Corretor de imóveis pode ter isenção de IPI na compra de veículos

Para ter direito à dispensa, profissional deverá ter registro no conselho regional e exercer a atividade em caráter de exclusividade

tres carros brancos em concessionaria com vendedor e compradores ao fundo
Isenção de IPI para corretor imobiliário está em tramitação na Câmara dos Deputados (Foto: Shutterstock)
Por AutoPapo
19 de outubro de 2020 13:48
Com Agência Câmara de Notícias

O Projeto de Lei 4935/20 isenta do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) os veículos comprados por corretores de imóveis. Para conseguir a dispensa, o profissional deverá ter registro no conselho regional de corretores de imóveis e exercer a atividade em caráter de exclusividade, o que exige constantes deslocamentos.

A proposta, do deputado Gilberto Nascimento (PSC-SP), tramita na Câmara dos Deputados.

LEIA MAIS

tres carros brancos em concessionaria com vendedor e compradores ao fundo
Se aprovada, a isenção de IPI para corretor imobiliário será adicionada à lei que garante o benefício para taxistas e pessoas com deficiência (Foto: Shutterstock)

O parlamentar observa que o setor imobiliário é um dos que possuem chance de crescimento em razão da pandemia de Covid-19, já que se recomenda que as pessoas ficassem mais tempo em casa para evitar o contágio – o que pode levar muitas pessoas a mudarem de residência e procurarem um corretor.

“A intermediação de imóveis emprega inúmeras pessoas e gera emprego, renda e desenvolvimento nos mais distantes rincões do País. O automóvel é para o corretor a principal ferramenta de trabalho, razão pela qual estes profissionais necessitam de uma condição especial para ter acesso a um veículo próprio”, defende Nascimento.

O texto inclui a previsão na Lei de Isenção do IPI para Compra de Automóveis, que hoje dispensa do imposto pessoas com deficiência e taxistas.

30 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Josy Saraiva Moreira 9 de novembro de 2020

Sim! Pagamos Creci e trata se de dívida ativa, deve voltar alguma parte %.Acho justíssimo!

Avatar
Ademar Oliveira 24 de outubro de 2020

Corcordo desde os mesmo, gerem receitas para o governo!!! tive empresa no setor e pagavamos impostos, mas 90 portcento na minha regiao, nunca se pagava nada antes sonegando, assim como taxistas!!! bem vindo ao Brasil..

Avatar
Dejalmir 22 de outubro de 2020

Muito boa proposta, corretores precisam deste instrumento de apoio de trabalho. Aos que se incomodam, busquem como conseguir se sua atividade merece também. Não fique incomodado com o bem do outro. Abraço!

Avatar
Nogueira Adelson 22 de outubro de 2020

Sou favorável sim, pra vc que está reclamando vai trabalhar como corretor pra ver o que eles passa. É uma profissão difícil pra caramba. Ser humilhado muita das vezes pelas construtoras e pelos clientes.

Avatar
Edson Luiz Ribeiro 8 de setembro de 2021

Estou aguardando um fato concreto, mas o Dep. Federal Gilberto Nascimento tem muito prestígio e inteligência para atuar em prool de quem precisa.Parabens deputado federal , estamos aguardando um retorno ,em nome dos corretores de imóveis da região de Bauru estamos aguardando um retorno do nobre Parlamentar.

Avatar
Daniel 22 de outubro de 2020

Acho muito justo, essa proposta !!!
Tomara qu seja aprovada !

Avatar
Marcelo 22 de outubro de 2020

Absurdo! Deveres, leis e obrigações são para todos. Não pode haver privilégios. Sem sobra de dúvidas os deficientes são as únicas pessoas justas para tal benefício.

Avatar
Elisabete 29 de outubro de 2020

Se inveja matasse tinha um monte de mortos nos comentários. Corretor de imóveis todos os dias está desempregado, essa profissão de encontrar o melhor para as pessoas como seu bem mais precioso que é a moradia, é desgastaste. Muitos são corretores não porque gostam, mas porque o mercado de trabalho não dá condições. Tem corretores que são advogados que não conseguem exercer suas funcões. O Brasileiro é invejoso demais, tristeza por isso.

Avatar
Carlos alberto 22 de outubro de 2020

Ótimo! Espero que seja aprovado.

Avatar
ENIVALDO CUSTÓDIO VIEIRA 22 de outubro de 2020

Sou Corretor de imóveis e a anos acompanho a necessidade de lei para isenção IPI para a nossa classe.

Intermediarmos milhões de Reais anualmente e usarmos diariamente o carro para fomentar a economia do país.

Enivaldo Vieira, Blumenau-SC

Avatar
Edson 21 de outubro de 2020

A inveja é o câncer da humanidade, cada classe que lutem pelos seus direitos.

Avatar
Wilaner 21 de outubro de 2020

Boa tarde
Isso e uma vergonha nos representantes comerciais não paramos na pandemia,pagamos imposto e não e pouco e não conseguimos essa isenção.

Avatar
Marcia 22 de outubro de 2020

Então e quem disse que os corretores pararam. Exija que sua categoria também tenha a redução. Não ficar reclamando de um benefício ao seu próximo.

Avatar
Marcia 22 de outubro de 2020

Então e quem disse que os corretores pararam. Exija que sua categoria também tenha a redução. Não ficar reclamando de um benefício ao seu próximo. Só lembrando pagamos vários imposto inclusive para ser corretor e ter creci todo ano pagamos e não é barato , há e isso é independente de ter vendido ou não. Não temos carteira assinada etc… queres se comparar , a tua profissão tu é formado em que mesmo?

Avatar
luiz 24 de outubro de 2020

Todas as profissões regulamentadas vinculadas a conselhos pagam anuidades, arquitetos e engenheiros ainda pagam RRT e ART para cada serviço executado, logico que cada um vai puxar a sardinha para seu lado, mas ninguém quer abrir mão de benefícios enquanto toda a população paga alta carga tributária.

Avatar
Anderson Martinho 20 de outubro de 2020

E ser taxista é doença ? Sou corretor de imóveis de perito avaliador. Rodo em média 4 mil a 5 mil km por mês , nessas estradas que deveriam estar em dia com os Impostos que pagamos. Então pelo que tenho que gerar de manutenção e o que perco na revenda do meu carro pelo alto KM, acho justo sim.

Avatar
Diego 20 de outubro de 2020

Toda vez que criamos um tipo de regra ou exceção, criamos uma oportunidade de desvios, sonegação e corrupção. O projeto vai totalmente contra o conceito de simplificação tributária. Sem contar, que privilégios criam castas. Sou a favor de cota única no imposto de renda e eliminação de todo e qualquer subsidio tributário ou isenção em qualquer tipo de imposto.

Avatar
Garcia 19 de outubro de 2020

Mais um político aproveitador lesando o contribuinte e o pior que tem apoiadores

Avatar
LUIZ 24 de outubro de 2020

Falou pouco, mas disse tudo.

Avatar
Nogueira 19 de outubro de 2020

Sou contra este projeto de lei do deputado (também corretor de imóveis há décadas e dono de imobiliária e administradora de imóveis), porque não tem motivos fortes para criar mais uma exceção em isenção de imposto federal e, ainda iria criar um preconceito em relação a outras profissões que também exigem veículo na labuta diária. Em resumo, este deputado já está em campanha demagógica para as próximas eleições e também visando o seu interesse pessoal nesta exceção da lei do IPI..

Avatar
Luiz 24 de outubro de 2020

Exato, todas as profissões tem suas dificuldades: professores da rede publica que precisam ir de uma escola a outra as vezes em menos de 30min, vendedores pracistas como foi comentado aqui, policiais que moram em uma cidade e trabalham em outra e com certeza esse imposto isento terá que ser compensado por outro, ou seja todos nós iremos pagar o “desconto” de forma indireta.

Avatar
Andre de Deus 19 de outubro de 2020

boa. daqui a pouco estamos todos na excessão ao inves de estarmos na regra

Avatar
MARCOS ANTONIO ALFERES 19 de outubro de 2020

Se for de direito tem que ser aprovado mesmo, e bananas aos comentários daqueles que pouco contribuem com os impostos devidos. O corretor de imóveis , qualquer comissão que recebe paga em torno de 27,%% de IRPF.

Avatar
Diego 20 de outubro de 2020

Paga, é? Se paga é porque recebe. Quer dizer que pagar um imposto dá direito à ser isento de outro? Banana é pra você!

Avatar
aidan wesley preto 19 de outubro de 2020

muito bom , espero que aprovem

Avatar
francisco lunardi 19 de outubro de 2020

que cabeça de minhoca , vai abrir mais desvios. e o brasil quebra, estuda melhor antes de aprovar. ei

Avatar
Gilberto dos Santos Brito 20 de outubro de 2020

O Brasil tá quebrado desde 1500. Tira o CRECI e vem ver como é fácil ser corretor!!!

Avatar
Celso silva 19 de outubro de 2020

Este parlamentar acha que corretor de imóvel e sinonimo de doença grave?
Ele deve achar que CRECI e abreviatura de cretino com cirrose.
Todo profissional necessita de ferramentas, então computadores, microscópios, tornos, fresas, etc… Deveriam ser isentos tambem

Avatar
MARCOS ANTONIO ALFERES 19 de outubro de 2020

Se for de direito tem que ser aprovado mesmo, e bananas aos comentários daqueles que pouco contribuem com os impostos devidos. O corretor de imóveis , qualquer comissão que recebe paga em torno de 27,%% de IRPF.

Avatar
Gilberto dos Santos Brito 20 de outubro de 2020

Sabe de nada inocente!!! Tenta tirar o CRECI e vem conhecer a profissão. Tenho certeza que vc vai mudar de idéia.

Avatar
Deixe um comentário