Hamilton vende Pagani Zonda personalizado, avaliado em R$ 12 milhões

Lewis Hamilton se desfez de seu Pagani Zonda 760 LH. Superesportivo ficou com o piloto por sete anos e rodou menos de 1000 km

Pagani Zonda 760 LH é o modelo mais rápido produzido pela marca italiana
Pagani Zonda 760 LH é o modelo mais rápido produzido pela marca italiana (Foto: Instagram | Reprodução)
Por Bernardo Castro
23 de dezembro de 2021 12:32

Lewis Hamilton ganhou um novo espaço na sua garagem em Mônaco. O heptacampeão mundial de Fórmula 1 decidiu se desfazer de um dos superesportivos mais icônicos de sua coleção: o Pagani Zonda 760 LH. A informação é do perfil The Zonda Registry.

Hamilton comprou o carro em 2012, fez as configurações com base em sua preferência e o recebeu apenas em 2014. Estima-se que o Pagani Zonda 760 LH tenha custado algo em torno de £ 1,6 milhão na época (cerca de R$ 12 milhões na cotação atual).

VEJA TAMBÉM:

O Zonda LH é um dos cinco Zonda 760S feitos pela Pagani – sendo quatro cupês, incluindo o de Lewis, e um roadster. Inicialmente, o carro era chamado de Zonda RS mas com as especificações feitas para si, o piloto pediu para trocar as duas letras por suas iniciais: LH.

A chamativa cor violeta – presente, inclusive, em seu capacete na Fórmula 1 – e as partes da carroceria em fibra de carbono, foram alguns atributos pedidos pelo piloto.

Hamilton era visto com certa frequência nas ruas de Mônaco a bordo do seu Pagani Zonda 760 LH. Entretanto, mesmo estando a sete anos com o superesportivo, o The Zonda Registry afirma que o hodômetro acusa menos de 1000 km rodados. Ainda, segundo o perfil, o veículo deixou as ruas do principado e foi importado para o noroeste do Reino Unido. Contudo, o valor da venda não foi informado.

Pagani Zonda 760 LH é um dos carros mais rápidos da garagem de Hamilton

O maior vencedor da história da Fórmula 1 tem uma coleção interessante de veículos. Dentre eles estão uma Ferrari LaFerrari, os Mercedes-Benz AMG GT R e EQC, Mercedes GL63, Mercedes-Maybach S600, Cadillac Escalade e dois Shelby Cobra 427 (anos 1966 e 1967).

Contudo, o Zonda é um dos que tem o melhor desempenho. Sendo o mais potente já produzido pela marca italiana, o superesportivo é impulsionado por um motor AMG V12 aspirado com 760 cv que proporciona 79 kgfm de torque e é capaz de atingir os 350 km/h. A maioria dos outros modelos 760 produzidos em série possuem câmbios automatizados com paddleshift, entretanto, o de Lewis é equipado com um câmbio manual de seis velocidades.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário