Combustível sintético polui tanto quanto o comum, revela estudo

Motores a combustão têm sua vida ameaçada após estudo comprovar que o combustível feito em laboratório é prejudicial ao meio ambiente

Porsche foi uma das fabricantes que apostou na construção de uma fábrica de combustível sintético
Porsche foi uma das fabricantes que apostou na construção de uma fábrica de combustível sintético (Foto: Porsche | Divulgação)
Por Bernardo Castro
11 de dezembro de 2021 11:03

Os dias dos motores a combustão parecem estar realmente contados. O grupo ambiental Transport & Environment (T&E) comprovou em um estudo que a gasolina sintética gera tanta poluição quanto os combustíveis fósseis comuns.

De acordo com a análise, novos testes de emissões mostraram que os carros movidos a combustível sintético (ou e-fuel) emitem praticamente a mesma quantidade de óxido de nitrogêmio (NOx) quanto veículos abastecidos com combustíveis convencional.

Para o teste foram utilizadas três misturas sintéticas em comparação com o combustível E10, composto de 90% gasolina e 10% etanol, presente na maioria das bombas da União Europeia.

Na prática, concluiu-se que um carro rodando com gasolina sintética emite níveis de NOx tóxico na mesma proporção que veículos abastecidos com a gasolina convencional.

VEJA TAMBÉM:

Ademais, a situação piorou quando se constatou que o combustível sintético libera três vezes mais monóxido de carbono e amônia quando comparado ao E10.

Combustível sintético é caro e poluente

Julia Poliscanova, diretora dos setores de veículos e mobilidade elétrica da T&E, declarou que não há muito o que fazer a respeito da queima dos hidrocarbonetos

“Enquanto o combustível for queimado em motores, o ar tóxico irá persistir nas nossas cidades. Reguladores que deixarem buracos abertos para e-fuels nos alvos de emissões estão condenando o público para mais décadas de poluição aérea evitáveis.”

Há algum tempo a T&E apontou que a implementação do combustível sintético causaria um aumento nos custos, pois sua eficiência energética é inferior quando comparada a energia dos veículos elétricos.

Um suprimento de 10% dos novos carros com e-fuels no lugar de motores elétricos iria necessitar, só na Europa, de 23% a mais de geração de energia.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
TugaTesla 13 de dezembro de 2021

Estes malandros do grupo Volkswagen não aprenderam nada.

Avatar
Deixe um comentário