito mais fácil e barata para administrar, inclusive as necessidades de produção e/ou importação. O que não se aplica na produção e disponibilização da energia elétrica.

Avatar
Deixe um comentário