Ninguém gostou? Ford vende 300 Maverick em 24 horas

O primeiro lote de 300 unidades da Ford Maverick esgotou em apenas 24 horas, rendendo um faturamento de quase R$ 72 milhões para o fabricante

picape ford maverick lariat fx4 13
A Maverick vem em versão única por R$ 239.990 (Foto: Ford | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
18 de fevereiro de 2022 16:33

O lançamento da Ford Maverick nessa terça (15) dividiu a opinião dos internautas e da imprensa especializada. Seu preço de R$ 239.990 é mais alto que o da Fiat Toro e ela não oferece motor diesel — o queridinho dos picapeiros brasileiros. Porém o fator novidade falou alto: o primeiro lote da picape esgotou em 24 horas.

Esse primeiro lote conta com 300 unidades, o que rendeu um faturamento de quase R$ 72 milhões para a Ford em apenas um dia. Os 300 compradores receberão a picape dentro de 60 dias na concessionária onde foi feita a reserva.

O AutoPapo já andou na Ford Maverick, confira nossa avaliação:

VEJA TAMBÉM:

A Maverick aposta na praticidade

A Ford importa a Maverick do México em uma versão única: a Lariat FX4. Esse modelo é o topo de linha e o pacote de equipamentos para o Brasil traz praticamente todos equipamentos disponíveis para a picape.

O motor é o 2.0 turbo EcoBoost, que produz 253 cv e 38,7 kgfm. O cambio é de oito marchas, mandando essa força para as quatro rodas através de uma tração integral sob demanda. Por isso ela traz um desempenho excelente, ficando atrás apenas da Ram 1500 equipada com motor V8.

O interior traz soluções práticas como os grandes porta-garrafas nas portas dianteiras, o baú sob o banco traseiro e um suporte para celular no console central. Na caçamba existe nichos com tampa para objetos e o sistema Flex Bed, que permite modularizar a caçamba usando tábuas.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
9 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Max Ferreira Machado 7 de abril de 2022

Fui Ford de carteirinha. Hoje tenho um Ford Focus 2008 há alguns anos. Será meu último Ford, pois, a maneira como ela tratou o Brasil foi muito pouco profissional. Ford será só lembranças. Ela segue rumo à derrocada final.

Avatar
William Gladstone de Freitas Machado 27 de fevereiro de 2022

A Ford tem três produtos no Brasil, um SUV (Ford Territory), um “Jeep” (Ford Bronco) e uma pick-uk (Ford Maverick). As vendas dos três mostram baixa penetração no mercado consumidor. Vejo dois motivos: 1- A raiva que a maioria dos brasileiros adquiriram da montadora decorrente de suas ações comerciais 2- Os preços de seus produtos estão muito acima do consumidor brasileiro que possui opções de compra em veículos similares com preços mais atraentes. No fundo, a grande maioria dos consumidores escolhem o carro pelo preço e não por pacote tecnológico. O que compra sem ver o preço, está no topo da pirâmide social. Eu olhei o preço do PORSCHE 911 e desisti de comprar, a tecnologia não me interessou.

Avatar
Simão 23 de fevereiro de 2022

Ford nunca mais. Quero distância de qualquer carro da marca.

Avatar
Leonardo 23 de fevereiro de 2022

A imagem da Ford está derretendo rápido. Imagina, se falta peças para os carros produzidos aqui há 20 anos, o que será destes importados ainda vendendo pouco, e depois de metade das concessionárias fechadas.
Já tem dono de Ford tendo que rodar mais de 1.000 km para fazer uma revisão.
Além disso, depois de ter dado um tapa na cara dos brasileiros, de ter mentido tantos, fechado a Troller para não concorrer com o nanico do Bronco, provocado desemprego e recessão, só nos resta ter um mínimo de dignidade e rejeitar a marca no Brasil, que ainda é pouco pelo que merece.
Adeus Ford. Sua confiança do mercado acabou.

Avatar
Gustavo Franco 22 de fevereiro de 2022

Efeito novidade. Ford não tem mais futuro no Brasil.
Até a Ranger despencou de vendas. A confiança na marca vem derretendo a cada dia.
Mais da metade das concessionárias já fecharam, faltam peças e problemas como o câmbio PowerShit e o motor EcoBost… estão sem solução.
Entrar num carro da Fordesmanche hoje é insanidade.

Avatar
Guilherme 19 de fevereiro de 2022

A Ford vendeu 22.000 Mustangs no DIA do lançamento em 1964! Desde quando vender 300 carros em um dia é um “marco histórico”!?!?!??! Pra mim, é um enorme FIASCO!

Avatar
Marcelo 19 de fevereiro de 2022

0-100 em 7s

Qual picape tem esse desempenho? Muito forte.

Avatar
Sir.Alves 19 de fevereiro de 2022

Dá vontade de rir quando penso que essa picadinha importada quer concorrer pra valer no mercado nacional… .rsrsrsr O que ela está vendendo é o efeito novidade para os endinheirados que não sabem o que fazer com o troco na conta bancaria… nunca será sucesso de vendas por aqui… toda a linha atual da Ford atual(2022) é uma prova disso… passou o efeito, tchau…

Avatar
alecs 18 de fevereiro de 2022

Enquanto a Ford sonha que é fabricante-mito ,outros fabricantes vendem e satisfazem compradores …

Avatar
Deixe um comentário