Ford fecha fábricas no Brasil, mas investe mais de R$ 5 bilhões na África

Fabricante quer aumentar produção de veículos na África do Sul e também aplica em aprimoramentos para a Ranger

ford africa do sul obras investimentos fecha fabricas brasil
Ford está presente África do Sul há 97 anos (Foto: Ford | Divulgação)
Por AutoPapo
03 de fevereiro de 2021 14:18

A Ford segue expandindo suas operações no exterior após fechar suas fábricas no Brasil. Desta vez, a marca do oval azul anunciou investimentos de mais de US$ 1 bilhão (R$ 5.362 bilhões, em conversão direta) na África do Sul. O objetivo da marca norte-americana é aumentar sua capacidade de montagens de automóveis no país.

Esse será o maior aporte da Ford na África do Sul desde que se instalou no país, há 97 anos.

VEJA TAMBÉM

Ford fecha fábricas no Brasil e investe no exterior

O dinheiro destinado às ações da Ford na África do Sul tem como objetivo aumentar a capacidade anual de produção de automóveis de 168 mil para 200 mil veículos. Além disso, US$ 683 bilhões serão aplicados para atualizações de tecnologia e construção de novas instalações da filial Ford em Silverton.

Os investimentos da Ford no continente africano acontecem logo depois da marca fechar suas fábricas no Brasil e atuar apenas como importadora por aqui.

De acordo com Dianne Craig, presidente do Grupo de Mercados Internacionais da Ford, os investimentos da marca devem garantir “a recuperação e o crescimento das operações automotivas globais, bem como a aliança estratégica com a Volkswagen”.

Os investimentos na África do Sul também buscam dar mais qualidade à Ford Ranger, um dos veículos de maior sucesso da marca.

Veja fotos das obras da filial da Ford na África do Sul

Fotos: Ford | Divulgação

3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Daniel 5 de fevereiro de 2021

Infelizmente os brasileiros são reféns dos empresários e o próprio governo que sempre favoreceu a grupos estrangeiros sem se importar com o nosso povo acontece que cada um faz o que quer chega ganha dinheiro aproveita as isenções e quando não e.maos interessante vão embora deixando os consumidores com uma bomba na mão com o pavio aceso.

Avatar
Josué 4 de fevereiro de 2021

O real motivo é que a Ford queria mais algumas décadas de isenção de tributos, coisa concedida por ACM e sua troupe. Dane-se a Ford. Pode ir pra Índia, África os raios que a parta. A Chevrolet, Fiat, Wolkswagen, Hyundai, Toyota etc, agradecem.

Avatar
Josué 3 de fevereiro de 2021

Quase ninguem toca no assunto que o problema numero 1 de as empresas não prosperar no Brasil, está relacionado alo altissimo corporativismo das instituições publicas que drena a maior fatia dos impostos dos contribuintes e das empresas para sustentar um bando de marajás. Elas estão certo em sair do Brasil enquanto o povo não fazem uma revolucao para exterminar estes delinqüentes públicos.

Avatar
Deixe um comentário