Para criar som de carro elétrico, BMW chama ganhador do Oscar

Montadora alemã está contando com a colaboração do compositor Hans Zimmer para desenvolver esse aspecto sensorial do carro elétrico

bmw i4
BMW i4 é um dos modelos que terá som de motor sintetizado (Foto: BMW | Divulgação)
Por AutoPapo
11 de maio de 2021 18:30

Um das grandes queixas dos entusiastas quanto aos carros elétricos é a perda da experiência sensorial que um motor a combustão proporciona. Estamos falando dos cheiros, vibração e, principalmente, do som do motor.

A BMW é uma das montadoras que está buscando alternativas, como por exemplo, reproduzir sons de forma sintética e com, digamos, um caráter próprio. Para isso, ela está contando com a colaboração do compositor Hans Zimmer. Para quem não o conhece de nome, ele é o autor de trilhas sonoras de filmes como A Origem, Piraras do Caribe e O Rei Leão – com a qual ganhou o Oscar.

Zimmer está trabalhando com o Diretor Criativo de Som do BMW Group, Renzo Vitale, na criação do som dos novos  BMW i4 e BMW iX. Ambos já haviam desenvolvido juntos o som de condução para o BMW Vision M NEXT 2019 e para o BMW Concept i4 2020.

Por meio do BMW IconicSounds Electric, que apresenta opções de sons para modelos BMW elétricos e híbridos, é possível receber feedback acústico a cada movimento do acelerador. Com modos de condução selecionáveis, o som acompanha as preferências de condução do motorista.

O som emitido pelo carro varia de acordo com o modo de condução escolhido: no Sport é mais encorpado. Os processos do sistema de acionamento são registrados em milissegundos da ação de aceleração, das alterações de carga ou de recuperação, com um acompanhamento acústico adequado. Somente quando o veículo está se deslocando no modo Eco pro, o feedback acústico – como a BMW chama o som – é reduzido a zero.

Quer ouvir o som dos carros elétricos da BMW? Confira o vídeo a partir de 1min35s

Curtiu?

Só para te dar a chance de pensar, que tal ouvir um clássico do BMW, um M3 (da geração E30) em ação.

2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Tiburtino Lacerda 21 de setembro de 2021

Ronco de motor, hoje em dia, é coisa de dinossauro, de gente que não se adaptou aos novos tempos.Daqui a pouco, vai querer que carro elétrico emita fumaça também.

Avatar
Nanael Soubaim 12 de maio de 2021

Não poderiam simplesmente ter gravado o som de seus próprios motores e adaptado para os modelos eléctricos?

Avatar
Deixe um comentário