Carro elétrico com comportamento de motor a combustão? Hyundai tem patente para fazer isso acontecer

Fabricante coreana patenteou dispositivo que simula vibrações e trocas de marchas para experiência em carro elétrico ser parecida com o a combustão

Hyundai quer deixar os entusiastas do motor a combustão mais confortáveis nos carros elétricos
Hyundai quer deixar os entusiastas do motor a combustão mais confortáveis nos carros elétricos (Foto: Hyundai | Divulgação)
Por Bernardo Castro
01 de abril de 2022 11:19

A tecnologia dos carros elétricos está evoluindo e a tendência é que essa propulsão se torne cada vez mais popular no mercado automotivo. No entanto, algumas montadoras ainda pensam nos entusiastas ‘cabeças de gasolina’ e procuram oferecer a esse grande parcela de consumidor uma experiência de direção no veículo elétrico (EV) similar ao que seria em um carro com motor a combustão.

E um exemplo recente disso é a Hyundai. O portal The Drive encontrou um documento em um aplicativo de patente que detalha um sistema com marcha lenta, mudanças de marcha e parada/partida simulados por meio de pistas de áudio, exibições visuais e vibração do motor de acionamento do carro elétrico.

VEJA TAMBÉM:

A descrição do produto afirma que pessoas acostumadas a dirigir com propulsão tradicional “podem ficar entediadas devido à ausência de um motor a combustão, transmissão, embreagem ou algo parecido.” Por isso, a Hyundai quer oferecer uma função para virtualizar as características de condução de um veículo com motor a combustão interna. Basicamente, ela programaria um EV para se comportar como um modelo de combustão interna.

hyundai ioniq 5 bege dianteira em movimento
A patente é para quebrar o silêncio de elétricos, como o Ioniq 5 (Foto: Hyundai | Divulgação)

Ao que parece, esse projeto da Hyundai foi projetado para ser aplicável em qualquer carro elétrico, sem precisar adicionar ou remover qualquer hardware. Ele utiliza os alto-falantes para fazer os ruídos do motor, o cluster digital da propulsão, como RPM por exemplo, e o motor de acionamento é o responsável por criar as vibrações.

Essas vibrações são como nos carros a gasolina convencionais. Em “marcha” lenta, vibra um pouco e, à medida que o veículo acelera a frequência aumenta até a marcha fictícia -também simulada pelo software – ser trocada.

De acordo com a patente, o dispositivo mostra que este drivetrain virtual teria oito marchas, embora o número preciso de relações não seja especulado no documento. Aparentemente,  o número de marchas poderia ser selecionado pelo usuário, ou determinado pela própria Hyundai. Já a vibração e som do motor, é completamente personalizável.

A fabricante coreana não deu uma previsão para quando podemos ver esse dispositivo nas ruas.

Apesar de ser tratado como o futuro do automóvel, o carro elétrico já é bem antigo e foi inventado antes mesmo do veículo à combustão.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário